Especiais

0
Foto Divulgação

Por Ana Paula Tinoco

Quantidade não é qualidade e é necessário saber quando parar.

A indústria cinematográfica e toda a Hollywood sofrem de um problema chamado exagero e quando falo em exagero falo do fato de não esquecerem ou deixarem determinados projetos descansarem em paz, veja o caso de Velozes e Furiosos. E porque isso acontece? Há várias explicações, mas a mais obvia é o lucro. Alguns filmes nascem para serem únicos, viram trilogias e quando você menos espera tá ali uma franquia, e essa extensão da história não traz nenhum benefício já que a medida que os números vão aumentando a qualidade do produto vai diminuindo. E foi isso o que aconteceu com “Jogos Mortais”,  Jigsaw no original.

Foto Divulgação

Ainda lembro de meu primeiro contato com o suspense/terror “Jogos Mortais”, 2005, que aconteceu quando passei pela porta do cinema e me deparei com um cartaz que tinha em letras garrafais a seguinte frase: “Esqueça Seven!” E abaixo: “Quanto sangue você daria para continuar vivo?”, dei a volta e fui conferir se era isso mesmo que tinha acabado de ler. Curiosa, já que Seven, 1995, é um dos meus suspenses preferidos, entrei no cinema e fui analisar, me achando a crítica, se realmente era possível aquele filme me fazer esquecer a obra de arte que é o filme do diretor David Fincher. Pretensão minha e de quem criou o cartaz à parte, o filme me agradou, me deixando com aquela pulga atrás da orelha. Então voltei no dia seguinte para mais uma vez analisar aquilo tudo e é impossível desgrudar os olhos da tela e não assistir outra e outra vez sem pensar: “Mas como?”. Mas nem se compara ao filme que o cartaz te manda esquecer.

Apresentando um serial killer inteligente, criativo e manipulador, com o diferencial de que ele, Jigsaw, não pode ser acusado de assassinato, já que ele não mata ninguém, ele os induz a decidir, e foi com essa ideia que o diretor James Wan deu um frescor ao gênero do suspense. Criando um quebra cabeças e inúmeras possibilidades ele traz um roteiro com desenvolvimento interessante e final revelador. Colocar um boneco em cima de um triciclo para nos conduzir pela narrativa foi uma jogada acertada, aquele boneco dá arrepios. E a sensação que tive ao assistir ao primeiro filme é que assim como um quebra cabeças você só vê o todo quando termina de formar a grande figura.

Foto Divulgação

Com apenas oito meses de diferença entre os filmes, em novembro do mesmo ano, 2005, encontramos com Jigsaw novamente. O roteiro que a princípio intitulado “The Desperate” (algo como o desespero em português) ficou engavetado por anos por seu teor violento, mas com o sucesso do primeiro filme os produtores decidiram lança – lo como uma continuação de Jogos Mortais, mudaram o titulo, adaptaram e lá estava o que podemos chamar de uma agradável continuação. O filme continua com a pegada de mistério, reviravoltas, situações óbvias que não são percebidas à primeira vista. Não te dá aquela sensação do “como?”, mas convence no papel ao qual se propôs que é o de entreter enquanto suspense.

Em 2006 encontramos um “vilão” vulnerável, mas não menos perspicaz. Com a ajuda de sua companheira que tem uma visão diferenciada do que ele, Jigsaw, acredita ser justiça vemos que a cada momento os “jogos” vão ficando mais intensos e menos eficazes. Aqui é o momento em que a quantidade de sangue que as vítimas estão dispostas a dar não faz diferença. Mas, assim como os outros o final é interessante e cheio de reviravoltas e surpresas. Com o diferencial de ter uma maior participação do ator Tom Bell, teria sido perfeito se Hollywood tivesse parado aqui, porque como já disse no início do texto alguns filmes não nascem para se tornar franquias e em “Jogos Mortais”  é o que vemos.

