Beleza

0 58

Por KEV

Neste fim de semana, Belo Horizonte celebrou a moda mineira no Espaço Cultural da Escola de Design (ECED) da UEMG, localizado na Praça da Liberdade, um epicentro vibrante e significativamente significativo.

Mostrando que Minas faz moda, confira os destaques dos novos e emergentes talentos do estado, que trouxeram coleções surpreendentes para a passarela, fugindo do convencional.

Manuart

A marca mineira Manuart apresentou sua mais recente coleção 2024 ‘O Mar’ nessa sexta-feira (1), no MCM. A proposta da coleção é trazer o crochê adequado para o verão, em uma fusão harmônica e divertida.

Elementos do mar, como conchas e franjas, são transformados em moda autoral, trazendo uma aura de sensualidade aos vestidos, saias, biquínis e conjuntos apresentados na passarela. Estes foram desenhados em tons de azul, laranja, coral e off-white, com acabamentos belíssimos.

Desfile Manuart. Foto: Matheus Barcelos.

Os óculos e acessórios foram verdadeiros destaques com o match perfeito de Aldo Clécius Acessórios. Brincos dourados em formato de conchas e óculos divertidos complementaram os looks.

O desfile da marca contou com a participação da cantora Mac Júlia, que trouxe à tona o que já pensou sobre crochê: ele está mais vivo do que nunca e agora, colorido e sexy!

Designer Manu Bombom Toa Toa e cantora Mac Júlia. Foto: Matheus Barcelos.
Pedro

A marca bela-horizontina Pierro, do designer Lucas Pietro, apresentou no sábado (2), o lado obscuro e deslumbrante da cultura clubber durante sua passagem pela passarela do MCM.

A fusão entre fotografia e tecido é uma marca registrada de Pierro, estabelecendo uma conexão entre arte, moda, sustentabilidade e experiência.

Calças, saias, espartilhos, camisas sociais e uma profusão de luvas e sobreposições, em tons de preto, branco, azul e vermelho, com colocadas o que a Pierro trouxe por meio de sua moda nada convencional. As peças fazem parte de sua coleção de Verão.

Modelos para Pierro. Foto: KEV.
Pierro no MCM. Foto: KEV.

Assim como a Manuart, a marca também apresentou um elenco especial, contando com a participação do artista e DJ Amerikana, que protagonizou um espetáculo à parte com sua dança vogue.

Belício

Sustentabilidade e elegância foram os pontos-chave apresentados por Belicio, de Érik Belicio, durante o desfile do MCM também no sábado (2).

A coleção autoral exibe tons em azul claro, rosa pêssego, bege, branco e estampas de bengaline xadrez listrado. Esses elementos se uniram no mood ‘business’, como vestidos em corte V, blazers confeccionados com tecidos de alto padrão e calças de alfaiataria coloridas.

Belício no MCM. Foto: Instagram Beliciobrand.

O impacto dessa coleção? Fundir o básico com atitude, em uma mistura de moda pós-moderna.

Do início ao fim, uma coleção por si só surpreendeu todos(as) os(as) presentes no desfile.

Sobre o MCM

A Moda Contemporânea Mineira é um festival efervescente, que desde 2017 vem tecendo conexões únicas entre criadores de moda jovem, diversa, inclusiva e sustentável em Belo Horizonte. “A ideia é colocarmos novos nomes no mercado, que considerem conta da moda mineira. Não se trata apenas do segmento de Moda Festa, para o que a maioria de nós, criadores, acaba indo. Trata-se, sim, de uma moda diversa, aberta e democrática para todas as pessoas, criada por novos rostos”, afirma Aldo Clécius, organizador do evento.

Durante dois dias, 1 e 2 de dezembro, das 10h às 22h, no Espaço Cultural da Escola de Design (ECED) da UEMG, na Praça da Liberdade, o evento reuniu 10 desfiles de marcas novas e emergentes, além de ter contado com a presença de mais de 15 expositores. Ele também impulsionou a produção local por meio de feiras, palestras, workshops e shows.

0 169

Por KEV

Sempre levanto a bandeira de que estilo é sobre ser, num movimento lindo e interno que parte do seu eu e se externaliza. Mas preciso te dizer a verdade: ser, hoje, é também ter em algum nível.

Não digo ter marcas caras e de renome por aí, mas algo que você representa, que você possa chamar de seu. Aquilo que você serve, traz conforto e, de certa forma, funciona.

O discurso medíocre de que só o “ser” importa (re)afirmar e validar a falta de acesso que muita gente passa na moda.

Sim.

Se para você condenar a Shein é mais importante que entenda o acesso que ela traz às pessoas, e não digo só ao financeiro, mas de tamanhos, modelagens, opções. Você claramente não entende nada de moda.

