Beijaço na UFMG marca protesto contra a LGBTfobia

Beijaço na UFMG marca protesto contra a LGBTfobia

0 1146

Após série de episódios homofóbicos ocorridos no ambiente universitário, estudantes e coletivos realcionados aos direitos humano e defesa da diversidade da UFMG organizam, às 18h30, de hoje, um beijaço na Faculdade de Direito e Ciências do Estado, na Praça Afonso Arinos. O protesto “O afeto é a melhor arma contra a LGBTfobia” quer despertar a atenção da sociedade e da comunidade acadêmica para a violência sofrida, principalmente, por mulheres lésbicas, além de promover um debate sobre o tema.

De acordo com uma das organizadoras, Tauane Porto, o que motivou a mobilização para o protesto não se deve apenas aos episódios de preconceito dentro da UFMG, especificamente, mas a todo um contexto de desrespeito dentro das universidades, em geral. “O que aconteceu dentro da UFMG foi apenas a gota d’água pra uma discussão muito maior”, explica.

Segundo Taune Porto o beijaço conta com  a adesão de não só a comunidade LGBT da capital, mas, também, de pessoas de diversas comunidades e grupos que lutam contra o preconceito. “Essa iniciativa de intervenção abre caminho pra diversas discussões, como o racismo e o machismo”, finaliza.

O campus da faculdade de Direito e Ciências do Estado da UFMG fica na Av. João Pinheiro, 100. A concentração pra o “beijaço” irá ocorrer a partir das 17h no 2º andar do prédio.

Por: Felipe Chagas e Luna Pontone

NO COMMENTS

Leave a Reply