Foto Divulgação

Nos anos seguintes Hollywood derramou uma enxurrada de continuações, 2007 “Jogos Mortais IV”, 2008 “Jogos Mortais V”, 2009 “Jogos Mortais VI” e 2010 “Jogos Mortais VII”. Os roteiristas criaram inúmeros seguidores, esses que eram responsáveis por escolher as vítimas. Os “desafios” ficaram cada vez mais bizarros e grotescos e uma tentativa mal desenvolvida de explicar como John Kramer se tornou “Jigsaw”. Essas continuações deixaram de lado o bom suspense, as reviravoltas ou os finais surpreendentes. O legado do querido serial killer foi resumido a uma carnificina sem precedentes. Uma matança em que tinha como porque o gratuito por puro derramamento de sangue e uma bizarrice que deixaria nossos amados Freddy Krueger, Jason Voorhees e Michael Myers de queixo caídos. Assim como Jigsaw os produtores deveriam saber quando dizer “Game Over”.

Jogos Mortais 8 estreia em outubro deste ano.

Veja os trailers da franquia aqui.

0
Foto: Divulgação
Créditos: Allkpop
Tradução: Sthefany Toso – Rádio K-POP Brasil
A primeira unidade promocional do BOYS24 da CJ E & M / Liveworks Company está se preparando para sua estréia!
Os meninos anunciaram o nome da unidade e compartilharam o logotipo promocional através de seu SNS oficial.
“O evento ‘Naming Contest’ para a primeira equipe promocional do BOYS24, que foi escolhida através do ‘BOYS24 SEMI FINAL’ no último dia 5 de março foi realizado no fã-clube oficial do BOYS24 e, finalmente, ‘UNIT BLACK’ foi selecionado como nome da equipe.
UNIT BLACK, como uma nova unidade de BOYS24 [atualmente] realizará um concerto ao vivo com quatro unidades, um estilo ‘chique e impressionante’ como uma cor preta. UNIT BLACK atingirá o topo com a sua singularidade.”
O logotipo oficial da UNIT BLACK mostra a primeira equipe promocional do BOYS24, bem como a enorme ambição da UNIT BLACK, de que o potencial dos membros pode formar uma sinergia melhor quando as letras formam palavras que têm significado.
 
Com a liberação de um novo single em abril, eles vão começar a mostrar suas performances em vários campos, por isso, dê um monte de apoio e amor para a primeira equipe promocional do BOYS24, UNIT BLACK.
Apesar de 9 membros terem sido escolhidos para promover na UNIT BLACK inicialmente, o membro Jin Sung Ho decidiu abandonar o seu lugar no UNIT BLACK, depois de rumores maliciosos circularem online. Fique atento para mais informações sobre seu novo single!

0

Por: Auspicioso Acapela – Parceirxs Contramão

Sempre me gabei e me considerava em um nível acima ao dos humanos – meros mortais – quando se trata das suas “necessidades biológicas naturais”, popularmente conhecidas pelo codinome Amor. Porém ultimamente, em meu íntimo, existe uma verdade que mesmo bem escondida me destrói: eu sempre soube que no jogo do amor, eu tiro meu time de campo e assisto da arquibancada devido as incessantes derrotas, hoje me encontro muito bem acompanhado de uma solidão. Mas calma! Eu não estou me queixando. Pelo contrário, eu considero a solidão uma ótima companheira.
Antes eu me flagrava sofrendo pelos diálogos que eu poderia ter estabelecido, pelas tantas oportunidades de ser “feliz” com alguém ao meu lado. Mas hoje percebi que em quase todos os “amores”, estamos na verdade suprindo nossas ideologias, e sendo egoístas. O medo que todos alimentam sobre a solidão é uma maneira de não lidar com uma verdade que diz sobre todos, nossas vidas e pensamentos mesmos que expressados, fazem parte da consciência que é a unica que nos acompanha do nascer até a morte. Ela não é uma prisão, ela é mossa eterna companhia, por que mesmo rodeado de amigos, sempre fui o ouvinte vendo as pessoas falarem todo tempo por não saberem lidar com o silencio e terem medo dele, confundi-lo com rejeição. Sempre me dei bem com o silêncio, as vezes em uma multidão, todo o que escuto é o som do ar em meus pulmões.
Olhando assim, o que me resta é perceber que não estou um nível acima, mas em um planeta totalmente diferente dos humanos, eu estou dentro de mim. E sei que a tristeza e a solidão são forças exatamente iguais a felicidade, porém mal interpretadas e cheias de tabus que nos impedem de abraça-las. Não importa se você está feliz ou não, você sempre vai responder que está “tudo bem!”.

