Questão de Tempo

Questão de Tempo

0 95

Por Giovanna Silveira – Métrica Livre – Parceira Contramão HUB

 

Em dias bons não importa

se faz sol ou temporal

lá fora

se há milhões de coisas

para serem feitas

ou apenas uma

em dias bons cada canto

tem sua cor

a água insípida tem sabor

os anéis alcançam as dedos

revelando poder

e pureza

os pés bailam ao invés

de apenas andar

em marcha

lenta

em um dia bom

vinte e quatro horas

 são como sessenta segundos

e da vida é certa

que os dias bons

é um dom atemporal.

NO COMMENTS

Deixe uma resposta