Livros de auto-ajuda é incentivo a leitura na Praça da Liberdade.

Livros de auto-ajuda é incentivo a leitura na Praça da Liberdade.

4 865

Foi montada uma barraca, na Praça da Liberdade, com livros de auto-ajuda e incentivo a leitura da Bíblia. Os livros têm como objetivo orientar as pessoas com as dificuldades do cotidiano. Pessoas que por lá passavam se identificaram com os problemas de crises e separação na família, mortes, drogas entre outros, e foram em busca de orientação.

Muitas pessoas não têm o hábito de ler a bíblia, não entendem o linguajar e por isso não conseguem interpretar e praticar em seu dia-a-dia o que nela está escrito. É o que acredita Cristiane Pereira, 26.

Luiza Mansur, 20, fez estudos sobre diversas religiões e seus ensinamentos. Optou por ser Testemunha de Jeová por encontrar as respostas de suas dúvidas na Bíblia dessa religião. “Não importa qual seja a nossa situação, a Bíblia contém as orientações e os conselhos  que precisamos”, diz Luiza. Os voluntários dessa atividade anotam o nome das pessoas que se interessam e entregam os livros em casa. Há também a opção de fazer o pedido pelo site .

Nos próximos fins de semana eles estarão na Praça da Assembléia, Praça do Papa e Praça Rio Branco com o mesmo intuito.

 

Texto e foto: Camila Sol

4 COMMENTS

  1. É uma religiao muito boa e tem muita gente legal nela é uma pena que se vc quiser sair dela, ninguem desta religiao, mesmo sendo amigo de 50 anos nao fala mais com vc, nem te comprimenta, já fui publicador mais eu jamais entraria lá pra me batizar. VERDADE SEJA DITA NÉ ? mas fora isso é uma otima religiao, aprendi muita coisa boa lá

  2. Interessante que a organização das testemunhas de Jeová, promovem uma campanha em prol das pessoas que sofrem com a separação na família, mortes, drogas, dentre outras. Evedentemente, que a Bíblia é a única bússola para endireitar o caminho do homem, conduzindo a uma nova vida.
    Enquanto a Igreja Tstemunhas de Jeová faz uma campanha para unir as famílias, por outro lado, se contradiz tremendamente atraves da sua disciplina chamada de desassociação, que tem desfeito lares e a união entre amigos. Não é por sorte que o Ministério Público do Ceará esta investigando esta religião. O link que se segue mostrará uma entrevista feita na TV Assembléia sobre o assunto.

    https://www.mhariolincoln.jor.br/especiais/o-video-do-debate.html

  3. É Sebastião, porque você não diz também que fez parte dessa Igreja durante dez anos e agora está numa verdadeira guerra na Justiça para processa-la porque te expulsoram?
    Desculpe, mas se as TJ´s são hipócritas como dizem por aí, você é tal como elas.

  4. quanto a notícia achei ótima, e quanto aos comentários, esta totalmente refutado, mal entendido:
    É uma pena que pessoas que não entendem de disciplina bíblica estejam atacando uma assunto sem entender o ponto de visto divino em relação a transgressores. Quanto à pratica claramente bíblica de desassociação a Bíblia é bem clara quando diz:

    (1 Coríntios 5:11-13) “. . .Mas, eu vos escrevo agora para que cesseis de ter convivência com qualquer que se chame irmão, que for fornicador, ou ganancioso, ou idólatra, ou injuriador, ou beberrão, ou extorsor, nem sequer comendo com tal homem. 12 Pois, o que tenho eu que ver com o julgamento dos de fora? Não julgais vós os de dentro, 13 ao passo que Deus julga os de fora? “Removei o [homem] iníquo de entre vós.”

    Bem como em (2 João 9-11) “. . .Todo aquele que se adianta e não permanece no ensino do Cristo não tem Deus. Quem permanece neste ensino é quem tem tanto o Pai como o Filho. 10 Se alguém se chegar a vós e não trouxer este ensino, nunca o recebais nos vossos lares, nem o cumprimenteis. 11 Pois, quem o cumprimenta é partícipe das suas obras iníquas. . .”

    Notem a expressão “cesseis de ter convivência”, “removei o homem iníquo de entre vós” bem como “nem o cumprimenteis”. Notaram? É a Sagrada Escritura que diz isso, não a nossa religião. O que estamos fazendo é simplesmente obedecendo ao mandamento divino que constitui a vontade de Deus. Não somos como as demais religiões que fazem vista grossa a pecados crassos e por isso perderam toda a sua moral.

    O motivo de tamanha disciplina é porque os pecadores impenitentes que não querem se arrepender estão, em última análise trocando Deus pelo pecado. Renegando a Cristo que os comprou com seu sangue e quebrando seus votos que fizeram no batismo de servirem a Deus para sempre. (Eclesiastes 5:4,5). Deus se sente traído com esses que o abandonam por motivos tão egoístas.

    Além disso, vale a pena notar que quando uma pessoa se filia a uma Organização religiosa ela aceita todos os seus termos, inclusive sobre disciplina. Então por que tem gente questionado um procedimento que TODOS ELES ACEITARAM quando se tornaram membros? Vale lembrar também, que quando houve um caso parecido nos EUA o juiz deu ganho de caso à Organização, valendo-se do argumento citado acima.

    Certamente, a nossa Única, Santa e Verdadeira Doutrina é solidamente baseada na Bíblia e não vai mudar seus procedimentos por oposição, proscrição ou qualquer legislação que seja. Na realidade, se nem o Diabo conseguiu corromper nossa religião, certamente nenhum humano ou legislação humana conseguirá. A Organização das Testemunhas de Jeová continuará exatamente como está. Aderindo de perto aos princípios bíblicos.

    Pena que os desassociados não entendem que Jeová disciplina a quem ama. Hebreus 12:11 diz: “. . .É verdade que nenhuma disciplina parece no momento ser [motivo] de alegria, mas [sim] de pesar; no entanto, depois dá fruto pacífico, a saber, a justiça, aos que têm sido treinados por ela.”

    Quando o desassociado sente que perdeu tudo o que tinha antes, ele talvez caia em sí e entenda que sua escolha foi a pior possível, e igual ao filho pródigo volte para os braços do pai que o receberá misericordiosamente.

    Além disso, para quem não sabe, a esmagadora maioria de ex-membros entende plenamente esses procedimentos. É uma pequenina parcela de frustrados e insatisfeitos que fica questionado esse tipo de coisa.

    (Isaías 43:10-11) . . .Vós sois as minhas testemunhas”, é a pronunciação de Jeová, “sim, meu servo a quem escolhi,. Eu é que sou Jeová, e além de mim não há salvador.”

    Por Ueder Rodrigues de Oliveira/MG

Leave a Reply