0
Foto João Victor Castro

Por João Victor Castro

Como várias outras palavras da língua portuguesa, Cabuloso pode ter diversas interpretações. Na linguagem coloquial, a expressão cabuloso é remetida aquela pessoa azarada, que traz azar. Com o passar dos tempos, essa expressão foi bastante modificada, por um tempo foi atribuída a pessoas que causassem medo, alguém sempre aborrecido. Mas foi nas últimas décadas que o termo Cabuloso se popularizou, e virou gíria para classificar pessoas diferentes, interessantes, descoladas, por assim dizer.

Mas o que seria e como deve agir um Cabuloso nos dias atuais? Existem múltiplas respostas, mas algumas são inegáveis. As maiores virtudes de um Cabuloso são: Ser diferente e ousado, fazer melhor e dessemelhante do que já foi feito. Ter notas e conhecimentos cabulosos (bem maiores do que os demais julgam como suficientes). É respeitar tudo que o senso comum determina como desconforme, afinal, ser cabuloso é fugir do senso comum.

Há quem diga que os termos “cabuloso” e “vida loka” são sinônimos, e é verdade, ambos sambem que é necessário levantar a cabeça, seja lá onde for, porque até no lixão nasce flor. Cabuloso é ir a uma obra para se fotografar vestido de pedreiro, porque sabemos que não tem nada mais “vida loka” do que ser trabalhador.

Por final, o mais importante: A humildade. Não existe cabuloso com arrogância, sem lealdade. Um bom lugar se constrói com humildade, é bom lembrar, quem nos ensinou isso foi o mano Sabotage. Respeito é para quem tem, já cantavam os primeiros cabulosos de verdade. Cabuloso faz crônica com rima, pode até ser mal feita, mas com a gente tentar, também não tem desfeita.

0
Foto Ingrediente da vez

Por Ana Sandim do Ingrediente da Vez – Parceira do Contramão

Dentro das Plantas Alimentícias não Convencionais (Pancs), (leia mais aqui) a planta verde prateada com textura aveludada, é conhecida como lambari ou peixinho da horta, entre outros nomes, ela pertence à mesma família da sálvia, do hortelã e do manjericão. Pode ser cultivada como planta ornamental, possui uso medicinal, é servida como chá, mas já pensou em come-la empanada e frita?

Foto: Ingrediente da Vez

Peixinho da horta frito

Ingredientes:
2 ovos
20 folhas de peixinho
Fubá amarelo para empanar
Óleo pra fritar;
Sal e pimenta a gosto.

Modo de preparo:

Lave bem  as folhinhas e enxugue-as. Numa tigela, bata os ovos e tempere com sal e pimenta. Envolva as folhinhas mergulhando-as nos ovos batidos e no fubá. Frite em óleo quente até ficarem crocantes. Polvilhe com sal e sirva como aperitivo ou elemento decorativo. Ficam bem sequinhas.

17 de março

  • Campeonato de Video Game

Data: 17.03.2017 – 14:00

Local: Centro Cultural Vila Santa Rita (CCVSR)

O telecentro do CCVSR irá promover o primeiro campeonato de vídeo game com jogos diversos e muita diversão!

http://www.bhfazcultura.pbh.gov.br/

Telefone: 31 3277-1519

Entrada Franca

  • BoraLá Food Park – St. Patrick’s

Data: 17.03.2017 – 18:00

Local: BoraLá Food Park: Rua Desembargador Amilcar de Castro, 314 – Buritis

No dia de São Patrício nada melhor do que juntar a galera no rolé mais legal da sua sexta, seja pra fazer seu pré ou pra por a resenha em dia com muito astral. você pode não saber onde sua sexta termina, mas já sabe onde ela começa: #BoraLá!
Programação:
☘️ DJ Starling
☘️ DJ Nader

http://www.facebook.com/boralafp/

Telefone: 31 3286-3155

  • A Cidade e o Sertão

Data: 17.03.2017 – 19:00

Local: Centro Cultural São Bernardo (CCSB)

Espetáculo musical criado por um coletivo de artistas sertanejos de raiz que atuam na região dos bairros Regina e Lindéia.

