cidade

O Greenpeace montou uma tenda na tarde do dia 21 de Outubro, na Avenida Cristovão Colombo, Praça da Savassi. A campanha “Vote por um Brasil + Verde e Limpo” tem o intuito de recolher assinaturas da população para que aja um comprometimento com temas ambientais importantes para o Brasil dos candidatos à presidência da República, Serra e Dilma.


Ainda no primeiro turno das eleições 2010, os candidatos à presidência foram interrogados a respeito de leis e estratégias ambientais apresentadas pelo Greenpeace, através de documentos, mas poucas foram as repostas. “Estamos aproveitando a disputa eleitoral para atrair as pessoas que votaram na candidata Marina Silva, que provavelmente vão definir quem será o futuro presidente do Brasil, para pressionar os candidatos a se empenharem com questões ambientais”, revela a coordenadora de campanhas de clima do Greenpeace, Nicole Oliveira.


Segundo Oliveira, dia 21, durante a agenda dos candidatos à presidência, ambos foram questionados sobre o mesmo tema, mas Dilma e Serra não quiseram se comprometer.


Quem passava pela Savassi direcionava o olhar direto para a tenda. A estudante Isabela Sena, 19, afirma ser favorável à campanha. “Fazer parte de uma campanha que chama as pessoas a refletirem é maravilhoso, precisamos de um presidente que tenha consciência ambiental”, diz Isabela.


dsc_11901


dsc_1194


As tendas para recolher assinatura estão montadas nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte. Também há internet, por meio do site do Greenpeace, com a meta de 20 mil assinaturas até domingo.


dsc_1199


dsc_1207


dsc_12061


dsc_12091


dsc_1217


dsc_1225


dsc_1230


Site Greenpeace:

www.greenpeace.org.br


Por: Iara Fonseca

Para alegria das crianças e alívio dos pais que não viajarão nesse feriado, época em que se comemora o dia da criança, começa a rolar em toda a cidade uma série de eventos para diversão não só dos pequeninos, mas também para aqueles já crescidinhos que, no entanto, não abrem mão de comemorar o dia em grande estilo.

Na região da Savassi, estão programadas muitas comemorações. Algumas lojas tiveram seus horários de funcionamento alterados, para atender à demanda dos pais que aproveitarão o final de semana para comprar os presentes tão sonhados pelos filhos.

Segue indicação de vários eventos na região neste período.


Dia 08/10 Forró beneficente para arrecadar doações de brinquedos para o Dia da Criança. Os brinquedos arrecadados serão encaminhados para instituições de caridade e creches. As pessoas que fizerem doações terão desconto de 50% do valor da entrada do forró. A partir da 22:00h. Mais informações no site: http://www.forrodaserra.com.br/site


Dia 09/10 Apresentação da peça de teatro “Crianças invisíveis” no anfiteatro do shopping Pátio Savassi, a partir das 4 da tarde. A peça reproduz uma cena entre seis crianças que se encontram e conversam sobre suas aventuras.


Depois do teatro, um time de estudantes de moda pintará as unhas das meninas, darão dicas de moda e ensinarão as crianças a desfilar. Um desfile com as tendências da moda primavera-verão também será realizado em uma passarela montada no piso L1 do Pátio, também às 16h.

Dia 10/10 Mais uma rodada da peça “Crianças invisíveis”, no mesmo horário.

Dia 12/10 É dia de comemorar. Então o restaurante Outback Steakhouse vai oferecer, além de pratos especiais para crianças, uma série de atividades interativas com equipes de recreação e atividades como bola-mania, pintura de rosto e tatuagens. Horários: Do meio-dia às seis da tarde.


Dia 14/10 Oficina de origami na Biblioteca Pública Luiz Bessa, com Elza Damasceno, a partir de 14:00h.


Dia 15/10 Oficina “Modelando histórias”, na Biblioteca Pública Luiz Bessa, com massinha para modelar personagens de histórias, com Ludmila Novaes, a partir de 10:00h.


