Agora é a vez dos homens

Agora é a vez dos homens

Após a conscientização das mulheres sobre a importância do exame preventivo do câncer de mamas, é a vez dos homens. Inspirada na campanha do Outubro Rosa, tem-se também o Novembro Azul. A mobilização trata-se de um movimento de conscientização sobre a importância do exame de câncer de próstata. Esse é o segundo tipo de câncer mais comum entre homens no Brasil, perdendo apenas para o de pele não melanoma. Em visão geral, esse tipo de câncer é o sexto mais comum no mundo, e representa cerca de 10% do total de casos de canceres, de acordo com Instituto Nacional do Câncer (INCA).

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Controle do Câncer (IBCC), todos os homens com mais de 45 anos de idade devem fazer o exame do toque anualmente, que ainda é a forma mais eficiente de controle e prevenção desse tipo de câncer. Durante o exame, o urologista pode sentir a glândula prostática da paciente para saber se há algum tipo de anomalia. Ainda conforme consta nas recomendações do IBCC, homens que tem histórico de casos da doença na família (pai e irmãos) ou de câncer de mama (mãe e irmãs) devem fazer o exame a partir dos 40 anos.

A campanha de conscientização ganhou força em novembro de 2003, em Melbourne, na Autrália, quando um grupo de amigos, que estudavam modas antigas, resolveram raspar a barba e deixar apenas os bigodes. Daquele ano em diante, todo mês 11, os homens raspam as barbas e deixam apenas os bigodes (ou mustache, em inglês). O movimento era uma iniciativa para alertar sobre o exame de prevenção do câncer de próstata. Recentemente o símbolo da campanha passou a ser usado nas redes sociais e virou ícone da moda, mas sem deixar de representar a iniciativa de prevenção.

Quando precocemente diagnosticado, o câncer de próstata tem uma taxa de cura de 76% a 96%. O Jornal Contramão apoia essa causa e conscientiza sobre a importância do exame.

Além do azul, Novembro também pode ser colorido. A Fundação Sara, localizada no norte de Minas Gerais, lançou nesta segunda-feira, 03, a campanha Novembro Dourado, que visa combater a luta das crianças contra o câncer infanto-juvenil.

Texto: Luna Pontone e Umberto Nunes

Foto: Internet

NO COMMENTS

Deixe uma resposta