Brinquedos e Brincadeiras encantam crianças na Biblioteca Pública

Brinquedos e Brincadeiras encantam crianças na Biblioteca Pública

0 1984

Em comemoração aos 35 anos de brinquedos e brincadeiras pedagógicas, a exposição de Rodrigo Libânio, e sua esposa Michela Van Doornik, encanta crianças, jovens e adultos na Galeria da Biblioteca Pública Estadual Luis de dsc_0922Bessa. Pela primeira vez em Belo Horizonte, a exposição é parte do projeto “Voluntários Brincantes” e busca incentivar as crianças a construírem seus próprios brinquedos, além de reforçar a idéia de sustentabilidade e reciclagem

Tudo começou em uma viagem de Libânio à Europa. De volta ao Brasil, o brincante encontrou nos brinquedos uma maneira de ganhar dinheiro e divertir as crianças. “Comecei a fazer brinquedos para vender na feira na Praça da Liberdade. Eu o virava de um lado para o outro e sem querer foram nascendo formas e fui vendendo e contando histórias, para cantar e encantar as crianças”, conta, referindo-se a um brinquedo feito de pedaços de madeira e fita, que, de acordo com o manuseio, transforma-se em várias figuras.

O projeto já andou por várias cidades e países e, de acordo com Libânio, todos os brinquedos que constituem a exposição foram criados por ele e construídos com a ajuda de voluntários do projeto. “A gente reúne mais de 200 jogos e, nas oficinas, ainda ensina a fazer. Já viajamos por toda Cuba, nos receberam muito bem por lá. E eles até perguntam como a gente é aproveitado no nosso país”, relata. Os voluntários do projeto variam entre jovens de 16 até senhoras de 80 anos, sendo, em sua maioria, universitários que se interessam pelo projeto, independente do curso que fazem.

dsc_0918

Libanio dia, ainda, que foi um dos primeiros brincantes de Belo Horizonte. “Dizem que fui o primeiro depois dos mágicos. Belo Horizonte não tinha nenhum brincante. E aí eu fui aprendendo a brincar brincando com as crianças”, conclui.

A exposição fica na galeria da Biblioteca Pública Estadual Luis de Bessa até a próxima sexta-feira, dia 8. A biblioteca fica na Praça da Liberdade, 21, Funcionários.

Texto e imagens: Débora Gomes

Repórter e edição: João Marcelo Siqueira

NO COMMENTS

Leave a Reply