Dança

Programação de final de semana pra você e seus amigos.

SHOWS EM BELO HORIZONTE 

  • Savassi Festival

Período de 24/06/2016 a 04/07/2016

Local: Savassi

Endereço:  Praça da Savassi, 1 – Savassi Belo Horizonte/MG

  • Festival Sensacional 

Dia 25/06 – 19h00

Local: Parque Municipal

Endereço: Avenida Afonso Pena- até 654- lado par, 0 – Centro Belo Horizonte/MG

  • Sorriso Maroto

Dia 25/06 – 22h00

Local: BH Hall

Endereço: Avenida Nossa Senhora do Carmo, 230 – Savassi Belo Horizonte/MG

  • Arraial de Bêlo 

Período de 24/06/2016 a 12/08/2016

Local: Praça da estação

Endereço: Praça Rui Barbosa, 0 – Centro Belo Horizonte/MG

24 de junho, sexta: João Bosco e Vinicius
25 de junho, sábado: Bonde do Forró
26 de junho, domingo: Chitãozinho e Xororó

PROGRAMAÇÃO CINEMA EM BELO HORIZONTE,

  • A mostra Quentin Tarantino- O maestro do caos 

Período de 16/06/2016 a 30/06/2016

Local: Cine Humberto Mauro

Endereço: Av. Afonso pena, 1537- Centro, Belo Horizonte- MG

 

Por Laís Brina

Foto Divulgação

Foto: Yuran Khan

SÁBADO 11/06

Circuito Cultural Hip Hop

Centro Cultural Padre Eustáquio

Das 14:00 as 20:00

Entrada Franca

3ª Edição da Feira Singular

Rua Grão Mogol, 662 – Sion

Das 10:00 as 18:00

Entrada Franca

Feira Experimente – Cerveja e Gastronomia

Praça dos Quatro Elementos, s/n – Jardim Canadá

11:00

Entrada Franca

Food Bike – Especial Dia Dos Namorados

Shopping Cidade

Das 11:00 as 21:00

Entrada Franca

Show: Gal Costa

Palácio das Artes (Av. Afonso Pena, 1537 – Centro)

21:00

R$ 180,00

Noite Tai – Jantar de Amor

Benfeitoria (Rua Sapucaí, 153, 30150-050 Belo Horizonte, Brazil)

Das 19:00 as 01:00

R$ 110,00 por casal (menu completo + jarra de vinho)

DOMINGO 12/06

Domingos Clássicos

Sesc Palladium (Av. Augusto de Lima, 420 – Centro)

As 11:00

R$ 5

Shows Feira do Mineirinho

Avenida Antônio Abrahão Caram, 1000 – São Luís

As 11:00

Entrada Franca

Forro dos Solteiros

Observatório Bar (Rua Senador Milton Campos, 230 – Vila da Serra)

As 19:00

R$ 25

Teatro: Don Chicote e sua amiga Balança a Pança

Teatro Marília (Av. Alfredo Balena, 586 – Santa Efigênia)

As 16:00

R$ 20 (inteira)

R$ 10 (meia-entrada)

Jam Sassion

Jângal (Rua Outono, 523 – Cruzeiro)

As 15:00

R$ 15
Por Yuran Khan

SEXTA-FEIRA

BAIXO

10690278_799539420084540_5718458655744988201_n

Para quem curti música, cultura e diversão uma das opções diferentes de BH é o Baixo. O local recebe semanalmente uma programação variada com estilos diferentes e muitas opções de estilo.Nesta sexta a diversão ficou por conta dos anos  90, com :

Dig Dig Dig – A Festa dos Anos 90

DJs Balzaquianos Ras Fael, Thiagão Costa e Yuga celebram os anos 90

Data: 06/05/2016  | 22h às 5h

Endereço:  Rua Aarão Reis, 554 – Centro Belo Horizonte/MG

Música Itinerante apresenta o espetáculo NEGR.A

Música Itinerante apresenta o espetáculo NEGR

Foto: Divulgação

Na sexta-feira, dia 6 de maio, o Cine Theatro Brasil Vallourec (Rua dos Carijós, 258 – Centro) promove o projeto Música Itinerante, com apresentação do espetáculo NEGR.A, às 21h.

