Audiência pública debate histórico de luta das pessoas com deficiência

Audiência pública debate histórico de luta das pessoas com deficiência

Mobilidade urbana, educação e direitos da pessoa com deficiência foram debatidos hoje na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Durante o debate, que durou cerca de duas horas e meia, foram debatidas políticas de inclusão dessas pessoas no trabalho e na educação e a importância do Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência (21 de setembro).

O propositor da audiência, deputado Marques Abreu ressaltou as dificuldades enfrentadas pelas pessoas com deficiência. “Só quem tem o problema sabe como é o dia-a-dia, no que diz respeito a empregabilidade, acessibilidade e uma série de outros fatores”, declara.

Também foi discutido um possível fechamento das chamadas escolas especiais que, segundo o defensor público Estevão Machado,  não estão matriculando novos alunos. Houve ainda participação do público presente com algumas perguntas e considerações. “A reunião foi importante para dar continuidade ao trabalho da comissão, fizemos um requerimento para que as obras dos artistas sejam expostas todos os anos, é uma luta diária destas pessoas”, conclui o parlamentar.

A reunião, que foi presida pelo vice-presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência, deputado Marques Abreu, contou com a presença de lideranças ligadas ao tema, Ministério Público Estadual e da Coordenadoria Especial de Assistência às Pessoas com Deficiência (CAADE).

Por João Vitor Fernandes e Marcelo Fraga

Foto: João Vitor Fernandes

SIMILAR ARTICLES

0 244

0 348

NO COMMENTS

Leave a Reply