Entretenimento

0

Por Ana Paula Tinoco 

A Mostra de Cinema de Ouro Preto – a CineOP – chega a sua 12ª edição e irá acontecer entre os dias 21 a 26 de junho. Sob o tema “Quem conta a História no cinema brasileiro? ” O enfoque neste ano será “Emergências Digitais” e a entrega do Plano Nacional de Preservação com a temática histórica “Quem conta a História? Olhares e identidades no cinema brasileiro e na Educação, “Emergências Ameríndias”.

 

Os homenageados da 12ª edição serão dois nomes que se destacaram na cena audiovisual brasileira: Antônio Leão e Cristina Amaral. O evento que receberá 100 profissionais de vários Estados do País tem como propósito a preocupação com a preservação do acervo que abriga as obras cinematográficas brasileiras.

Outro destaque presente na Mostra deste ano são as iniciativas que abrirá diálogo direto com os moradores, o Cine-Expressão – A Escola vai ao Cinema e a UFOP – Universidade Federal de Ouro Preto. Os dois programas pretendem oferecer sessões que beneficiaram estudantes e professores.

A mostra que tem sua programação estruturada em três pilares, preservação, história e educação, oferece uma programação variada que inclui exibição de 60 filmes em pré-estreias, retrospectivas e mostras temáticas, homenagens e personalidades do audiovisual, oficinas, workshops internacionais, debates, seminários, exposições, lançamentos de livros, shows e atrações artísticas e tudo isso gratuitamente.

 

Serão três lugares ocupados pela Mostra em Ouro Preto: Cine Vila Rica, Centro de Convenções e a Praça Tiradentes.

Para outras informações: Programação 12ª CineOP

Lasar Segall - Vilna, Lituânia 1891 - São Paulo, Brasil, 1957 (Foto por Henrique Faria)

Por: Henrique Faria

A exposição “Entre nós”, que aborda, em linhas gerais, o retrato da figura humana, passando por várias culturas diferentes e assim também por diversos tipos de artes, está fazendo sucesso dentro do Circuito Cultural de Belo Horizonte. Nos finais de semana a fila de espera está ultrapassando as portas de entrada do Centro Cultural Banco do Brasil – CCBB. A mostra que já supera os visitantes da mesma exposição feita no estado do Rio de Janeiro (realizada pelo mesmo Centro Cultural), sendo assim, analisa-se que a cidade continua interessada em diversos modos da cultura, fugindo do padrão de bares e do clube da esquina.

A Educadora Agnes Antunes (23), do CCBB, explica esta diversificação entre artes e artefatos. No início da exposição, pode-se encontrar os Ibejis, que são artefatos criados na religião do Candomblé, a definição das estátuas está ligado ao nascimento de gêmeos que, normalmente são pares ou trios, significando os filhos desta mãe, porém só são feitas quando um dos dois morrem.

Nas próximas salas, é visto diferentes tipos de pinturas e fotografias, que retratam, em sua maioria, europeus – Duques e membros da burguesia. Também é encontrado obras que referem a negros e índios, assim como materiais utilizados para criação das obras.

O Engenheiro Civil, Antônio Costa Filho, de 60 anos, veio do Mato Grosso, onde reside, para ver a exposição e afirma que nesta mostra de arte, teve a oportunidade de ver obras que só imaginava ver pela nos livros de história e pela Televisão, abaixo ele aprecia uma das obras expostas.

(Foto por Henrique Faria)

Os coordenadores da exposição, parecem não ter se preocupado com o peso dos artistas e colocou as obras em ordem de sua preferência, pois não é visto as pinturas de Van Gogh e Édouard Manet com salas separadas ou em evidência, mas sim, sendo bem distribuídas entre as outras obras menos conhecidas.

via GIPHY

Informações da Exposição:

Disponível entre os dias 26/04 E 26/06.
Horário de Funcionamento: de 09h às 21h
Endereço: Praça da Liberdade, 450 – Funcionários, Belo Horizonte
Entrada Franca.

