Ginastas sobem ao pódio e encerram Campeonato Brasileiro

Ginastas sobem ao pódio e encerram Campeonato Brasileiro

0 346

A decisão por aparelhos e III etapa Caixa encerraram o Campeonato Brasileiro de Ginástica Artística. A competição que teve a apresentação dos melhores atletas do país, lotou as arquibancadas do Minas Tênis Clube, em Belo Horizonte. No domingo, 22, os ginastas que subiram ao pódio encerraram o calendário de competições da modalidade adulta em 2015.

Francisco Barretto Júnior, do EC Pinheiros (SP), garantiu a nota de 14,700 e foi o campeão nas paralelas. Hudson Miguel, do SERC/Santa Maria (SP), conquistou a medalha de prata, com 14,625 pontos. André da Silva, do Minas Tênis Clube (MG) ficou com o bronze, com 14,200.

Francisco Barreto repetiu o lugar mais alto do pódio na barra fixa, ao conquistar 15,125 pontos. O segundo colocado, Lucas Bitencourt, do SERC/Santa Maria (SP) fez 14,050, e o terceiro, Gabriel Barbosa, também do SERC, somou 13,550, empatado com Fellipe Arakawa, do Minas Tênis Clube (MG).

Nas argolas, o campeão foi Henrique Flores, do SERC/Santa Maria (SP), com 15,275 pontos. Caio Costa, da ADC/São Bernardo (SP) ficou com o segundo lugar, com 14,775, e Lucas Bitencourt, também do SERC/Santa Maria (SP), foi o terceiro, com 14,700.

Diego Hypolito do ADC/São Bernardo (SP), conseguiu o ouro no solo, ao somar 14,875. Ângelo Assunção, do EC Pinheiros (SP) ficou com a prata, com 14,450, e o bronze foi para Hudson Miguel, do SERC/Santa Maria (SP), com 14.125.

No cavalo com alças, Fellipe Arakawa, do Minas Tênis Clube, conquistou o primeiro lugar, com 14,350 pontos. A segunda colocação foi para Arthur Nory, do EC Pinheiros (SP), com 14,175, e a terceira para Leonardo Souza, do Minas Tênis Clube, com 14,150.

Lorrane Oliveira, do CEGIN (PR), garantiu o ouro nas assimétricas, com 14,225. A prata foi para Letícia Costa, do CR Flamengo, com 13,350, e o bronze para Jade Barbosa, também do CR Flamengo, com 13,150.

No solo feminino, Lorrane, com 14,875, foi ouro mais uma vez. Thayse Silva, do Grêmio Náutico União (RS), foi prata, com 14,050, e Carolyne Pedro, do CEGIN (PR), bronze, com 13,550.

O salto feminino teve um empate no primeiro lugar entre Letícia Costa, do CR Flamengo (RJ) e Thayse Silva, do Grêmio Náutico União (RS), com 13,638 pontos. O terceiro lugar também ficou no empate entre as atetlas Isabelle Cruz, do CR Flamengo (RJ),e Raquel Silva, com 13,425.

A trave teve vitória de Jade Barbosa, do CR Flamengo (RJ), com 14,750. Isabel Barbosa, do EC Pinheiros, foi a segunda colocada, com 14,175, e Lorrane Oliveira, do CEGIN (PR), a terceira, com 14,075.

Texto: Victor Barboza

Imagem destacada: Confederação Brasileira de Ginástica Artística

SIMILAR ARTICLES

0 163

0 318

NO COMMENTS

Deixe uma resposta