Hemominas opera no vermelho

Hemominas opera no vermelho

0 768
Foto Divulgação

Com estoque abaixo de 20% Hemominas reforça campanha para doação de sangue

O estoque de sangue do Hemominas encontra-se 20% abaixo do que seria o ideal para atender a toda demanda do Estado e há uma clara necessidade de todos os tipos sanguíneos, mas a maior baixa está entre os fatores negativos sendo o O a maior preocupação entre eles. O sangue O Negativo é essencial no atendimento de vítimas em caso de acidentes quando o tipo sanguíneo é desconhecido e por isso ele exige uma maior demanda. De acordo com a assessoria de imprensa da fundação, o banco encontra-se 44% abaixo do exigido e o fato de ser um tipo raro contribuí para que isso aconteça.

“A maior causa dessa queda é o intervalo entre o período de férias e festividades que afasta dos hemocentros aqueles que colaboram com a causa ou pretendem se engajar”, explica a assessora de imprensa da Fundação Aline Reis. Para reverter esse quadro a fundação oferece um serviço de agendamento que é rápido e simples através do site, o que trás comodidade e facilidade na hora do atendimento.

A Fundação Hemominas tem como estratégia trabalhar com um estoque diário para três dias de atendimento, segundo Reis, para que essa demanda seja alcançada é necessário cerca de cinco mil bolsas, o que equivale a mais ou menos 1.600 bolsas diárias. No momento da doação é retirado 450 ml de sangue o bastante para salvar até quatro vidas.

Foto Divulgação
Foto Divulgação

Como ser um doador

No caso dos homens o prazo é de 60 dias e pode ser feita até quatro vezes por ano e as mulheres 90 dias e pode ser feita até três vezes por ano. Para maiores de 60 anos o intervalo entre as doações, caso o doador já tenha doado antes de completar 60 anos, é de seis em seis meses. O processo de doação é simples e indolor basta ter entre 16 e 69 anos, estar com peso acima dos 50kg, em boas condições de saúde, não ter ingerido bebida alcoólica e estar alimentado. Mas, caso você já tenha doado é necessário observar a data na qual a última doação foi feita.

Para dúvidas acesse ao site: Fundação Hemominas

Por Ana Paula Tinoco

SIMILAR ARTICLES

NO COMMENTS

Leave a Reply