0

Por Davi Abner – Start – parceiros Contramão HUB

Um dos shows mais populares e culturalmente icônicos na memória recente é, sem dúvida, a adaptação da HBO de George R. R. Martin, Game of Thrones. Uma vez que os livros não foram concluídos, a série está pulando em território desconhecido e formando sua própria narrativa com a entrada de Martin. Fãs podem estar preocupados que isso pode sinalizar uma queda na qualidade.

Ao falar com o Entertainment Weekly, Iain Glen disse que está bastante impressionado com os scripts da 7ª temporada, e acredita que eles são os melhores roteiros que ele viu em termos do programa.

 

“Eu escrevi para Dan [Weiss] e David [Benioff] e eu disse que eu pensei que eles eram os melhores sete episódios que eles já escreveram. A história está indo em direção a uma conclusão. Não há sensação de pisar água. Você tem linhas de história colidindo. E o drama e os relacionamentos em evolução são tão bons como sempre foram. Ele definitivamente se sente como o início do jogo final. “

 

 

 

Como esperado, Glen não deixou cair nada sobre o que podemos esperar, porque é um segredo para até mesmo o maior dos fãs. Entretanto, discutiu seu caráter no detalhe suave, discutindo o que esperar para a frente.

 

 

“Meu sentimento é Jorah morreria um homem feliz se ele poderia obter perdão de Daenerys. Ele esteve naquele território mental metade de sua vida. Ele sempre esteve disposto a sacrificar sua vida por ela. Sua perda de vida não é tão grande para ele como buscando sua redenção.” 

 

 

Game of Thrones retornará à HBO para a sétima temporada no domingo, 16 de julho, às 9 / 8c.

 

Divulgação

Por Tiago Jamarino – Start – Parceiro Contramão HUB

Se você está morrendo de curiosidade de saber quais sucessos dos anos 80 Senhor das Estrelas iria por para tocar, então hoje você pode finalmente saber o que exatamente Peter Quill estará ouvindo em Guardiões da Galáxia Vol.2 . Marvel liberou a lista de faixas para Awesome Mix Vol. 2 no Twitter, juntamente com um link para pré-encomendar o álbum que vai à venda nesta sexta-feira, 21 de abril. Confira a lista de faixas abaixo:

  1. “Mr. Blue Sky” – Electric Light Ochestra
  2. “Fox on the Run” – Sweet
  3. “Lake Shore Drive” – Aliotta Haynes Jeremiah
  4. “The Chain” – Fleetwood Mac
  5. “Bring It On Home To Me” – Sam Cooke
  6. “Southern Nights” – Glen Campbell
  7. “My Sweet Lord” – George Harrison
  8. “Brandy (You’re A Fine Girl” – Looking Glass
  9. “Come A Little Bit Closer” – Jay and the Americans
  10. “Wham Bam Shang-A-Lang” – Silver
  11. “Surrender” – Cheap Trick
  12. “Father and Son” – Cat Stevens
  13. “Flash Light” -Parliament
  14. “Guardians Inferno” – The Sheepers featuring David Hasselhoff

 

 

Definido para o pano de fundo de ‘Awesome Mixtape # 2,’ Marvel’s Guardiões da Galaxia Vol. 2 continua as aventuras da equipe como eles atravessam os confins exteriores do cosmos. Os Guardiões devem lutar para manter sua família recém-descoberta juntos, enquanto desvendam os mistérios do verdadeiro parentesco de Peter Quill. Os antigos inimigos se tornam novos aliados e os personagens favoritos dos fãs dos quadrinhos clássicos virão para ajudar nossos heróis enquanto o universo cinematográfico da Marvel continua a se expandir “.

Guardiões da Galáxia Vol. 2 chega aos cinemas em 4 de maio, com direção de James Gunn. O elenco até o momento conta com Chris Pratt como Senhor das Estrelas, Zoe Saldana como Gamora, Bradley Coopercomo Rocket Raccoon, Vin Diesel como Groot, Dave Bautista como Drax, Pom Klementieff como Mantis, Michael Rooker como Yondu e Karen Gillan como Nebulosa.