Dia 16/10 Hora do conto e da leitura na Biblioteca Pública Luiz Bessa, histórias sobre o universo das bruxas e das fadas, com a equipe de contadores de histórias da divisão infanto-juvenil da Biblioteca pública (BIJU), a partir de 10:00h. Todas as oficinas oferecidas pela Biblioteca são gratuitas, mas é necessário fazer inscrição prévia.


Dia 16 e 17/10 Apresentação da peça de teatro “A fantástica floresta” no anfiteatro do shopping Pátio Savassi, a partir das 16:00h . A peça conta a história de um garoto que vai até um mundo mágico em busca do seu avô.


Todos os eventos do Pátio Savassi têm entrada gratuita. Mais informações no link: http://patiosavassi.com/entretenimento/?dia-das-criancas


Endereços e contatos:

Biblioteca Pública Luiz de Bis: Praça da Liberdade, 21. Tel.: 3269-1223, e-mail: infantil.sub@cultura.mg.gov.br

Pátio Savassi: Avenida do Contorno, 6061. Tel. 3263-8500


Academia “Sete Oito”: Rua Tomé de Souza n° 935 – 1° Andar – Savassi. Tel.: 3262-3224.


Por Danielle Pinheiro

Foto Divulgação

0 348

Música, animação e muita alegria tomaram conta da mobilização para defender os direitos das crianças e dos adolescentes. A ação realizada pela Prefeitura de Belo Horizonte, na tarde do dia 5 outubro, começou na Praça da Estação e foi até o Parque Municipal reuniu varias crianças, adultos e professores, totalizando cerca 2 mil pessoas.


As crianças e adolescentes foram os grandes responsáveis pela festa, engajados no projeto Escola Integrada, no qual os estudantes recebem incentivo para aprender, entre as modalidades dos saberes estão teatro e música.


Os alunos das escolas públicas de Belo Horizonte se concentraram no Centro de Referência da Criança e do Adolescente (antigo Miguilim Cultural) ao lado da Praça da Estação e se direcionaram em um belo cortejo passando pela Avenida dos Andradas até chegar a Praça do Sol, localizada no Parque Municipal.


Bastante entusiasmados com a apresentação, as crianças e adolescentes dançavam ao som de tambores e soltavam gargalhadas ao ver as apresentações de teatro. “É importante esse momento de socialização, encontrar com outros estudantes, ainda divulgando as atividades que são realizadas com tanta dedicação. O resultado é fantástico” declara a vice-diretora da Escola Municipal Professor Tabajara Pedroso, Ângela Garcia, da região de Venda Nova.


Em sua primeira edição o evento também contou com apresentações do Corpo de Bombeiros e seus cães, teatro Superintendência de Limpeza Urbana (SLU) e grupo de teatro Associação de Municipal de Assistência Social (Amas).A ação enfatizou os principais direitos das crianças e adolescentes de acordo com Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que neste ano comemorou 20 anos.

O cortejo, além da Prefeitura de BH, foi organizado pela Amas e pelo Conselho Social da Criança e Juventude.

Confira o video:


Texto: Iara Fonseca

0 440

As comunidades Dandara, Camilo Torres e Irmã Dorothy acamparam pela manhã do dia 30 de setembro em frente à Prefeitura de Belo Horizonte, na Av. Afonso Pena bem no centro da capital. As famílias ocupam terrenos irregulares nas regiões do Barreiro e da região da Pampulha.


Atualmente cerca de 1200 famílias estão ameaçadas de despejo, elas buscam estabelecer o diálogo, negociação e que sejam incluídas em programas da política habitacional. Segundo Joviano Mayer, 25, militante das brigadas populares, as áreas em questão estão em situação irregular e foram abandonadas há décadas e deveria ser destinadas para fim de interesse social.


Pela segunda vez, as Brigadas Populares realizam uma ação radical para obter uma resposta plausível em relação à moradia, há meses o grupo de militantes acampou em frete á Secretaria Regional da PBH do Barreiro, “o argumento da Prefeitura é que somos ‘fura fila’ da política habitacional, a grande verdade é que estamos defendendo, com essa luta a melhoria da própria política habitacional hoje paralisada” declara Mayer.