O projeto “Música itinerante” é leva ao público, shows intimistas e de qualidade, espetáculos teatrais com uma programação diversificada de gêneros e ritmos musicais, em vários locais de fácil acesso e bem estruturados da cidade.

NEGR.A – Coletivo de Negras Autoras

É formado por cinco artistas e uma produtora – mulheres, negras que já possuem uma potente atuação na cena teatral e musical de Belo Horizonte: Elisa de Sena, Eneida Baraúna, Manu Ranilha, Nath Rodrigues e Aline Vila Real.

PREÇO MÉDIO : R$ 30,00 – Inteira | R$ 15,00 – Meia

SÁBADO

13118942_1551539838480205_7182685908113996171_n

Foto: Divulgação

INVISÍVEL COTIDIANO, é uma videoinstalação que aborda a liberdade e o aprisionamento da vida na metrópole. Concebida pela cineasta Maria de Fátima Augusto, investiga o mundo diário – das praças, lagoas e parques da cidade – que abrigam pássaros que se tornaram invisíveis ao olhar do homem contemporâneo. Criando uma analogia entre a nossa vida e a das aves de Belo Horizonte, a obra estimula-nos a refletir sobre o nosso território e nossa “ocupação” da cidade.

Data: 07/05/16 ( 18:00 – 20:00 )

Local: Casa Do Baile – Av. Otacílio Negrão de Lima, 751 – Pampulha, 31365-450 Belo Horizonte

CRIOLO

CRIOLO

Foto: Divulgação

O cantor Criolo é uma das atrações do LUAU, que aconte no dia 7 de maio, no Bar do Marcinho. O músico apresenta a turnê “Ainda Há Tempo”.

O paulista Kleber Cavalcante Gomes conhecido como Criolo é o criador da Rinha dos MCs. Entre suas músicas de destaque está “Não existe amor em SP”. No LUAU, músico vai relembraro seu primeiro álbum, voltado para o formato clássico do hip-hop, agora acompanhado pelos DJs DanDan e Marco.

Data: 07/05/16 a partir das 20h00

Local: Bar do Marcinho

Endereço: Rua Gorduras, 0 – Macacos Belo Horizonte/MG

Valor: R$40

Parede Meia Lança CD “Sete”

parede meia

Foto: Divulgação

A banda mineira de MPB Parede Meia lança, no sábado, dia 7 de maio, a partir das 18h, no The Plant o EP “Sete”, projeto que nasceu do incentivo de amigos e do público, após apresentação do show “Juntos”, realizada no teatro do ISTA, ainda em novembro de 2014.

Data: 07/05/2016  Sab | 18:00

Endereço: Rua Grão Mogol, 662, Sion, Belo Horizonte

Minas Gerais Audiovisual Expo (MAX)

12508728_665423813561238_966417813036271171_n

Foto: Gael Benítez

Neste fim de semana ocorre o Minas Gerais Audiovisual Expo, na Serraria Souza Pinto (Av. Assis Chateubriand, 809 – Centro) e no Museu de Artes e Ofícios (Praça Rui Barbosa, 600, Centro). Com rodadas de negócios, palestras, mostras de filmes e exposição, iniciativa do Governo de Minas Gerais e da Codemig pretende consolidar a indústria criativa do audiovisual mineiro.

Paralela à rodada de negócios, a Serraria Souza Pinto receberá uma mostra com o que de mais novo está sendo produzido no setor audiovisual mineiro. Em uma sala de cinema montada especialmente para o evento, serão exibidos gratuitamente curtas, longas-metragens e até obras em primeiro corte (sem o formato definitivo). A curadoria, assinada por Adyr Assumpção, prevê a programação dividida em cinco formatos: animação, publicidade, televisão, cinema e games. Já no Museu de Artes e Ofícios, será montada uma exposição inédita que contará a história do cinema em MinasGerais, com curadoria de Fabíola Moulin e Marconi Drummond.

