Luta Antimanicomial

Um banquinho, um violão e um caderno de cifras com as músicas dos Beatles, era assim que Lucas Barbosa,19 anos, ensaiava em um cantinho da Praça da Liberdade. Sob um sol forte, as notas afinadas de seu violão disputavam com o som dos carros, dos passarinhos e das crianças na Praça.
Barbosa conta que freqüenta a praça há cinco anos e que sempre toca violão no local. Ele estava aguardando um amigo para ensaiar as músicas dos Beatles, os dois pretendem montar uma banda couver dos Britânicos. O garoto conta que, apesar de não morar próximo a praça, já criou um vínculo com ela e por isso a escolhe como local para tocar violão. Ele acrescenta que ela também é de fácil acesso para ele e o amigo se encontrarem e ensaiar.dsc028082

Por: Natália Oliveira

Fotos: Débora Gomez

O Museu de Mineralogia Djalma Guimarães que funcionava no prédio conhecido como Rainha da Sucata desde 2000, funcionará agora no prédio da antiga Secretária de Educação devido ao Circuito Cultural da Praça da Liberdade. Ele se chamará Museu Minas e Metal. Segundo o vigia Geraldo José Mendonça o Museu de Mineralogia Djalma Guimarães fechou suas portas para visitação no dia 30 de dezembro de 2009.
De acordo com Vagner Ferreira supervisor da obra no prédio onde funcionava a Secretária de Educação o Museu dividirá espaço com um teatro, um cinema, um espaço educacional da Vale com a história da empresa e do Brasil e um espaço do Banco do Brasil com a história do banco. O prédio da Secretária de Educação ainda está em obras.

Por: Natália Oliveira

Foto: Débora Gomes

O Usiminas Belas Artes ficará fechado nos dias 24 e 31 de dezembro, véspera de natal e ano novo. Quem quiser assistir os filmes antes dos feriados pode aproveitar a sessão promocional que acontece até amanhã. As entradas para sessão de 14 horas do filme: “Do começo ao fim”, custam 4,00 R$ (preço único).  O longa nacional conta a história de dois irmãos muito próximos na infância que se apaixonam, tornam-se amantes e vivem uma história de amor.

Confira o Trailler do filme:

O cinema está promovendo ainda mais uma promoção, sessões com 50% de desconto na terças e quintas para quem entrar no site do Instituto Cultural Usiminas e imprimir a news enviada toda sexta.
Por: Natália Oliveira

Nesta tarde de quinta-feira o Coral do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (Ipsemg) fez apresentação aberta ao público no Ipsemg. O coral fundado há mais de dez anos é composto por funcionários do Instituto e está aberto para todos os servidores públicos de qualquer orgão estadual. Karina Haddad, maestrina, conta que a iniciativa partiu dos próprios servidores em parceria com o Sindicato dos Servidores do Ipsemg (Sisipsemg).

O repertório do coral é variado, com músicas clássicas, populares e natalinas. O grupo realiza sempre apresentações em datas festivas. Licia Teresinha de Souza, 66, aposentada, diz que foi convidada há mais de dois anos para participar e sente alegria em cantar. Ela convidou sua colega Margareth Leocádia, 53, que ingressou este ano. O coral entra de férias hoje e retorna suas atividades na primeira semana do mês de fevereiro. Os ensaios acontecem todas as quintas na Rua Gonçalves Dias, 37, das 13 às 15 horas.

Texto e foto: Camila Sol

Hoje,16 de dezembro, às 18 horas, o Coral do BDMG irá apresentar um concerto de natal, sob a regência do maestro Arnon Sávio Reis de Oliveira, na Basílica Nossa Senhora de Lourdes durante a Missa de Ação de Graças. o evento acontece as 18 horas na Rua da Bahia, 1596.

O Coral do BDMG é formado por funcionários do BDMG e convidados. Ele existe há 20 anos e interpreta música popular e erudita. Apresenta-se frequentemente em Belo Horizonte e já realizou vários concertos pelo Brasil e também no exterior.

Por: Natália Oliveira e Ana Paula P. Sandim
foto: Portal Uai

A Praça da liberdade não está de cara nova só por causa da iluminação de natal, ela ganhou também novas placas de conscientização,preservação e localização. As plaquinhas de não pise na grama, respeite os passarinhos e outras, foram substituidas por novas e as lixeiras foram reformadas.

A novidade é que a praça ganhou ainda placas que mostram a direção do Palácio do Governo, das fontes, do Edifício Niemeyer e outros pontos da Praça.  Algumas outras placas contam a história do local e uma indica a pista a cooper com 750 metros. Todas elas são nas cores verde e amarelo.

pict0205Por: Natália Oliveira