Authors Posts by admin

admin

1512 POSTS 10 COMMENTS

Arte: Divulgação Pixar/Disney

A Pixar é um dos grandes nomes do cinema. Dona de sucessos, como: Toy Story, Os incríveis, Carros, entre outros. Não é fato desconhecido que em 1986, Steve Jobs comprou a empresa e a transformou em referência no mundo da animação. Jobs que a comprou por U$5 milhões, 20 anos depois a vendeu por U$7, 4 bilhões a Disney.

Devido ao sucesso, a Pixar sozinha arrecadou U$4 bilhões com seus 9 filmes, ela se tornou a “casa de filmes” mais sucedida na história do cinema. Esse feito fez com a revista londrina Total Film, em 2004, classificasse a venda para Jobs como a “6ª decisão mais idiota do cinema”.

Mas, você sabe quem a vendeu?

Divulgação: Pixar/Disney
Foto: Pixar/Disney

Criada em 1979, ela começou como uma divisão da Lucasfilm. Na época, não se chamava Pixar, e era apenas uma divisão da produtora de George Lucas conhecida como: “Setor de Gráficos”.

 

Reportagem Ana Paula Tinoco

0 896
Logomarca-Ande-Seguro
Foto: Divulgação/Production Eventos

“A pressa é inimiga da perfeição” A falta de reflexão desse provérbio português, pode ser a causa de milhares de acidentes de trânsito todos os anos. Dados da Defesa Social, no ano de 2015 foram registrados mais de 275 mil acidentes em todo estado de Minas Gerais, sendo que mais de 72 mil envolviam motos.

Refletindo os números que envolvem motos e motociclistas, na data de hoje, 09, começou a terceira edição da Campanha Ande Seguro que visa incentivar os motociclistas a utilizarem equipamentos básicos de segurança, que muitas vezes são ignorados por acharem que são desnecessários.

Em pontos estratégicos na capital, a “blitz do bem” irá convidar os motociclistas a parar, para entregar cartilhas educativas de trânsito, realizando um moto check-up gratuito e, também, distribuindo kit lanches. O evento, que vai até 11 de outubro, foi idealizado pensando em diminuir os acidentes de trânsito que envolvem motos, conscientizando-os do uso de luvas, botas, capacetes, antena anti-cerol, entre outros equipamentos de segurança.  
Então se você é motociclista e curtiu a ideia, clique aqui para saber os locais e horários da campanha.

Texto: Amanda Eduarda

0 943
08_08_2016_15_41_09
Entrada do Inova Minas. Foto: Amanda Eduarda

Belo Horizonte recebe a partir desta sexta-feira, 5, o Inova Minas Fapemig, uma mostra de tecnologia, ciência e inovação, que reúne vários pesquisadores de Minas, com projetos que visam melhorar os problemas da sociedade. O evento vai até 07 de agosto, na Praça da Liberdade, em Belo Horizonte.

A Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG), junto com o Governo de Minas e a Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia e Ensino Superior (SECTES), criaram o Inova Minas plataforma social que reúne cerca 70 projetos que visam solucionar problemas do dia-a-dia do cidadão. O objetivo do evento é envolver a sociedade nos projetos de universidades, centros de pesquisa e empresas, mostrando o esforço para o desenvolvimento da ciência, tecnologia e inovação.

08_08_2016_15_47_09 (1)
Inova Minas Foto: Amanda Eduarda

Entre os projetos destacamos o Projeto Polímeros para Inclusão Social – Própolis que tem como o objetivo reciclar resíduos eletroeletrônicos, principalmente, a carcaça de computadores e impressoras. Segundo a responsável pela unidade recicladora de polímetros e pelo licenciamento ambiental da fábrica, a engenheira ambiental e sanitária Ana Carolina explica que o Própolis tem vários produtos, mas que o carro chefe do projeto é o aquecedor solar polimérico. “Ele está em fase de protótipo. Ele é um coletor mais leve e de custo menor quando comparado com aquele coletor convencional.”, explica.

08_08_2016_15_49_23
Ana Carolina no stand do PROPOLIS. Foto: Amanda Eduarda

O projeto envolve instituições como o Centro Universitário UNA, UNIBH, UFMG e a ONG Ramacrisna, onde também funciona a fábrica do projeto. Entre os financiadores e apoiadores estão a CEMIG e FAPEMIG.