http://www.bhfazcultura.pbh.gov.br/

Telefone: 31 3277-7416

Entrada Franca

  • Ephigênia Lopes – Meu Violão Amigo

Data: 17.03.2017 – 19:00

Local: Centro Cultural Alto Vera Cruz (CCAVC)

Integrante há 12 anos do folclórico grupo Meninas de Sinhá, do Alto Vera Cruz, em Belo Horizonte, Ephigênia Lopes canta canções do CD intitulado Violão Amigo e traz 15 canções, das quais 14 compostas pela cantora e uma pelo seu falecido pai, Carlos Pereira Lopes.

http://www.bhfazcultura.pbh.gov.br/

Telefone: 31 3277-5612

Entrada Franca

  • Patrick’s Day BH

Data: 17.03.2017 – 19:00

Local: Estação Floresta Espeteria: Avenida Francisco Sales, 120 – Floresta

Para quem não conhece essa tradicional festa europeia que vem ganhando cada vez mais espaço pelo mundo, no mês de março há desfiles pelas ruas das cidades irlandesas onde as pessoas bebem cerveja, vestem-se de verde e pintam trevos em seus rostos.
Atrações:
Beto Rock´n Blues ao vivo
DJ (vários ritmos)

http://www.facebook.com/EstacaoFlorestaEspeteria2016/

Telefone: 31 3658-8186

  • Happy Saint Patrick’s Day

Data: de 17.03.2017 – 19:30 até 18.03.2017 – 19:30

Local: O Distrital

A festa de Saint Patrick é a data mais importante para os divertidíssimos Irlandeses. Mas como também gostamos de nos divertir, vamos entrar nesse ritmo de festa, com muita música maneira, cerveja boa e gelada, gente bonita e do bem!
Dia 17:
Banda Mais 80 (Melhor do pop rock anos 80 e 90)
Banda Rock Machine (The best sound Rock’N’Roll )
DJ Nest (Sexy sem ser vulgar)

Dia 18:
Banda Like5 (The best hits POP atual)
Banda Laranja Mecânica (Clássicos do rock)
DJ Kriok (O DJ mais malemolente e sagaz de BH)

http://www.facebook.com/ODistrital

Telefone: 31 3284-0709

  • Patrick’s Day Los Mariachis

Data: 17.03.2017 – 21:00

Local: Los Mariachis – Mexican Bar

O St Patrick vai dar uma passadinha na casa mais caliente de beagá e vai deixar tudo verde por lá! St Patrick’s Day Los Mariachis! Saca só o que preparamos para vocês curtirem o dia.
Line up:
DJ Nuriely
Laranja Mecânica

http://www.facebook.com/LosMariachisMexicanBar/

Telefone: 31 2516-2649

  • Uai Patrick’s Night

Data: 17.03.2017 – 22:00

Local: A Autêntica

Mas quem foi São Patrick e porque é comemorado nesta data em países diversos como Japão, Argentina, Estados Unidos e, mais recentemente, no Brasil?
Bem esta é uma das perguntas que Karl Mooney, irlandês de Dublin, vai tentar responder durante seu show com a banda The Celtas Ride Again junto ao The Mcminers.

http://www.facebook.com/aautenticabh/

Telefone: 31 3654-9251

  • Patrick’s Day na Fábrica

Data: de 17.03.2017 – 22:00 até 17.03.2017 – 05:00

Local: A Fábrica

Edição especial da festa Saint Patrick’s Day onde nosso duende aqui da Fábrica vem com uma série de novidades.
Aqui na Fantástica Fábrica de Doces vamos ter um evento especial comandado pelo Duende Patrick. Ele não se contenta com pouco e mandou avisar que vai ter Rap, Cerva e muita larica! Pra você que curte Rock n’ Roll, indie rock, rap, hip hop e eletrônico a festa tem vários estilos para celebrar esta data especial na Fábrica. Compre seu ingresso antecipado no Sympla:
https://www.sympla.com.br/saint-patricks-na-fabrica-o-1703-o-sextou__124340

