16º edição do FID é inspirado no fenômeno da piracema

16º edição do FID é inspirado no fenômeno da piracema

“Seguindo em frente contra a corrente” é o tema da 16º edição do Fórum Internacional de Dança (FID). O festival, que investe em produção local, se inspira no fenômeno da piracema para montar a edição deste ano. “Entendemos que as trocas internacionais e o financiamento à cultura continuariam sempre a se concentrar somente no circuito SP/RJ, daí a ideia de nadar contra a correnteza”, explica a diretora artística do fórum, Adriana Banana.

Navegando por essa ideia de ir contra a correnteza, o FID apresenta espetáculos que retratam esta realidade, como é o caso de Piracema, da Lia Rodrigues Companhia de Dança e Cribles Live, dirigido pela coreógrafa francesa Emmanuelle Huynh. Enquanto o primeiro retrata a realidade de uma comunidade que luta pela sobrevivência, o segundo questiona a falta de individualismos dentro de uma sociedade heterogênea.

Um dos diferenciais do evento é o FIDinho que, desde 2008, tem uma programação com apresentações voltadas especialmente para o público infantil. Neste ano dois espetáculos fazem parte do programa para as crianças: “Têtes à Têtes”, de Maria Clara Villa Lobos e “Kodak”, de Neto Machado.

A tradicional FIDoteca continua ativa, disponibilizando o acervo de todas as edições do evento em vídeo. Neste ano ela será instalada no Acervo Artístico e Literário do Sesc-Palladium.

O evento ocorre do dia 26 de outubro até o dia 04 de novembro. Veja a programação.

Por: João Vitor Fernandes e Rafaela Acar

Foto: divulgação

 

NO COMMENTS

Deixe uma resposta