Centro de Atendimento e Inclusão Social de Contagem (CAIS) promove “vakinha”...

Centro de Atendimento e Inclusão Social de Contagem (CAIS) promove “vakinha” online

0 199
Mais de 500 famílias estão sendo atendidas pela instituição

A ação visa auxiliar e manter os atendimentos às pessoas com deficiência intelectual

*Por Italo Charles

O período de isolamento social devido a pandemia do Covid-19, tem afetado várias organizações. Não sendo diferente, o Centro de Atendimento e Inclusão social de Contagem (CAIS), passa por dificuldades financeiras. Para o enfrentamento dessa situação, a instituição está promovendo uma arrecadação de recursos online a fim de preservar a manutenção salarial de seus colabores, e com isso continuar à prestação de serviços.

A ação exprime a condição na qual a instituição está passando. Mantidos por doações de pessoas físicas e com parcerias estabelecidas com o poder público municipal e estadual, o Centro de Atendimento encontra-se em condição vulnerável.

Por consequência da pandemia, as doações tiveram grande queda, e para que não seja interrompido os atendimentos, o CAIS criou a vaquinha para preservar todos os seus colaboradores.

Através da dificuldade vivida pela instituição, a gerente de Mobilização de Recursos, Graziele Beda, comenta: O desafio da instituição está sendo manter seu diferencial que é fazer com que toda transformação e construção de conhecimento venham da pessoa atendida e não simplesmente oferecer um conhecimento já estabelecido para ser seguido pela família ou criança/adolescente”.

Fundada há 49 anos, a instituição auxilia famílias e pacientes com deficiência intelectual nas áreas clínica, educacional, assistência social, inclusão no trabalho e administrativa. Atualmente, o CAIS oferece atendimento a 500 pessoas a partir de uma equipe composta por 75 profissionais.

Devido ao isolamento social, o CAIS enfrentou um grande desafio em migrar os atendimentos para o formato online. “Rapidamente, o CAIS  se mobilizou para realizar o acompanhamento das 500 pessoas atendidas de forma virtual. Foram montados grupos de whatsapp para as famílias e salas de atendimento virtual para que todo o processo fosse mantido sem grande perda”, afirma Graziele.

Toda a ação desenvolvida tem por força maior auxiliar as famílias e os pacientes. As pessoas atendidas pelo CAIS possuem uma rotina de atendimento muito importante. Qualquer tempo perdido pode representar um retrocesso no quadro clínico e educacional desse indivíduo. 

Serviços:

Vakinha CAIS em casa

O Centro de Atendimento e Inclusão Social (CAIS), tem sede em Contagem e pode ser contatado através do site

Telefones: (31) 3393-1988/ 3395-0700

 

*A matéria foi produzida sob a supervisão da jornalista Daniela Reis

 

NO COMMENTS

Deixe uma resposta