  • Patrick’s Day

Data: 17.03.2017 – 22:00

Local: Amsterdam Pub

Shows:
Anthology
The Pink Floyd Collection
Lurex

http://www.amsterdampub.com.br/

Telefone: 31 3262-0688

  • Patrick’s Day

Data: 17.03.2017 – 22:30

Local: Alambique Cachaçaria

Atrações:
Lívvia Bicalho participação de Isa Santana + Rachel Antonini
DJ Ronan Rossato

http://www.alambique.com.br/

Telefone: 31 3296-7188

18 de Março

St. Patrick’s Day Backer

Data: 18.03.2017 – 12:00

Local: Cervejaria Backer – Pátio Cervejeiro

A festa será no Pátio Cervejeiro da Backer, regada de muita cerveja artesanal.
E mais: Chopp Irish Green, campeonato de chopp em metro, concurso de barba e bigode e melhor fantasia, com presença confirmada dos melhores food trucks da cidade!
Atrações: SEU MADRUGA, TAVERNA, HANS, CA$H feat. Singles, DJ’s NEST e VEOTS.

http://www.facebook.com/CervejariaBacker

Telefone: 31 3288-3068

St. Patrick’s Day BH 2017

Data: 18.03.2017 – 12:00

Local: Mineirão – Estádio Governador Magalhães Pinto

O agito vai tomar conta do Gigante da Pampulha durante 12 horas de festa. O line-up conta com: Emicida, Tianastacia, McMiners, Lagum, Costa Gold, Xeréu, Zeu, Rockaholic, OhShit, KVSH, Balão Vermelho, Lurex, Monkey Wrench, Metallica Cover Brazil, Locomotive, Velotrol, Jaka e Motoca. O ambiente ainda terá decoração temática e a famosa cerveja verde.

http://www.facebook.com/events/233052430489057/

  • St. Patrick’s Day

Data: 18.03.2017 – 20:00

Local: No Ponto Espetaria Bar: Rua Paraíba, 1419 – Funcionários

Os duendes se juntaram para fazer o festejo irlandês. A ordem é receber todos com muita alegria, música, cerveja gelada, além de muito conforto!
Na Folia tem:
• Dj Luiz Araujo – Duende verde com os maiores rits que você quer ouvir
• Pedro Leitte – Galã do sertanejo

http://www.facebook.com/NoPontoSavassi

Telefone: 31 3043-6590

St. Patrick’s Day

Data: 18.03.2017 – 21:00

Local: Lord Pub

No Lord Pub, a comemoração do dia de São Patrício vai ser nessa pegada! No palco, Singles com os petardos especiais do Pearl Jam e U2 Cover Brasil mandando os hinos de Bono e companhia naquele clima irish!

http://circuitodorock.com.br/

Telefone: 31 3223-5979

  • St. Patrick’s Day Experience

Data: 18.03.2017 – 21:00

Local: Jack Rock Bar

http://circuitodorock.com.br/

Telefone: 31 3227-4510

19 de Março

  • 10º St. Patrick’s Day

Data: de 19.03.2017 – 12:00 até 19.03.2017 – 22:00

Local: Rua Tomé de Souza, entre Rio Grande do Norte e Getúlio Vargas – Savassi

A programação será intensa, com atividades para a criançada, shows e diversas opções de gastronomia. As bandas Lurex, Led III e Metamorphosis serão as atrações da festa, com covers três dos maiores nomes da música britânica: Queen, Led Zeppelin e Rolling Stones. Os pequenos vão se divertir com um espaço kids e outras atrações voltadas para eles.
Como em qualquer festa irlandesa o chopp é o carro-chefe, o público contará com uma divertida competição da bebida no metro, além de degustar o chopp verde e algumas das melhores cervejas especiais do mundo, da premiada cervejaria mineira Wäls. Na gastronomia, os protagonistas são os deliciosos burgers do Duke’n’Duke, além de pizza, espetinhos e o tradicional fish and chips.
O evento tem cunho beneficente, sendo que a troca de ingressos é feita mediante doação de 1kg de alimento não-perecível. Os convites poderão ser retirados antecipadamente nas casas participantes: Duke’n’Duke (Savassi, Vila da Serra e Centro), Wäls Gastropub e no Stad Jever.

http://www.facebook.com/WalsGastropub

Telefone: 31 3582-5628

 

Fonte: Agenda Cultural