Belo Horizonte na ponta do pincel

Belo Horizonte na ponta do pincel

Quadros, pincéis, tintas e aquarela. Estes são os elementos que marcam a exposição “Amanara”, do aquarelista mineiro Jean Paulo, que traz apenas imagens da capital em pintura.

O artista já produziu duas exposições: “Horizonte Transparente” e “BH noturna”. A sua terceira exposição é “Amanara”, que significa água e chuva em tupi-guarani. Ela pode ser conferida na Galeria de Arte Paulo Campos Guimarães. Os quadros expostos apresentam preços que variam de acordo com o tamanho e custam de R$360,00 a R$1.200,00.

Com apenas um dia de exposição, cerca de 100 pessoas já visitaram o local. O estudante e artista plástico José Nunes que admirado disse: “sempre passo pela Praça da Liberdade e fico atento a exposições, vim por acaso e achei o trabalho bastante interessante”. Jean afirma que não há critério definido para escolha dos locais ilustrados. “Belo horizonte é muito grande, é possível encontrar coisas novas sempre e lugares que alguém não conheça”.

A Artista Plástica Zirt Garcia Greco também elogia o trabalho do colega. “Gosto do trabalho dele, aquarela não é muito fácil e ele domina bem, já vi outros trabalhos dele e são sempre bem interessantes, obras bem feita, são sempre bem aceitas”.

dsc_3458


O aquarelista que também é professor expõem seus matérias de trabalho junto com os quadros, ele explica “faço questão de expor o material que utilizo em todo o processo, porque os alunos sempre querem saber, este é meu lado professor da história”.

A exposição está aberta ao público de 1º a 24 de junho, de segunda a sexta, de 8h às 20h e sábado de 8h ás 13h. Galeria de Arte Paulo Campos Guimarães – Praça da Liberdade, 21, Bairro Funcionários, BH.

Texto: Thaline Araújo

Foto: Andressa Silva

SIMILAR ARTICLES

NO COMMENTS

Leave a Reply