Texto: Amanda Eduarda

0 1220

2016 acaba de alcançar o segundo semestre e um número considerável de fatos envolvendo discriminação no ambiente virtual estampou manchetes ao longo destes oito meses. Artistas e pessoas comuns têm se tornado alvo do ódio alheio através das redes sociais. Em outros casos, a falsa sensação de impunidade encoraja usuários a utilizar as redes para tecer comentários preconceituosos.

Dentre as ocorrências mais recentes, o cantor Biel – que em junho deste ano foi acusado de assédio por uma jornalista -, teve seu Twitter revirado por usuários que trouxeram à tona dezenas de tweets com conteúdos racistas, misóginos, homofóbicos, gordofóbicos, entre outras formas de discriminação.

Em julho deste ano, a cantora Preta Gil recebeu diversos ataques de cunho racista em sua página do Facebook. Na mesma época, a médica mineira, Júlia Gomes, tornou-se alvo do mesmo ataque após posicionar-se contra a postura do médico Guilherme Capel Pasqua, que utilizou a rede social para debochar de um paciente com dificuldade de pronunciar as palavras “Pneumonia” e “Raio-x”.  

Um programador mineiro de 26 anos que prefere não se identificar, também teve problemas envolvendo as redes sociais. Em dezembro de 2015, um perfil fake no Facebook utilizou seu nome e suas fotos com a intenção de denegrir sua imagem. “Era um conteúdo falando mentiras sobre mim, que eu maltratei alguma menina, enganei, magoei ela… Essas coisas. Mas nunca falou qual menina era. E eu ainda perguntei para todas as meninas que eu fiquei no período que o fake surgiu e nenhuma delas estava com algum ressentimento. Aí este perfil falava que eu era machista, entre outras coisas, para todos do meu Facebook e além.”

O programador conta que, na época, além do medo de alguém acreditar nas histórias que o perfil espalhava, recebeu também ameaças de agressão física, o que acabou afetando também membros de sua família. Sobre procurar a polícia, o programador enfatiza a dificuldade encontrada, “Não tem como reclamar online para nada disso. A delegacia de crimes cibernéticos que consta na internet, não existe lá mais. Eu cheguei a ir nesta delegacia, quando cheguei lá tinham mudado o endereço, aí deixei pra lá”. Após a tentativa sem sucesso de recorrer aos órgãos competentes, o programador conclui: “ O que você tem que fazer é rezar para parar, porque atormenta muito. O meu não foi tão grave e já me deixava louco, imagina com quem tem coisa pior?!”.

A delegacia especializada em crimes virtuais de Belo Horizonte realmente trocou de endereço, ela se localiza agora na Avenida dos Andradas, 1270. O horário de atendimento é de 8h30 às 12h e de 14h às 18h. O telefone é 3217-9700.

Saiba como proceder nos casos de violação de direitos na internet, seja através de websites ou pelas redes sociais:

Após tomar conhecimento do fato, o mais indicado é agir com celeridade para garantir a manutenção dos seus direitos. Gabriel Matos, advogado, explica que as informações na internet são repassadas de maneira muito rápida. Assim que o fato é trazido a público é importante realizar cópias das informações por meio da captura de tela (print screen). As cópias devem ser levadas para um cartório de notas onde será lavrada a Ata Notarial. “A Ata Notarial é o documento que atesta a veracidade das informações contidas no documento apresentado, pelo solicitante, no cartório. Em posse desse documento, a pessoa deverá procurar a delegacia especializada em crimes virtuais para realizar um boletim de ocorrência.”, destaca Matos.  

Infográfico
Infográfico: Lais Brina

Iniciativas Online

Desde maio de 2014, o perfil no Twitter @aminhaempregada tem escancarado o preconceito através de retweets em conteúdos como este: “ minha empregada trabalha aqui em casa há dois anos e ela é negra. Meu cachorro ainda late toda vez que vê ela. Eu também!”, entre outros.

Outro perfil que visa os mesmos objetivos é o @NaoSouRacista que ao dar retweets em tweets como este: “Não sou racista mas estes pretos aqui no jogo tão me a enervar!”, propõe a reflexão sobre o tema. Há dois anos utilizando a rede social, a descrição da página satiriza e informa: “ #NãoSomosRacistas mas até temos amigos que são. (RT não é endosso)”.