Não me confunda! A conversa não é sobre inocentar a marca em aspectos de produção e mão de obra problemática, mas expor o fato de que, hoje, ela é uma referência no quesito compra de várias populações latinas. Isso, devido, claro, ao preço “acessível” e ao poder de compra, agora, com a ajuda da marca, dadas essas pessoas.

Ou seja: não dá mais pra falar sobre o “ser” sem o considerar o “ter”. A gente precisa discutir esses acessos, sobre quem pode ter muito, quem tem que se virar com o pouco, quem se faz chique com nada e quem não é lido como estiloso de jeito nenhum.

“O chique é ser”, muitas vezes, só é chique mesmo quando você já tem muito — por isso o papo sobre “tenha menos coisas” precisa sempre sair da bolha de quem sempre teve tudo.

Ter acesso à roupa é importante, e ter menos só é legal por escolha.

0 129

Por Lais Bernardes

Samara Merrighi media conversa entre especialistas e grandes nomes da moda atual durante live que aconteceu dia 24/10 no salão de negócios.

“Moda com base na percepção e necessidade dos consumidores” foi uma das falas do Pier Paolo, sócio fundador da Teceo. Vislumbrando um futuro com o cliente no centro da moda e usando as inovações do mercado para auxiliar nesse objetivo. “Há uma necessidade de se adaptar ao consumidor e as novas tecnologias” completa Tereza Horn, representante da 221 consultoria e Fashion Hub iniciativa pioneira no Brasil de inovação que une startups e grandes empresas da moda para cumprir metas de desenvolvimento e sustentabilidade.

Palestrantes durante o evento. Foto: Ana Jardim.

Os convidados da live “Fashion de inovação” que aconteceu na última terça-feira (24/10), na 27ª edição do Minas Trend, discutiram a importância das novas tecnologias no cenário atual da moda. “Entender seu produto, entender a procura do seu cliente e usar as ferramentas para se adaptar” foi o que falou a Nágila Gonçalves, MKT Isla, durante a conversa dando seguimento no assunto. Todos concordaram que o conhecemos como ‘fast fashion’, expressão que se refere a moda rápida e descartável, é uma realidade recente devido a aceleração geral da sociedade. “Inovação, sustentabilidade e fast fashion são setores que tentam encontrar um caminho comum” disse o Pedro Ivo, sócio e Diretor da Dito (empresa de tecnologia líder em CRM para varejo no Brasil).

Palestrantes durante o evento. Foto: Ana Jardim.

Para os especialistas é essencial usar as inovações do mercado no combate do desperdício no mundo da moda, e junto com isso colocar o consumidor consciente como objetivo para as marcas. “As pessoas não compram produtos, compram a melhor versão de si mesmo” foi com esse pensamento que o Pedro encerrou a conversa, trazendo a reflexão de que quanto mais as empresas procurarem conhecer o seu cliente e oferecer soluções inteligentes para problemas atuais, maior e melhor será o retorno delas e para que isso aconteça seu maior aliado deve ser a inovação.

Palestrantes durante o evento. Foto: Ana Jardim.

Por Júlia Garcia

O fim de semana em Belo Horizonte está repleto de eventos para todos os gostos. Confira hoje a agenda que o Contramão separou para você curtir o final de semana.

Sexta

Para iniciar a agenda, você que adora uma comédia, poderá curtir o espetáculo Desesperados, que acontece hoje. A atração, que gira em torno de três personagens principais, aborda temas socialmente importantes, como ansiedade, depressão e solidão. E a comédia acontecerá no Teatro Marília, a partir das 20h. Para garantir seu ingresso, basta acessar o Sympla, site ou aplicativo.

Sábado

No sábado, a cantora Ana Carolina desembarca em Belo Horizonte, com a  TURNÊ  “ANA CANTA CÁSSIA – ESTRANHO SERIA SE EU NÃO ME APAIXONASSE POR VOCÊ”. A turnê é um espetáculo emocionante e conta com repertório cheio de sucessos como, “Malandragem”, “Segundo Sol”, “All Star”, “Girassol”, entre muitas outras. Após passar por diversas cidades no Brasil e no mundo, a cantora Ana Carolina se apresenta no Arena Hall, a partir das 20h. Os ingressos estão disponíveis na bilheteria do Arena Hall e pelo site Sympla.

Ainda neste sábado, os amantes de pagode poderão se preparar para o Churrasquinho Menos é Mais BH. Formado em 2017, o Menos é Mais é composto por Duzão, Gustavo Góes, Jorge Farias, Paulinho Félix e Ramon Alvarenga. O grupo ganhou notoriedade por regravar faixas antigas de sucesso de outros cantores. O Churrasquinho, que reunirá o grupo e outros convidados, acontecerá na UniBH Campus Buritis, a partir das 14h. Os ingressos podem ser garantidos através do site Ingresse.com.

