Festival da Jabuticaba em Sabará chega a sua 34ª edição

Festival da Jabuticaba em Sabará chega a sua 34ª edição

0 87

O evento que acontece entre 20/11 e 13/12  terá sua primeira versão 100% virtual

Por Italo Charles

Fomentar a gastronomia regional através dos insumos cultivados na localidade, faz parte do Festival da Jabuticaba de Sabará. Neste ano, o evento comemora a sua 34ª edição, e diferente das anteriores, desta vez será no formato online e com exibição via Youtube entre os dias 20 de novembro e 13 de dezembro  a partir das 10h15 pela plataforma.

A programação contará com a transmissão de receitas dos chefs convidados, Paulo Gomides, Cristiane Matos, Wessery Zago, Flávio Trombino, Sayonara Sapord, Marcelo Haddad, Beth Beltrão, Elói Moreira, Matheus Paratella, Afonso Bicalho, Maria José Victória, Márcia Nunes, Juliano Caldeira,  Guilherme Bretas, Luan Santos, Luisa Soares, Rosilene Campolina, Carolina Silva, Marina Luvizotto, Eduardo Maia, Marlon Sérgio, Rodrigo Fajoli e Rita Novais. Cada chef será responsável pela produção de um prato, no qual serão utilizados ingredientes de uma produtora local parceira a fim de valorizar a cultura da região. 

A abertura do evento será com a professora do Centro Universitário Una e chef, Rosilene Campolina. “É muito gratificante participar desse festival, poder ver o crescimento dele, vivenciar a forma como os moradores de Sabará o recebem. É um festival muito voltado para eles, que valoriza o desenvolvimento local para além dos produtores que vivem disso”, salientou.

A presidente da Associação de produtores de derivados da Jabuticaba de Sabará (ASPRODEJAS), e idealizadora da produtora Sabarabuçu, Meire Ribeiro, comentou sobre a  realização do festival no  formato virtual devido a pandemia.

“O formato virtual foi a forma que nós da ASPRODEJAS junto a prefeitura e a Emater encontramos para falar com o público sobre a jabuticaba, e que o festival não aconteceria no formato presencial. Dessa forma, convidamos os 23 chefs para apresentar o que tem sido produzido e o que  pode ser feito com o produto”.

História

Criado em 1987, de forma singela, o festival iniciou sua trajetória com barracas montadas em torno da Praça Melo Viana, localizada no centro de Sabará, onde havia a venda da jabuticaba e seus derivados.

Ao passar dos anos, o tradicional evento começou a tomar maior proporção. Mas, só em 2016 alguns aspectos mudaram, o que antes era predominantemente focado na produção artesanal e que tinha como base a comercialização da fruta e seus derivados, ganhou outros olhares e abraçaram a gastronomia através da jabuticaba.

Foi neste mesmo ano (2016), quando os organizadores do festival, Prefeitura de Sabará e a Associação de produtores de derivados da Jabuticaba de Sabará, convidaram a chef, professora do Centro Universitário Una e administradora do portal Chef a Chef, Rosilene Campolina, para acrescentar a gastronomia ao festival.

Desde então, a partir do convite e através de uma ‘cozinha show’ montada na praça, e com convites de chefs, derivados de Rosilene, a gastronomia tornou parte do festival, que atualmente conta com vários produtores locais e com diversos produtos oriundos da fruta.

Concurso Inovação

Suscitado através da necessidade de premiar as produtoras locais, que  todos os anos se reinventam e criam produtos, o  Concurso Inovação melhor Licor e melhor Geléia  tem como objetivo instigar e valorizar a criatividade dos produtores.

O concurso acontece anualmente e é realizado pela Emater, Prefeitura de Sabará e ASPRODEJAS.

Programação

Para conferir a programação completa, acesse o site do Festival da Jabuticaba de Sabará.

 

*A matéria foi produzida sob a supervisão da jornalista Daniela Reis

 

 

NO COMMENTS

Deixe uma resposta