Por: Bruna Dias e Lucas D’Ambrosio

Anime Festival BH 2016 Winter

Divulgação

 Data: de 06.08.2016 – 12:00 até 07.08.2016 – 20:00

Local: Minascentro – Centro Mineiro de Promoções Israel Pinheiro

Feira de quadrinhos, desenhos animados japoneses, mangás, games. Gincanas e atrações ligadas ao verão, férias onde a meta é a integração de todos os fãs que nos prestigiam vindos de várias regiões do interior de Minas Gerais e de outras cidades do país. Tradicional concurso Cosplay, onde fãs mostram suas melhores fantasias de desenhos animados japoneses, seriados americanos, filmes, desenhos animados americanos e ou europeus.
https://www.facebook.com/pages/Anime-Festival-BH/207370585965358?sk=photos_stream

https://www.animefestival.com.br

Telefone: 11 4107-4540/ Email: contato@animefestival.com.br

Promoção: Animecon Promoção de Eventos/ Realização: Animecon Promoção de Eventos

Encontro de Vinhos

Data: de 06.08.2016 – 12:00 até 06.08.2016 – 18:00

Local: Museu Histórico Abílio Barreto (MHAB)

O Encontro de Vinhos é um evento itinerante que percorre 6 cidades – Rio de Janeiro, São Paulo, Campinas, Ribeirão Preto, Belo Horizonte e Curitiba – e reune milhares de pessoas em torno do vinho. Pensado para ser um evento que traga boas experiências para os visitantes, o Encontro de Vinhos reune música, gastronomia e diversão em torno do vinho. Os visitantes entram, pegam uma taça e podem provar todos os vinhos que desejarem, sem nenhum custo adicional. Temos sempre uma área gourmet, geralmente com foodtrucks, que funcionam como uma praça de alimentação e testes de harmonização. Os visitantes podem adquirir o que preferirem para comer e beber seu vinho tranquilamente.

https://www.encontrodevinhos.com.br/encontros/belo-horizonte/agosto-de-2016

Telefone: 11 98453-0001

Email: daniel@encontrodevinhos.com.br

Caminhada Alcoológica BH – Santa Tereza

 Data: 06.08.2016 – 13:00

Local: Postinho Santa Tereza / Rua Mármore, 585 – Santa Tereza

A Caminhada Alcoológica é um evento que acontece uma vez por ano, e tem como objetivo prestigiar os bares de Belo Horizonte, mantendo viva as tradições de capital mundial dos bares. Venha caminhar conosco por 2,5 Km pelas ruas do nosso querido “SANTÊ”, tomando aquela cerveja gelada pelos saudosos bares do bairro e ainda de quebra curtir um sambinha da melhor qualidade na chegada ao Armazém Santa Tereza!

https://https://www.facebook.com/caminhadaalcoologicabhoficial

Festival Camarim 2016

Data: 06.08.2016 – 14:00

Local: Alphaville – Lagoa dos Ingleses

Atrações:
– Bell Marques
– Matheus&Kauan
– Dj Jaka

https://www.centraldoseventos.com.br/

Telefone: 31 4141-2929

Mostra Inova Minas

Dias: 05, 06 e 07/08, das 10 às 17h

Auditório Bateia: INCTs e Redes

De 05 a 07 de agosto, o MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal recebe a segunda edição da mostra Inova Minas FAPEMIG, que acontecerá simultaneamente em outros espaços do Circuito Liberdade. O objetivo da feira é divulgar, junto à sociedade, o esforço realizado pelas universidades, centros de pesquisa e empresas para o desenvolvimento da Ciência, Tecnologia e Inovação no Estado. Para isso, serão apresentados projetos de pesquisa que contribuem para solucionar problemas do nosso cotidiano.

Praça de Convivência: Mostra de Resultados e Espaço Inventores

Entrada Franca

Orquestra Filarmônica de Minas Gerais

Data: 07.08.2016 – 11:00

Local: Sala Minas Gerais

Belo Horizonte é a cidade da Filarmônica, onde ela se apresenta regularmente em séries de assinatura – Allegro, Vivace, Presto, Veloce e Fora de Série –, interpretando grandes obras do repertório sinfônico.
Marcos Arakaki, regente
J. S. BACH – Suíte orquestral nº 1 em Dó maior, BWV 1066: V. Menuet I-II e VI. Bourrée I-II
MOZART – Sinfonia nº 40 em sol menor, K. 550: III. Menuetto: Allegretto
BEETHOVEN – Sinfonia nº 2 em Ré maior, op. 36: III. Scherzo
MENDELSSOHN – Sinfonia nº 4 em Lá maior, op. 90, “Italiana”: II. Andante con moto
NEPOMUCENO – Serenata para orquestra de cordas
STRAVINSKY – Sinfonia em três movimentos: II. Andante
VILLA-LOBOS – Bachianas Brasileiras nº 4: III. Ária: Cantiga
BIZET – Carmen: Abertura

