Anastasia passa o cargo para ex-presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais

Anastasia passa o cargo para ex-presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais

Na manhã desta sexta-feira, 04, ás 10h30, Alberto Pinto Coelho assumiu o cargo de novo governador de Minas Gerais. Logo após a cerimônia, na Assembleia Legislativa, ao 12h, foi realizada a solenidade de transmissão de posse no Palácio da Liberdade, junto com o ex-governador Antônio Anastasia e o senador Aécio Neves. O novo governador ficará no poder até 1º de janeiro de 2015.

O ex-governador Antônio Anastasia (PSDB) sai do cargo para concorrer à vaga de Senador de Minas Gerais e para priorizar as propostas que serão apresentadas pelo senador Aécio Neves (PSDB), em sua campanha ao Palácio do Planalto.

Durante a cerimônia, o senador e ex-governador do estado, Aécio Neves, fez um breve discurso sobre o seu antigo mandato. Já no novo cargo, Alberto Pinto Coelho, garantiu que pretende continuar os passos de Anastasia e Aécio, que governavam anteriormente. “Os compromissos de Aécio Neves e Antônio Anastasia são também os compromissos de Alberto Pinto Coelho”, finalizou o governador.

Novo governador

Após 27 anos sendo administrador de empresas, Alberto Pinto Coelho saiu da gerência da antiga TELEMIG e seguiu para a carreira política por meio do ex-ministro José Aparecido De Oliveira. Dali, foi eleito a deputado estadual e posteriormente, por quatro mandatos seguidos, foi cargo de liderança do governo Itamar Franco e Aécio Neves. Em seguida, foi presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais durante dois mandatos seguidos. Em 2010, saiu da presidência da ALMG para ser candidato à reeleição do governo de Minas Gerais, junto a Antônio Anastasia.

Confusão no trânsito

Na manhã do evento, a região da Praça da Liberdade foi fechada e as principais vias interditadas. O trânsito sofreu mudanças e os carros que circulavam pela Av. João Pinheiro, Av. Brasil e Av. Cristovão Colombo desviaram para a R. da Bahia e adjacentes. A alteração no trânsito gerou reclamações entre motoristas e pedestres que dividiam o mesmo espaço. Na rua Gonçalves Dias, o transtorno foi ainda maior, com a Praça da Liberdade fechada exclusivamente para os convidados da solenidade, a população teve que contornar a praça pela rua, sem segurança. Assista ao desabafo da pedestre. 

Por: Luna Pontone

Fotos:  João Alves e Juliana Costa

SIMILAR ARTICLES

NO COMMENTS

Leave a Reply