Abril Poético chega a Belo Horizonte e segue para o interior de...

Abril Poético chega a Belo Horizonte e segue para o interior de Minas

O Abril Poético é um salão nacional de poesia e uma celebração artístico-cultural e que busca mostrar a história de Minas Gerais através das poesias. Neste ano, a temática é sobre o mestre do barroco mineiro Aleijadinho e suas obras. O projeto tem a sua abertura na capital mineira nesta quarta-feira, dia 2, e tem encerramento marcado para o o dia 30 de abril, no município de Congonhas.

Promovido pela ONG Liga Ecológica Santa Matilde (LESMA) e parceiros, o Abril Poético percorre o Circuito dos Minérios, na Região Central e o Circuito das Águas, no Sul de Minas, levando para essas regiões uma programação diversificada com lançamentos de livros, sarau de poesias, oficinas sobre a educação patrimonial e palestras sobre o mestre Aleijadinho e sustentabilidade.

Pensando em promover uma ligação entre meio ambiente, cultura e educação, a iniciativa pretende ocupar bibliotecas, universidades, escolas e espaços públicos. O projeto não tem apoio de leis de incentivo a cultura e só consegue se desenvolver com o ajuda de parceiros e algumas entidades que os municípios participantes possuem.

Em sua 10ª edição, o Abril Poético já percorre 12 cidades do interior de Minas Gerais. O curador do programa, Osmir Camilo, se mostra bem empolgado ao trazer o projeto pelo terceiro ano consecutivo na capital mineira. “A poesia tá muito viva, então, nosso projeto desenvolve pela abertura que ele tem de misturar com as outras artes e por irmos muito em escolas, se torna muito didático”, explica.

As cidades que integram o circuito do Abril Poético são: Belo Horizonte (abertura), Ouro Preto, Conselheiro Lafaiete, Cristiano Otoni, Caranaíba, Capela Nova, Rio Espera, Cambuquira, Três Corações, Campanha, São João del Rei, encerrando em Congonhas.

Os interessados em participar das oficinas podem entrar em contato através do email grupolesma@gmail.com

Maiores informações: https://www.grupolesma.blogspot.com.br

Por: Lívia Tostes e Luna Pontone
Foto: Lívia Tostes

NO COMMENTS

Leave a Reply