Interdisciplinaridade
. Essa é a palavra que define a disciplina TIDIR. A proposta do TIDIR justifica-se em todos os alunos – do 1º ao 6º período – da FCA produzirem novos conhecimentos acadêmicos, tendo como ferramenta a grade curricular do respectivo período.
O resultado deste processo é a segunda semana da interdisciplinaridade da Faculdade de Comunicação e Artes – o Vitrine -, que foca o tema: “Diversidade Cultural’’. Durante a semana serão realizadas as respectivas apresentações dos alunos, cada qual, envolvidos em temas específicos.
Nas palavras do diretor da FCA, Silvério Dias Marinho: “Nós acreditamos que o TIDIR é o diferencial da UNA na formação profissional” e acrescenta que o trabalho é o resultado daquilo que aprendemos em sala de aula durante o semestre.

Origens. Segundo Piedra Magnani, coordenadora geral do TIDIR, permuta em um projeto do grupo Anima, que gerencia a UNA. Ela complementa que o TIDIR atende a uma exigência do MEC que objetiva uma maior interdisciplinaridade entre as disciplinas específicas do curso. A coordenadora explica que nem sempre o TIDIR foi visto com bons olhos, inclusive pelo corpo docente da faculdade, por ter seu cerne concentrado fora dos planos da faculdade, ou seja, uma imposição.
Porém, com o tempo, houve uma aceitação dos docentes e alunos, e o TIDIR tem se mostrado uma boa ferramenta de aplicação da interdisciplinaridade e também das relações de convivência (ou não).
A origem do tema do Vitrine, como informa Joana Ziller, coordenadora do curso de jornalismo da FCA, é caracterizada por uma seleção prévia de palestras. Complementa que a PUC manifestou interesse em uma parceria com a UNA, utilizando o tema “Diversidade Cultural”.

Ouça abaixo a entrevista com a Piedra.

Resultado. Mesmo o Vitrine sendo um evento novo, Joana Ziller informa que há um crescimento do envolvimento e interesse dos alunos: “no primeiro semestre [2007], ninguém sabia direito como iria ficar, hoje, a gente viu o resultado. Foi muito legal ver o resultado do TIDIR de todos os cursos”, finaliza.

Ouça abaixo a entrevista com a Joana.

Por: Gabriel Sales, Guilherme Côrtes, Natália Zamboni, Vítor Hugo.

Confira o vídeo