Teatro

Em sua estreia na Campanha de popularização Teatro e Dança, Nelio Souto chega em grande estilo. Como produtor e ator, ele enriquece o quadro de espetáculos do evento trazendo duas peças, uma adulta “As Casadas Solteiras” e uma infantil “Um Chorinho para Dona Baratinha”. E, nesse clima de cultura e arte, o Jornal Contramão conversou com o produtor e ator para conhecer melhor o processo por trás da produção.

Contramão: Como foi a preparação para a Campanha?

Nelio Souto: O espetáculo a princípio não tinha pretensão de entrar na campanha, mas o resultado ficou bom então tomamos essa decisão. Cumprimos uma temporada de quatro semanas ano passado e hoje chegamos então a esse que é um dos maiores, senão o maior em termo de público, evento ligado ao teatro do país.

Contramão: Sobre as peças, como foi desenvolve-las e como é vê-las em execução?

Nelio Souto: O processo de montagem é muito interessante, enriquecedor. Desde a escolha do texto, as primeiras leituras, os estudos, a divisão dos personagens. Tudo muito rico. Ensaiamos por três meses com dois encontros semanais, e essa folga de agenda permitiu ir acompanhando o processo e notando seu desenvolvimento a cada semana, a cada elemento que é acrescentado ao processo de criação, até que o produto final esteja pronto para ser apresentado ao público. Ver hoje esse espetáculo concluído, traduzido para libras e ainda com audiodescrição é muito gratificante. É ver um trabalho o qual você se empenhou, se dedicou… e de repente ele está pronto e passa a ter uma espécie de vida própria, como se não dependesse mais de você e agora fosse do público. É muito prazeroso para o ator saber que seu trabalho, que seu espetáculo está chegando às pessoas, tocando, comovendo, passando uma mensagem…

Contramão: O que podemos esperar do espetáculo desenvolvido por sua equipe?

Nelio Souto:  É um espetáculo clássico, escrito em 1845, uma comédia de época. Não é um besteirol, mas uma comédia que apresenta o humor nos detalhes, na crítica social de uma época, dos costumes e comportamentos da época. A diretora manteve o texto praticamente na íntegra o que dá ainda mais sabor ao espetáculo com relação à narrativa e às escolhas do autor. Acho que o público irá encontrar uma comédia engraçada e inteligente ao mesmo tempo e terá a oportunidade de reler no palco um autor clássico da nossa literatura.

Contramão: A resposta do público, como eles tem reagido? Mais pessoas estão indo ao teatro?

Nelio Souto: Pelo fato de o espetáculo não ter um apelo popular no ponto de vista de gênero, por ser considerado uma comédia mais, como costumam dizer, cabeça, o espetáculo acaba tendo um público mais curioso, de pessoas em busca de uma história, de um teatro menos óbvio, digamos. E também de um público que conhece o texto, o autor e vai ao teatro atraído pela beleza do contexto literário e teatral da montagem. Acho que é uma oportunidade para as pessoas diversificarem um pouco o que assistem. O teatro tem uma infinidade de possibilidades, narrativas, formatos… é importante que o público passe por várias possibilidades… senão ficamos sempre na comédia rasgada, no besteirol, elegendo apenas esse formato como teatro, o que não é uma verdade diante dos vários gêneros e estilos possíveis a uma montagem. Então acho que nosso espetáculo é um convite a visitar uma possibilidade de comédia que foge um pouco dos estereótipos atuais.

Contramão:  E para o ano que vem, já possui planos?

Nelio Souto: Esse ano circulo com um outro espetáculo… um infantil que inclusive também está na campanha, que é “Um chorinho para Dona Baratinha”, com um texto super legal que homenageia chorinhos clássicos de Ernesto Nazareth e Chiquinha Gonzaga. E também começamos a preparação para um novo espetáculo a partir de março. No mais é isso. Então fica aí o convite para nos assistirem e principalmente para nos ajudar a divulgar as sessões com libras e com audiodescrição.

Serviços:
As casadas solteiras, com direção de Rosanne von Sperling
De 25/01 à 05/02, quarta a sábado às 20h30 e domingo às 19h, no Teatro Santo Agostinho
Um chorinho para Dona Baratinha (Musical Infantil)
De 28/01 a 05/02, às 16h no Teatro Santo Agostinho
Para outras informações: (31) 3582-6665.
Ingressos nos postos Sinparc e através do site www.vaaoteatromg.com.br
Por Ana Paula Tinoco

 

Foto: Reprodução internet/ Peça Como sobreviver em festas e recepções com o Buffet escasso

Em sua 43ª edição, a Campanha de popularização Teatro e Dança começou no dia 5 de janeiro e esse ano sob o tema “A diversidade é nossa marca” traz uma programação variada que conta com 190 espetáculos, sendo 115 para o público adulto, 58 para o público infantil, 18 exibições de dança e entre eles 95 inéditos. Mas a novidade está no fato de que alguns dos espetáculos contam com tradução em libras e audiodescrição.