Endereço: Av. Assis Chateaubriand, 809 – Centro

Preço: Entrada Franca

BAIXO

13177578_1075285429176603_7686820826406682835_n

Foto: Divulgação

O Baile do Queixinho é um desdobramento da Escola de Samba de Rua Unidos do Samba Queixinho Underground Baticum. Só que o Baile também conta com vocais, guitarra e baixo e a escola de samba é formada apenas pela bateria. O repertório tem samba, ijexá, rock, soul, mpb, funk e até metal.

Data: 07/05/2016  | 22h às 5h

Endereço:  Rua Aarão Reis, 554 – Centro Belo Horizonte/MG

 

DOMINGO

PARQUE CONCERTO

No dia 8 de maio, domingo, o Parque Municipal Américo Renné Gianetti recebe a Série Concertos no Parque.

A edição é em especial ao dia das mães, a partir das 10h, com entrada franca.

A Orquestra Sinfônica e o Coral Lírico de Minas Gerais, sob regência de Silvio Viegas, se reúnem a renomados solistas nacionais e internacionais para encantar o público com trechos da ópera Romeu e Julieta, de Charles-François Gounod, inspirada na obra de William Shakespeare.

Duração de 1h

ENDEREÇO : Av. Afonso Pena, 1377 – Centro

DATA : 08/05/2016 Dom | 10:00

Por Amanda Aparecida

Foto de capa: Yuran Khan

Quarteirão do Soul completou no último dia 30, 12 anos de muita música e dança. O grupo que surgiu de uma iniciativa entre amigos em 2004, tem como grande apoiador e incentivador Geraldo Antônio dos Santos, que leva caixas de som para a rua para ele e os amigos dançarem.

“É um remedinho de pressão, porque você passa a semana toda naquela afobação. E quando chega no sábado e você sabe que vai ter o quarteirão do soul, ou outro evento que representa a black music, é uma nostalgia, uma adrenalina que é difícil de explicar porque é só na hora”, conta Mônica Átila de Oliveira, participante do encontro.

Com o objetivo de promover a arte da cultura negra em Belo Horizonte, o grupo cumpre muito bem. Deixando a impressão de que estamos viajando no túnel do tempo, o Quarteirão cumpre seu papel ao som do bom e velho soul das décadas de 60 e 70.

“É igual sangue na veia que vai subindo. Ali você não tem dor, não tem problema, é uma energia que te envolve e você acaba esquecendo-se dos problemas. A gente se sente bem e acaba tendo aquela energia, convívio bom que torna o pessoal aqui família”., revela Oliveira.

Os frequentadores dessa celebração da dança e da música são personagens a parte, munidos de seus melhores figurinos eles passam a ideia do que era exatamente aquela época, como conta Antônio Carlos dos Santos, o Caca, “A roupa, ela é nossa arma, nossa força. Ela nos transforma. Sem ela a gente fica faltando um pedaço”.

Fazendo valer o legado de grandes nomes da Black Music como James Brown, Aretha Franklin, Ray Charles, Stevie Wonder, Diana Ross, entre outros, os frequentadores oferece o que há de melhor no que diz respeito à diversão e imersão nesse universo.

“A dança para mim é meu legado, o quarteirão é minha academia e aqui que eu encontro meus amigos, e é aqui que eu faço amigos. Comecei a dançar aos 14 anos e minha vida tem sido isso, o meu legado é a dança.”, disse Caca ao som de James Brown.

Vale lembrar que o evento é aberto ao público, com convite válido para todos aqueles que conhecem ou gostariam de conhecer essa parte da história da música e da dança. Pois muito do que temos hoje nasceu naquela época e é bom lembrar que “sempre devemos respeitar os clássicos”. Para os que amam Black Music, o evento ocorre aos sábados e não tem local fixo, migrando pelos espaços do centro, já teve como palco: a Rua Goitacazes, Praça 7 e Viaduto Santa Tereza, o Grupo toma conta da noite de Belo Horizonte.

 

Reportagem e fotos: Lucas D’Ambrósio
Texto: Ana Paula Tinoco