CCBB

Muita música, arte, cultura e gastronomia invadem o Circuito Cultural da Praça da Liberdade neste fim de semana, com o “Rock no Circuito”. Evento que promete discutir e difundir a música boa com quem entende e faz um som de qualidade.

Os museus e as bibliotecas que circundam a Praça vão receber nestes dois dias de evento muito Rock. O Circuito começa neste sábado, às 10h, conta com workshops, palestras, debates, oficinas e é claro, shows no melhor estilo musical. Os objetivos dos idealizadores é expandir o universo do rock na capital mineira para além das casas noturnas.

Na progrmação de sábado destacamos o workshop “Faça como Lenin: aprenda a fazer um Theremin” com Carou Araújo, no Memorial Minas Gerais Vale, às 10h, e o Debate “Café Controverso: Como fazer, produzir e viver de Rock em BH”, no Espaço do Conhecimento UFMG, a partir das 11h, com Thiakov e Marcelo Dolabela. Show com a banda Fusile, a partir das 20h30, na Biblioteca Luiz de Bessa.

Durante todo o domingo,  a Alameda recebe uma mostra com instrumentos musicais, discos, camisetas e livros todos inspirados no estilo musical. O evento também oferecerá opções de bar e alimentação oferecendo opções dos cardápios das casas que compõem o Circuito do Rock.

Texto: João Alves
Foto: Divulgação

O Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) traz para Belo Horizonte entre 30 de abril a 5 de maio o Fórum Shakespeare. Em comemoração dos 450 anos de nascimento do poeta e dramaturgo William Shakespeare, o Centro Cultural está preparando uma programação gratuita que reúne oficinas, debates, palestras e exposições abertas para o público e voltados para atores, diretores e professores.

Grandes nomes da academia nacional e internacional marcam presença no Fórum, para repensar o dramaturgo sobre a ótica da realidade brasileira e analisando o por que que a obra de Shakespeare ainda é tão atual. Atores e diretores da Royal Shakespeare Company (RSC), uma das mais influentes companhias teatrais do mundo, e professores da Queen Mary University of London (QMUL), considerada em 2013 a mais importante universidade britânica em Artes Dramáticas, irão participar das palestras, oficinas e masterclass. Na programação, a fotógrafa Ellie Kurttz apresenta uma exposição com montagens de Shakespeare nos palcos das maiores companhias teatrais do Reino Unido.

A atriz, diretora e escritora do The Instant Café Theatre Company (Malásia),  Jo Kukathas, traz a oficina “Shakespeare, xamã e mágico”, que irá explorar o mundo revirado dos loucos e sábios de Shakespeare, dos tolos que falam a verdade desafiando o poder e, dos homens e mulheres que vivem à beira da loucura. Já a professora e mestre em encenação de Shakespeare do Royal Shakespeare Company (Reino Unido), Helen Leblique, traz a oficina “Shakespeare, Shakespeare, o mundo é um palco” que busca revelar as dicas de perfomaces que dramaturgo dá aos atores em seus textos. Através de exercícios simples, porém extremamente eficazes, os participantes poderão experimentar as palavras do autor de maneira visceral, descobrindo como se conectar a intimamente com os pensamentos e sentimentos dos personagens que interpreta.

Mais informações: https://culturabancodobrasil.com.br/portal/belo-horizonte/

Por: Lívia Tostes

Foto: Divulgação

O Brasil imprime diferentes culturas e mesmo com tanta diversidade, uma pesquisa constatou que 85% dos brasileiros não frequentam programas culturais durante a semana, especialmente em feriados prolongados.

A pesquisa realizada pelo o Sesc em parceria com a Fundação Perseu Abramo em 25 Estados brasileiros, entre os meses de agosto e setembro de 2013, com 2.400 entrevistados, verificou que 51% dos entrevistados não fazem nenhuma atividade cultural aos fins de semana, sendo que 71% nunca foram as exposições de pintura, escultura ou outras artes.

Em Belo horizonte, matéria do CONTRAMÃO constatou que o público desconhece o Circuito Cultural Praça da Liberdade, que possui 11 espaços culturais com diversas programações gratuitas.

Durante o recesso da Semana Santa e o feriado de Tiradentes, os mineiros poderão desfrutar de varias opções culturais.

Exposições:

Minas território da Arte

Palácio das Artes
Grande Galeria Alberto da Veiga Guignard – Entrada Franca
 

Dandara

Palácio das Artes
Espaço Mari’Stella Tristão – Entrada Franca
 

Um Olhar sobre o Brasil

Centro Cultural Banco do Brasil
3º andar – Entrada Franca
 
Amostra de Cinema:
Ingmar Bergman – Instante e Eternidade
Palácio das Artes
Cine Humberto Mauro – Entrada Franca 
 
Teatro:
Contrações
Centro Cultural Banco do Brasil
  R$10 (inteira) e R$5 (meia-entrada). 
Horários: sextas, às 20h; sábados e domingos, às 19h (excepcionalmente no dia 18/04 não haverá apresentação. Sendo assim, o grupo fará duas apresentações no dia 20/04, às 17h e às 19h). Classificação 14 anos.
 
Para mais informações, acesse www.circuitoculturalliberdade.com.br
 
Por: João Alves
Foto: Contramão

A exposição “Elles: mulheres artistas na coleção do Centro Pompidou” entrou em cartaz para o público no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), inaugurado esta semana, com a presença da presidente Dilma Roussef. A mostra de pinturas reúne apenas obras de pintoras, cercadas de vídeo-instalações que abordam diferentes momentos do olhar feminista sobre suas vidas. O prédio possui seis andares e a exposição encontra-se nos três primeiros, começando no terceiro andar, onde encontram-se quadros e curtas espalhados entre várias galerias. O segundo andar possui duas salas de vídeo e o primeiro, uma. Há ainda, nesse andar, um painel com um conjunto de sete bottons criados pela artista Agnès Thurnauer.

As galerias do terceiro andar, que hospedam os curtas-metragens, contam com um limite entre 30 e 44 pessoas. No último corredor do andar há galerias com a indicação para maiores de 18 anos e avisos que alertam sobre conteúdo de sexual, nudez e violência. As salas do segundo e primeiro andar comportam até 190 visitantes. Elles pode ser visitada de até o dia 21 de outubro.

Para setembro o CCBB fará uma homenagem aos 90 anos do escritor mineiro, Fernando Sabino, trata-se de uma mostra multimídia que será exibida a partir do dia  17 de setembro até 4 de novembro. Para mais  informações acesse a fanpage do Centro Cultural Banco do Brasil.

Por Juliana Costa

Foto João Alves