Considerada como uma das mais importantes manifestações artísticas de Belo Horizonte, a Campanha se tornou algo tradicional na vida da capital mineira. Promovida pelo Sindicato dos Produtores de Artes Cênicas de Minas Gerais (Sinparc), os espetáculos têm seus ingressos oferecidos a preços populares. Comprados pela internet ou em postos de venda os preços variam entre 5 a 15 reais, na bilheteria dos teatros os valores são colocados de acordo com a produção apresentada.

O evento que irá até o dia 19 de fevereiro tem como expectativa atrair cerca de 250 mil pessoas com base na iniciativa de proporcionar-lhes a oportunidade de irem ao teatro e assim prestigiarem os profissionais: “Isso faz parte da diversidade, que é a nossa marca. Por isso, a Campanha traz diversos gêneros em cartaz, como drama, comédia, farsa, tragédia e vários outros”, explica Rômulo Duque, presidente da Sinparc.

Incluídas no itinerário da ação Betim, Juiz de Fora e Nova Lima também contaram com apresentações. Para os interessados os ingressos que começaram a ser vendidos antes do início do evento ainda podem ser adquiridos pelo site www.vaaoteatromg.com.br ou pelo aplicativo do Sinparc ‘Vá ao Teatro MG’, disponível para download em tablets, smartphones e iphones.

Abaixo pontos de vendas:

Data: 5 de janeiro a 19 de fevereiro

Preço: R$ 5, R$ 8, R$ 10, R$ 12 e R$ 15 (preço nos postos de venda para peças adulto, infantil e dança).

Nas bilheterias dos teatros, os preços são diferentes, conforme cada estabelecimento.

Postos Fixos

As vendas de ingressos nos postos fixos estarão abertas a partir do dia 5 de janeiro. Confira os locais.

Posto Mercado das Flores

(Av. Afonso Pena, 1055 – esquina com Rua da Bahia)

Diariamente das 9h às 19h
| Funcionamento: 5 jan a 19 fev

Posto Shopping Cidade (Piso G)

(Rua Tupis, 337 – Centro)

Segunda a sábado das 10h às 19h, Domingos das 14h às 18h | Funcionamento: 5 jan a 19 fevereiro.

Posto Shopping Pátio Savassi (Piso L3)

(Av. do Contorno, 6.061 – Funcionários)

Segunda a sábado das 13h às 19h, domingos das 14h às 18h | Funcionamento: 5 jan a 19 fevereiro.

Posto Shopping Estação BH (1º Piso)

(Av. Cristiano Machado, 11.833 – Venda Nova)

Segunda a sábado das 13h às 19h, domingos das 14h às 18h | Funcionamento: 5 jan a 19 fevereiro.

Partage Shopping Betim (3º Piso)

(Rodovia Fernão Dias km 492, 601)

Segunda a sábado das 13h às 19h, domingos das 14h às 18h | Funcionamento: 5 jan a 19 fevereiro.

Posto Shopping Del Rey

(Av. Presidente Carlos Luz, 3001 – Pampulha)

Segunda a sábado das 13h às 19h, domingos das 14h às 18h | Funcionamento: 5 jan a 19 fevereiro.

Venda On-line e Aplicativos da Campanha

Outra forma de adquirir os ingressos é pelo site www.vaaoteatromg.com.br ou pelo aplicativo gratuito do Sinparc ‘Vá ao Teatro MG’, que está disponível para download em tablets, smarthphones e iPhones pelo link www.vaaoteatromg.com.br/mobile

O pagamento é feito por meio de cartão de débito bancário. A pessoa deverá retirar o ingresso na bilheteria do teatro 30 minutos antes do espetáculo. Os ingressos comprados pela internet terão acréscimo de uma taxa de conveniência, que varia de acordo com o valor e a quantidade comprada.

SERÃO ACEITOS VALE CULTURA E DOTZ

Nos Postos Sinparc, o ingresso pode ser pago com Dotz.

*Limitado a dois pares de ingressos por CPF, a cada dia.

DZ 1135 (1 ingresso)

DZ 2280 (2 ingressos)

DZ 4535 (4 ingressos)

Necessária a apresentação do Cartão Dotz e/ou CPF do titular e senha.