https://www.filarmonica.art.br/

Telefone: 31 3219-9000

Sarau do Memorial – Canjerê Mulheres da Galileia

 Data: 07.08.2016 – 11:30Local: Memorial Minas Gerais Vale

Por meio do projeto Resenhas Pretas no Memorial, o Casarão das Artes realizará o Sarau – Canjerê Mulheres da Galileia, um trabalho desenvolvido pela professora/educadora, performer, percussionista e musicista Gal Duvalle, juntamente com quatro jovens mulheres – Ana Hilário (Hill), Bruna Danielly, Juliana de Oliveira e Raíssa Brownie – que experimentam a arte em suas experiências de vida, em suas realidades familiares, e aos seus desejos. Perpassando por referências musicais que vão do estilo afro ao metal. O evento contará com musicalidade e bate-papo.

https://www.memorialvale.com.br/

Telefone: 31 3308-4000/ Entrada Franca

Fotos: João Alves

Entre jogos mornos, caos nos serviços de bar e a Zika, quem brilhou mesmo foram os torcedores com a sua animação, criatividade e humor. A olimpíada promete

O futebol feminino deu a largada ao calendário de competições que Belo Horizonte irá receber durante toda a Olimpíada. As seleções da Nova Zelândia, Estados Unidos, França e Colômbia protagonizaram a primeira fase do grupo G, que ainda tem mais dois jogos a serem realizados nos dias 12 e 16 de Agosto, no Estádio Mineirão.

Com bastante aparato policial, porém menos agressivo como visto na Copa do Mundo, os torcedores chegaram entusiasmados com jogo, carregando bandeiras e vestindo as camisas das seleções de cada país. Mesmo assim, os torcedores dos times mineiros, Atlético e Cruzeiro, vieram em peso e demonstraram as suas preferências.

Dentro do Mineirão que se apresentava bem vazio, o favoritismo da torcida praticamente era só uma, Nova Zelândia. Mesmo com o time inferior e com um gol já nos primeiros 15 minutos de jogo, a torcida não deixou de empurrar o time com gritos e “Ôlas”. Já o time americano não foi tão bem recebido assim. A goleira da seleção dos Estados Unidos, Hope Solo, recebeu vaias seguido de “zika” em coro, toda vez que tocava na bola. Os gritos entoados foram um tipo de resposta às postagens que a goleira publicou em suas redes sociais ironizando o Brasil e o vírus Zika, doença que casou pânico e desencadeou uma epidemia no país. No Twitter, diversos usuários riram da piada e aprovaram a situação – @leandokhaled escreveu – “Eu preciso agradecer os torcedores lá do Mineirão que começaram com o Ooooo Zika para Hope Solo. Vocês são Feras! #Rio2016”. O jogo terminou com o favorito ao ouro, Estados Unidos, vitorioso por 2×0.

Se a entrada para o estádio foi tranquila e bem organizada, o intervalo foi caótico. Os bares disponíveis não conseguiam atender a quantidade de pedidos e as cozinhas se transformaram em uma verdadeira bagunça. Foram necessários 44 minutos para comprar a ficha do caixa e retirar a mercadoria no balcão. Durante a espera, foi possível ouvir reclamações, deboches e xingamentos por parte dos visitantes. Para piorar, os preços eram absurdamente caros, um pão de queijo custava R$8,00 reais e um saco de pipoca R$ 13,00 reais.

Distante daquele caos, o jogo entre França e Colômbia ocorreu com menos torcedores presentes que o anterior, mas nenhum um pouco menos animado. Eram visíveis os esforço das colombianas em criar táticas no meio de campo e criar chances de gols pela direita, mas a marcação francesa não abria espaço e marcava em cima as adversárias. Enquanto isso, nas arquibancadas, os belo-horizontinos gritavam junto com os estrangeiros presentes e vibravam com cada chute a gol feito. A França com um time mais estruturado, treinado e coeso sai como vitoriosa com 4 gols, contra a esforçada Colômbia.

Texto e foto: João Alves