Fotografia: Lucas D'Ambrosio

Banda mineira, Pink Floyd Reunion apresenta espetáculo conceitual para o público de Belo Horizonte.

Reportagem: Lucas D’Ambrosio

As noites de Belo Horizonte são conhecidas, entre outras atrações, pela sua cena musical. Diferentes bandas se apresentam periodicamente pelos pub’s e casas especializadas, trazendo trabalhos autorais ou obras já consagradas. Um dos grupos que se destacam nesse cenário é o Pink Floyd Reunion.

Nos dias 10, 11 e 12 de março (sexta, sábado e domingo), a banda apresenta o espetáculo “The Wall, o filme”. O palco será o Cine Theatro Brasil Vallourec, na Praça Sete, região central de Belo Horizonte.

A Reunião

Criada em 2003 por um grupo de amigos, ela se consolidou na noite belo-horizontina pela fiel reprodução do trabalho criado pelo Pink Floyd. Outro ponto de destaque, são as apresentações conceituais, que misturam a música com reproduções e experiências audiovisuais, presentes em parte do repertório de shows da banda mineira.

Para os ensaios, um estúdio de garagem é o local para a reunião dos sete integrantes da banda: Marcelo Canaan, Fernando Grossi, Raphael Rocha, Fernando Nigro, Raquel Carneiro, Marcelo Dias e Thiago Barbosa. Entre uma pausa e outra para ajustes de instrumentos, um café e água servida em filtro de barro, alguns instrumentos aguardavam as mãos dos músicos para iniciarem os trabalhos.

Em um quarto de garagem, na cidade de Belo Horizonte, acordes, notas, cantos e ajustes abrigam o Pink Floyd Reunion. Fernando Nigro é quem conduz a bateria da banda.  Fotografia: Lucas D’Ambrosio
Entre um ajuste e outro, leva tempo até organizar todos os instrumentos. No meio de cabos, teclados e contrabaixo, os integrantes Thiago Barbosa, Raphael Rocha e Marcelo Dias se preparam para mais uma maratona de ensaios. Fotografia: Lucas D’Ambrosio
O processo de imersão da banda para a realização do espetáculo já dura três meses. Ensaios, encontros, reuniões e acertos finais se fazem necessários para que a identidade na fidelidade de execução possa ser mantida. Na foto, os fundadores da banda, Fernando Grossi e Marcelo Canaan. Fotografia: Lucas D’Ambrosio

Dentre incontáveis cabos distribuídos pelo chão, 14 instrumentos de corda, uma bateria e três teclados, os ajustes são realizados pelos integrantes da banda, que preparavam os equipamentos para o início do ensaio. Os pés nas pedaleiras sincronizavam os últimos ajustes para o seu início. O repertório? A trilha sonora do filme “The Wall”, inspirado no disco de mesmo nome (lançado em 1979), da banda britânica. Para o espetáculo, a banda terá a companhia de um coral e orquestra, comandados pelo maestro Rodrigo Garcia.

Veja a entrevista completa com Marcelo Canaan. O Produtor executivo, guitarrista e vocalista do Pink Floyd Reunion conta mais sobre o espetáculo “The Wall”: 

As ruas de Belo Horizonte já estão habituadas a quebra de rotina proporcionada pelo carnaval: as buzinas são substituídas pelo som dos bloquinhos, o caminhar apressado dos pedestres fica um tanto quanto mais lento e ritmado. Automóvel, nessa época, só se for o caminhão do trio elétrico.

Nos últimos cinco anos, no entanto, a festa mineira têm tomado proporções maiores, alcançando o título de terceiro maior carnaval do país. Em 2017, de acordo com a Belotur, a expectativa é de que 2,4 milhões de foliões prestigiam a cidade.

Tamanha dimensão tem chamado a atenção para os possíveis empreendimentos proporcionados pela festa. Além do recorde de cadastramento de ambulantes que circularão durante a folia, somando 8.940 vendedores, nas redes sociais foi observado o crescimento da busca e produção de adereços e fantasias feitos artesanalmente.