* O Vale Cultura na compra do ingresso é disponível somente no Posto de Venda do Mercado das Flores.

Para outras informações: Vá ao Teatro

Por Ana Paula Tinoco

Foto: Yuran Khan

12483690_963510283716175_784539027_n

Belo Horizonte é uma cidade marcada por pontos turísticos que vão desde as obras arquitetônicas de Oscar Niemeyer até as praças, parques e festivais. O ano de 2014, por exemplo, recebeu mais de 355 mil turistas durante a Copa do Mundo, segundo pesquisa da Secretaria de Estado de Turismo e Esportes, arrecadando de receita direta R$ 451 milhões. Além de grandes eventos, a capital mineira atualmente abriga um dos maiores carnavais de rua do país, reunindo 2 milhões de pessoas segundo a PM em 2016.

A estimativa realizada pela prefeitura de Belo Horizonte aponta que em 2020 a cidade receberá cerca de 5.442.980, 3.185.491 a mais de turistas que no ano de 2010.

12540241_963508783716325_1922915669_n

Pontos Turísticos

Muito dos pontos turísticos em Belo Horizonte, atualmente, são identificados com placas dos nomes, engenheiros e ano em que foram construídos, além de uma pequena história. Semáforos também foram alterados com novas máscaras para atrair a curiosidade dos turistas e divulgar museus, igrejas, dentre outros patrimônios. Além das construções históricas, a capital também atrai pessoas devido a sua culinária com circuito de restaurantes e bares.

Veja abaixo uma lista com atrativos turísticos destacados pela PBH como os mais visitados:

Atrativos Culturais

Palácio da Liberdade, Casa do Baile, Igreja São Francisco de Assis, Museu Histórico Abílio Barreto, Museu de História natural e Jardim Botânico, Museu de Arte da Pampulha, Mercado Central, Conservatório Mineiro de Música, Catedral Nossa Senhora da Boa Viagem, Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa, Casa Fiat da Cultura, Centro Cultural UFMG, Centro de Cultura de Belo Horizonte, Fundação Clóvis Salgado, Museu de Ciências Naturais, Museu das Telecomunicações, Museu de Artes e Ofícios, Museu Mineiro e Museu das Minas e dos Metais.

Realizações técnicas

Zoológico, Aquário e Planetário

Atrativos Naturais

Parque Ecológico da Pampulha, Parque Estadual da Baleia, Conjunto Paisagístico da serra do Curral, Parque das Mangabeiras e Parque Municipal Américo Renê Gianetti.

Eventos Permanentes

Expo-Cachaça, Axé Brasil, Casa Cor Minas, Campanha de Popularização do Teatro e da Dança, Festival Internacional da Dança (FID), Festival Internacional de Teatro de Bonecos, Festival Internacional de Teatro de Palco e Rua, Festival Internacional de Quadrinhos, Feira de Artes e Artesanato da Avenida Afonso Pena, Festival Gastronômico Brasil Sabor e Festival de Arte Negra.

 

 

Texto e fotos por Julia Guimarães

Foto: Yuran Khan

SÁBADO 11/06

Circuito Cultural Hip Hop

Centro Cultural Padre Eustáquio

Das 14:00 as 20:00

Entrada Franca

3ª Edição da Feira Singular

Rua Grão Mogol, 662 – Sion

Das 10:00 as 18:00

Entrada Franca

Feira Experimente – Cerveja e Gastronomia

Praça dos Quatro Elementos, s/n – Jardim Canadá

11:00

Entrada Franca

Food Bike – Especial Dia Dos Namorados

Shopping Cidade

Das 11:00 as 21:00

Entrada Franca

Show: Gal Costa

Palácio das Artes (Av. Afonso Pena, 1537 – Centro)

21:00

R$ 180,00

Noite Tai – Jantar de Amor

Benfeitoria (Rua Sapucaí, 153, 30150-050 Belo Horizonte, Brazil)

Das 19:00 as 01:00

R$ 110,00 por casal (menu completo + jarra de vinho)

DOMINGO 12/06

Domingos Clássicos

Sesc Palladium (Av. Augusto de Lima, 420 – Centro)

As 11:00

R$ 5

Shows Feira do Mineirinho

Avenida Antônio Abrahão Caram, 1000 – São Luís

As 11:00

Entrada Franca

Forro dos Solteiros

Observatório Bar (Rua Senador Milton Campos, 230 – Vila da Serra)

As 19:00

R$ 25

Teatro: Don Chicote e sua amiga Balança a Pança

Teatro Marília (Av. Alfredo Balena, 586 – Santa Efigênia)

As 16:00

R$ 20 (inteira)

R$ 10 (meia-entrada)

Jam Sassion

Jângal (Rua Outono, 523 – Cruzeiro)

As 15:00

R$ 15
Por Yuran Khan

0 557

SÁBADO 04/06

Quadrilha do Pixo!

