Tecnologia

O serviço de acesso livre à internet (HotSpot) vem sendo implantado em várias regiões da grande BH, atualmente, são 54 pontos em que o usuário pode navegar, gratuitamente, por até duas horas em qualquer site e por tempo ilimitado no site da PBH. Hoje, de acordo com dados da Prodabel, BH conta com 960 acessos diários ao serviço. A empresa é a responsável pela manutenção e administração destes pontos, que funcionam da seguinte forma: o cidadão que possui um notebook ou um computador de mão, com placa de rede sem fio, ou um celular com tecnologia Wi-Fi, pode acessar a conexão “BH Digital” e navegar, por tempo indeterminado, no site da Prefeitura e, por tempo limitado a duas horas diárias, em outras páginas. O cadastro é simples, e a conexão apresenta uma velocidade  de 4mb/s.

Na Praça da Liberdade, o HotSpot funciona em toda a sua extensão, o mesmo pode ser observado na Praça da Assembléia e no Centro de Referência Audiovisual (CRAV). “Aqui na Praça [da Liberdade] a maioria das pessoas nem sabe que existe este serviço, eu mesma quase não o utilizo”, declara a vendedora, Jaqueline Pimentel, 30, enquanto usava o HotSpot pelo smarthphone. Segundo a Prodabel, a divulgação do serviço é feita somente através do Diário Oficial do Município e da Tv Conecta BH, canal digital da prefeitura, além do mapa da Belotur.

No Parque Municipal, logo na entrada avista-se uma placa que informa que há livre acesso à internet, porém em alguns pontos  mais centrais do parque é impossível conseguir a conexão. Um usuário identificado apenas por Robson, 32, informa que nunca tinha utilizado o serviço e que estava, há mais de 20 minutos, tentando conexão.“Vi a placa dizendo que aqui existe este serviço e resolvi trazer meu computador para fazer um teste. Algumas pessoas me disseram que conseguem utilizar, mais eu não consigo conectar”, declara. Robson estava sentado próximo ao lago, na parte central do parque e todos os passos de cadastro ao acesso estavam corretos. A reportagem do CONTRAMÃO tentou conexão no mesmo local e não obteve êxito.

Passo 1 – Ative o Dispositivo wireless de seu computador
Passo 2 – Localize a conexão “BHDigital_Prefeitura” e se conecte a ela
Passo 3 – Depois de se conectar ao HotSpot acesse um site qualquer
Passo 4 – Você será direcionado para pagina de login do serviço, clique na opção CADASTRAR na área de login.
Passo 5 – Preencha todos os campos da tela de cadastro, digite o código de segurança da pagina e clique em cadastrar.
Passo 6 – uma nova janela ira abrir mostrando o tempo de navegação deixe está janela aberta e só a feche caso queira se desconectar do serviço

Por: Heberth Zschaber

Foto/Imagens: Heberth Zschaber

A capital mineira possui, hoje, 54  HotSpots que são pontos de acesso livre à internet para equipamentos com a tecnologia Wi-Fi, espalhados pela cidade. A Empresa de Informática e Informação do Município de Belo Horizonte (Prodabel), é a responsável pela manutenção e administração destes pontos. Esses locais aparecem marcados nos mapas do Guia BH, distribuídos pela Belotur, e no mapa disponível na página da Prodabel, dentro do site da PBH. Porém estas informações se contradizem, o que pode confundir turistas e internautas da RMBH.

O guia turístico, na página 12,  e o mapa anexo distribuído pela Belotur informam que a Praça Raul Soares, por exemplo, é um local de livre acesso à rede, mas a reportagem do CONTRAMÃO não conseguiu localizar o sinal da rede. Segundo a assessoria de imprensa da Prodabel, o HotSpot da Praça Raul Soares está em fase de implantação e que não deveria estar marcado no mapa da Belotur que, por sua vez, também, por meio de assessoria se defende alegando que as informações dos Hotspots da cidade tem como fonte a própria Prodabel.

A Prodabel informa que o término da implantação do HotSpot da Praça Raul Soares está previsto para o dia 15 de maio. Quanto ao fato de a Belotur informar no mapa esse HotSpot está ativo, a empresa desconhece a fonte dessa informação. Até o fechamento da matéria não foi localizado ninguém da BELOTUR para comentar o assunto.