Domingo

E no domingo pode separar sua fantasia de HALLOWEEN, para a The Choice Belo Horizonte. Serão muitas diversões com um toque assustador. Shows com DJ WS DA IGREJINHA, DJ GORDÃO DO PC, SACI, SIDOKA e DJS PETTRUS. Ah, e o traje é super obrigatório hein?! Precisa ser da cor PRETA ou ir FANTASIADO com tema Halloween. Preparados para uma tarde de sonhos e pesadelos? A The Choice acontecerá no Clube Labareda, a partir das 15h. Os ingressos estão disponíveis no Sympla.

Estilista André Antunes assina a coleção que irá vestir as Entrelaçadas

O MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal, recebe no dia 05 de outubro, o desfile das Entrelaçadas, grupo de apoio de pacientes de câncer de mama do Mário Penna. O evento celebra a força e a beleza feminina e convoca a todos se envolverem na promoção da prevenção e diagnóstico precoce. O evento será realizado entre 18h e 21h, em formato gratuito e aberto ao público.

Tradicional campanha do Instituto Mário Penna, a ação integra o Outubro Rosa da instituição, cujo tema desse ano é “Quem se importa, se envolve”. A edição ganhou um reforço ao firmar parceria com o curso de Moda da Una, sendo os alunos responsáveis pela produção do desfile e todo backstage.

Já o estilista André Antunes, que possui uma rede de ateliês em Belo Horizonte, Itaúna e São Paulo, assina a coleção de vestidos que as pacientes usarão no dia do desfile, que terá como foco metais e pedras preciosas – proposta que dialoga com o acervo do MM Gerdau. “Estamos preparando uma coleção linda para vestir as pacientes/modelos. O público pode esperar muito brilho, vestidos de pedraria, capa, tudo combinando com a temática de metais e pedras preciosas. Tenho certeza que as modelos darão um show na passarela e, o mais importante, vamos celebrar a força feminina e chamar atenção para a prevenção e o diagnóstico precoce do câncer de mama. É um evento completo e sem dúvida teremos muita beleza, emoção e histórias de superação”, afirma.

Por Júlia Garcia

O fim de semana em Belo Horizonte está repleto de eventos para todos os gostos. Confira hoje a agenda que o Contramão separou para você curtir o final de semana.

Sexta

Para iniciar a agenda desta semana, nesta sexta-feira, o cantor Toquinho celebra seus 55 anos de carreira em um grande show. O músico, compositor e intérprete, estará acompanhado pela cantora Camilla Faustino, baixo e bateria. O espetáculo homenageará grandes influências e destacará parcerias. O show será realizado no Palácio das Artes, a partir das 21h. Os ingressos estão disponíveis no Eventim. Mas corre, já está acabando. 

E Santa Luzia recebe o 1º Festival de Stand-Up Comedy, que inicia hoje e vai até domingo. Pela primeira vez na cidade, o público poderá curtir três noites incríveis voltadas exclusivamente para o Stand Up Comedy. O elenco do evento é composto por grandes comediantes que integram a cena mineira. E hoje quem se apresenta são os comediantes Joel de Carvalho, Bruno Costoli e João Basílio. O Festival acontece no Teatro Municipal Antônio Roberto de Almeida, a partir das 21h. Os ingressos estão disponíveis no Sympla.

 

Sábado

Sábadou com previsão de 33° em BH. E o calor pede um evento que reúne música, bebidas e boa localização. Então pode separar seu look preferido, para curtir o Super Baile da Land. E nesta edição inédita e super limitada, preparou um line-up com grandes nomes do Trap, Hip Hop e Funk nacional. Isso mesmo! Shows com Matuê, L7nnon, Filipe Ret, Papatinho, Dj Kingdom, Lucas Beat e muito mais. E além dos artistas, o Baile da Land conta com uma Cenografia e produção diferenciada. ‘Tá’ preparado? O evento acontece no Mirante Beagá, a partir das 16h e os ingressos estão disponíveis no Ingresse.com.
 

Ainda neste sábado, Belo Horizonte vai receber a cantora de rap, Flora Matos. A artista, que é dona de diversos hits, desembarca na capital mineira, para agitar o público. Além dela, a Dj Famynta e Mangaia, também se apresentarão. O show acontecerá na A Autêntica, a partir das 21h. E para garantir seu ingresso, basta acessar o site autentica.byinti.com

 

Domingo

Para fechar nossa agenda e encerrar o final de semana, no domingo você poderá curtir o Festival Viva Brasil. O evento promete uma experiência única em uma jornada na história da música brasileira. Em formato mais intimista e com ingressos limitados, quem se apresenta são os cantores: Maria Bethânia, Jorge Ben Jor, Gilsons & Gilberto Gil e Natiruts & Iza. Os artistas farão quatro shows icônicos, em apenas um grande palco. Além da música, o Viva Brasil oferecerá uma explosão de sensações em sua Villa Gastronômica. O Festival acontece no Mirante Beagá, a partir das 13h. Os ingressos estão disponíveis no site GlobalTickets.