Ocupação FUNARTE – Rua Januária, 68 – Centro

A partir das 14:30

Entrada Franca

Quentão – A Festa Junina do Baixo!

Baixo Centro Cultural – Rua Aarão Reis, 554, Belo Horizonte, Brazil

A partir das 23:00

R$ 15

Dia de Feira – Pé de Amora convida Débora Costa

Avenida Silva Lobo , s/n – Entre as ruas Coruripe e Canaan – Nova Granada

13:30

Entrada Franca

1ª Bike Beer

Av. Otacílio Negrão de Lima, s/nº – Pampulha

08:30

R$ 19

Teatro: Meu Passado Me Condena

Cine Theatro Brasil Vallourec (Rua dos Carijós, 258 – Centro)

18:00, 20:00 e 22:30

R$ 100,00 inteira

R$ 50,00 meia

Rota Junina da Floresta – Under

Rua Sapucaí, 153, 30150-050 Belo Horizonte, Brazil

Das 17:00 as 23:00

Entrada Franca

Feira Aproxima Praça Marília de Dirceu

Praça Marília de Dirceu

A partir das 10:00

Entrada Franca

 

DOMINGO 05/06

2ª Rua Junina Savassi Criativa

Rua Antônio de Albuquerque, s/nº – Savassi

Das 11:00 as 18:00

Entrada Franca

Bike e Fly – Bodytech

Rua Aloysio Leite Guimarães, 405 – Belvedere

Das 09:00 as 11:00

R$ 50

Encontro de Opalas e Carvans

Parque Lagoa do Nado – Rua Desembargador Lincoln Prates, 240 – Itapoã

Das 09:00 as 16:00

Entrada Franca

Exposição: O Democrático Carnaval de Belo Horizonte

Memorial Minas Gerais Vale (Praça da Liberdade, s/nº – Funcionários)

Das 10:00 as 15:30

Entrada Franca

Sarau do Memorial – duo de música brasileira Pé de Amora

Memorial Minas Gerais Vale (Praça da Liberdade, s/nº – Funcionários)

A partir das 11:30

Entrada Franca

Por Yaran Khan

Foto Rafael Barra

Foto: Yuran Khan

Guilherme Arantes

Guilherme Arantes

Foto: divulgação

Nessa sexta-feira, 04, o Grande Teatro do Palácio das Artes recebe o compositor e cantor Guilherme Arantes, que completa 40 anos de carreira. Mais de 25 sucessos como tema de novelas, e com um clima intimista que conta com voz e piano, embalam o show.

Horário: 21h00

Local: Grande Teatro do Palácio das Artes, na Av. Afonso Pena, 315, Centro

Ingressos:  Plateia I – R$140,00 (inteira) e R$70,00 (meia) / Plateia II – R$130,00 (inteira) e R$65,00 (meia) / Plateia III – R$100,00 (inteira) e R$50,00 (meia)

Vendas: No local do show ou ingresso.com

Classificação: Livre

Mais informações: (31) 3236-7400

Roupa Nova

roupa-nova1-860x485

Foto: Divulgação

De volta a Belo Horizonte na sexta-feira (04) e sábado (05), o Roupa Nova traz um repertório repleto de sucessos dos seus 22 álbuns lançados e também canções inéditas.

Horário: 22h00

Local: Chevrolet Hall, na Av. Senhora do Carmo, 230, Savassi

Ingressos: Mesa Setor I – R$520,00 (único) / Mesa Setor II – R$440,00 (único) / Arquibancada Lote I – R$80,00 (inteira) e R$40,00 (meia)

Vendas: Bilheterias do Chevrolet Hall ou Tickets for Fun

Classificação: 12 ao 14 anos acompanhado dos pais

Mais informações: 4003-5588

42ª Campanha de Popularização do Teatro & Dança

a_morte_bate_a_sua_porta

Fotos: Divulgação

Termina neste domingo (06), a Campanha de Popularização do Teatro e Dança, que teve início em no dia 6 de Janeiro de 2016. Que tal aproveitar esse final de semana para visitar o teatro e por um preço mais acessível?

Ingressos: Os preços variam dentre R$5, R$10, R$12 e R$15 reais.

Classificação: Livre

Mais informações sobre ingressos e locais: sinparc.com.br 

Foto em destaque:  Yuran Khan