Mapa Belotur

1 – Parque Municipal

2 – CRAV
3 – Praça da Liberdade
4 – Praça da Assembléia

5 – Praça Raul Soares (aparece como HotSpot)

Mapa Prodabel

1 – Parque Municipal

2 – CRAV
3 – Praça da Liberdade
4 – Praça da Assembléia

5 – Praça Raul Soares (não aparece como HotSpot)

Por: Heberth Zschaber

Foto/Imagens: Mapa Belotur

0 938

O Espaço TIM UFMG do Conhecimento, inaugurou no dia 07 de julho de 2011, o observatório astronômico para a visitação pública. O terraço astronômico estará aberto ao público das 19h às 21h30, com distribuição de senhas com lotação máxima de 120 visitantes. A entrada é franca.

tele2
Espaço TIM UFMG do Conhecimento localizado na Praça da Liberdade

Para saber um pouco mais sobre o Terraço Astronômico, acompanha na reportagem a seguir:

Imagens e edição: Vanessa GOC e Marcos Oliveira

Reportagem: Andressa Silva

Produção: Andressa Silva e Marcos Oliveira

Acesso gratuito à internet, com conforto e tranqüilidade.

Para pessoas da terceira idade, a sala reserva um espaço especial, com monitores devidamente qualificados.

Local: Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa – Prédio anexo Professor Francisco Iglésias

Rua da Bahia, 1889 – 3º andar – Funcionários
Belo Horizonte, MG

Tel.: (31) 3269-1232

Horário de Funcionamento:

Segunda a sexta: 8h30 às 20 h
Sábado: 8h30 às 12 h

Hoje é o Dia Mundial da Internet Segura. Para comemorar a data foi montada uma tenda na Praça da Liberdade com o intuito de informar a população, principalmente às crianças e os pais, sobre os crimes cibernéticos.  A tenda está sob responsabilidade do Ministério Público e da Globalconn. Segundo Graciele Torres, diretora da Globalconn, muitas pessoas não sabem que é possível denunciar crimes cometidos via internet, tais como pedofilia, roubo de senha, calúnia e outros.

O evento acontece em vários lugares do mundo e é a segunda vez que está sendo realizado no Brasil. Na Praça, os responsáveis pelo projeto convidam as pessoas para a tenda, entregam cartilhas com informações sobre os crimes cibernéticos e alertam que eles devem ser denunciados. Graciele Torres afirma que a Praça da Liberdade foi escolhida para a divulgação do projto por ser um local com grande fluxo de pessoas, principalmente pais e educadores.

Márcia Gualberto, servidora pública da promotoria de crimes cibernéticos, conta que, ao longo do ano, foram promovidas várias palestras em escolas para orientar as crianças e os adolescentes a navegar com segurança na internet, principalmente em sites de relacionamento como o Orkut, MSN, Facebook e etc.

Por: Natália Oliveira

Foto: Débora Gomes

Belo Horizonte é invadida pelo calor e, com isso, o vestuário é modificado. Grande parte da população vem utilizando, nesta estação, roupas mais leves  como: vestidos, camisetas, bermudas e até as mini -saias, tudo isso para uma melhor sensação térmica.

Com os termômetros chegando a marcar 30°C na Capital, pesquisadores da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) realizaram uma análise que avalia as sensações e condições climáticas. A Praça da Liberdade recebeu na tarde desta quinta-feira, estudiosos que fazem Mestrado Multidisciplinar em Ambiente construído e Patrimônio Sustentável.

Com a utilização de um Anemômetro, instrumento medidor de velocidade do vento, que verifica alterações climáticas, a umidade do ar, a capacidade de evaporação e o tempo de insolação, O Laboratório de Conforto e Eficiência Energética da UFMG, procura calibrar o índice de conforto térmico em espaço aberto, o equipamento e o estudo foram desenvolvidos na Alemanha.

Pequenos detalhes, como idade, peso, bairro, preferência de temperatura, consumo de água, utilização de roupa e observação do tempo são curiosidades que os pesquisadores buscam encontrar em seus entrevistados .

O projeto tem como objetivo fazer melhoras no ar e eficiências em obras públicas para maior atendimento a população.  Simone Hirashima, coordenadora do projeto, informa que a pesquisa se repetirá no dia 28 na Praça da Estação, no período da tarde.

Por: Iara Fonseca e Ana Sandim

Foto: Débora Gomes