O Contramão listou logo abaixo 8 produtoras independentes. Escolha sua fantasia e divirta-se!

 

MAHABHUTA ATELIÊ

Instagram: @mahabhuta

Facebook: Mahabhuta Ateliê

O Mahabhuta ateliê estreou sua produção de fantasias este ano, mas a Isabel Guimarães, que administra o projeto ao lado de Cybele Guimarães e Yasmin Kayano, produz fantasias desde 2013. Isabel conta que a idéia de criar o ateliê surgiu após confeccionar fantasias para ela mesma e sua irmã, “como todo mundo gostava muito, resolvi tentar vender e fiquei feliz com a resposta! Estou com muitas encomendas e bastante elogios”, comemora. Um diferencial que tem agradado os consumidores são os bolsos escondidos, para guardar celular, identidade e dinheiro.

 

As fantasias variam de R$ 30,00 à R$ 90,00, dependendo do material e da dificuldade. As peças são feitas sob medidas, e as encomendas são online, através do Facebook, Instragram ou WhatsApp:

(31) 9 9507-0370.

IZZIE FLORIDA

Instagram: @Izzie_Florida

Facebook: Izzie Florida

As irmãs Beatriz e Patrícia Costa criaram a marca especializada em adereços Izzie Florida, após a constatação de que faltava em BH opções diferenciadas e artesanais. Os preços variam entre R$ 25,00 e R$ 45,00, “Tentamos colocar um preço acessível para que todas comprem até mais de um adereço!”, conta Patrícia.

As encomendas podem ser feitas pelo Facebook, Instagram e WhatsApp: (31) 9 8262-9575

ATELIÊ TODOS OS OLHOS

Instagram: @tolhos

Facebook: Ateliê Todos os olhos

Os adereços da Todos os Olhos são confeccionados pela Letícia Rocha e variam entre R$ 15,00 à R$ 30,00. Letícia conta que ela e algumas amigas resolveram criar adereços para usar no carnaval do ano passado, o produto final deu tão certo que este ano elas fizeram até um editorial!

As encomendas são feitas pelo Facebook do ateliê ou da própria Letícia.

ARAMADUM

O Aramadum, até então, era um ateliê apenas de bijuterias, até que a proprietária, Regina Alves, fez um acessório de carnaval para ela mesma e percebeu que poderia ser comercializado, e, garante, “está fazendo o maior sucesso!”.

Os preços variam entre R$25,00 e R$ 35,00. Todos os produtos são todos banhados no ouro. As compras podem ser feitas na Feira Hippie ou diretamente no Facebook da Regina. 

SAGRADO ENTRELAÇADO

Instagram: @sagradoentrelacado

Facebook: Sagrado Entrelaçado

O sagrado entrelaçado é formado pela Leila Girassol e seu companheiro, “um auxilia o outro na produção, por isso temos peças lindas e exclusivas!”, explica. Este é o segundo ano que o casal se dedica a produção e venda de acessórios com temática carnavalesca e os preços vão de R$5,00 á R$ 50,00, dependendo do material e trabalho.

 

Os produtos são vendidos pelas redes sociais, pelas ruas de BH “ou de onde o coração mandar a gente ir!”

MIMOS CARNAVALESCOS

Facebook: Mimos Carnavalescos

A Mimos Carnavalescos também estreou este ano, em janeiro. Quem confecciona os adereços que custam de R$ 20,00 à R$ 45,00 é a Gabi Pacheco, com o auxílio da design de moda Thayane Pacheco.

Os produtos podem ser adquiridos pelo Facebook Mimos Carnavalescos.

PROJETO MIMOS

Instagram: @projetomimos

Facebook: Projeto Mimos

A Paloma Scarpa, do Projeto Mimos, teve uma idéia diferente, ela apostou em itens bastante utilizados nesta época do ano. Foi assim que surgiu o kit com 1 cílios colorido, 2 gliters, 1 stencil, 3 mini cartelas de adesivos e 1 colinha.

As encomendas são feitas pelas redes sociais.

Por: Bruna Dias.