Em nota, a Prefeitura afirma que o município de Belo Horizonte dispõe de uma política de habitação popular destinada ás famílias de baixa renda. Exemplo disso são as milhares de unidades habitacionais construídas por diversos programas habitacionais como o Orçamento Participativo da Habitação (OPH), o programa de Arrendamento Residencial (PAR) e o programa Vila Viva, destinado a urbanização de vilas e aglomerados e construção de milhares de residências populares, combatendo o déficit habitacional qualitativo e quantitativo e melhorando o padrão de vida destas populações sofridas.


Segundo a prefeitura não cabe á municipalidade interferir na vida dos movimentos sociais e populares. Eles devem ter autonomia e independência para decidir seus próprios rumos. Cabe, sim, resguardar a continuidade da política municipal de habitação popular, visando reduzir cada vez mais o déficit habitacional em nossa cidade e, também, o direito das famílias na fila de espera da casa própria.

Os manifestantes afirmam que buscam contato direto com o prefeito Márcio Larceda e aguardam esta oportunidade.


dsc_0896


dsc_0889

O almoço é servido para os manifestantes

dsc_08971

Fila de manifestantes para o almoço

dsc_0880

Manifestantes alojados na entrada da Prefeitura de Belo Horizonte


Confira o Blog da comunidade Dandara:

ocupacaodandara.blogspot.com

www.pbh.gov.br

Por: Iara Fonseca

Repórter: Danielle Pinheiro

Hoje é celebrado o Dia Mundial Sem Carro. Com a proposta de mobilizar a população a deixar o automóvel na garagem para reduzir o efeito estufa (poluição) e diminuir os congestionamentos, o Greenpeace conduziu uma ação na AV. Afonso Pena, regada de muita consciência ambiental.

dsc_07423

dsc_07472

dsc_0758

dsc_0762

dsc_0767

dsc_0778

dsc_0785

dsc_0783

dsc_0780

Confira o vídeo

Por: Iara Fonseca

Imagens e edição: Marcus Ramos

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte – CDL, em parceria com a Bhtrans realizou nessa sexta-feira, em paralelo a abertura da semana Nacional de Trânsito, ações para a Campanha “Não morra no Trânsito”, com o intuito de conscientizar a população sobre os perigos que uma direção imprudente pode trazer para as vidas tanto dos condutores de veículos e passageiros, como dos pedestres.

O público alvo das ações são pessoas entre 20 e 29 anos, idade que de acordo com a Confederação Nacional de Municípios (CNM) tem maior número de mortos por acidentes de trânsito. As causas mais comuns dos acidentes são consumo de bebida alcoólica, imprudência e negligência, falta de atenção e condições ruins dos veículos.

A campanha que tem duração de dois dias realiza ações como orientação de pedestres e motoristas, com abordagem educativa e distribuição de kits, vistoria de itens básicos de segurança de veículos, abordagem noturna com distribuição de material educativo nos bares da região e uma vitrine educativa que é a exposição de um veículo sinistrado (batido) suspenso por um guincho.

O uso da cadeirinha para proteção das crianças no banco de trás dos veículos, também é um dos assuntos abordados pela campanha.

dsc_0670

Concientização no semáforo

dsc_0682

Vitrine  educatica : carro sinistrado elevado por um guincho

dsc_0687

Teatro educativo na rua Pernambuco

695-1

Blitz para checagem dos itens básicos de segurança nos veículos

Alguns números alarmantes do trânsito em Belo Horizonte:

– 59% das vítimas fatais de acidentes nos últimos anos estavam alcoolizadas;

– De 2000 a 2007 as mortes masculinas constituíram 80% dos óbitos totais;

– Em média 30% dos acidentes é atropelamento de pedestres por veículos;

– Acidentes com motos aumentaram de uma taxa de 9% em 2000 para 22% em 2007;

– Número de vítimas fatais com vítimas que morreram no local do acidente subiu de 15.972 em 2004 para 19.675 em 2008;

Fontes: BHTRANS e CNM

Por Danielle Pinheiro