Page 412

As bibliotecas existem desde a antiguidade, ou seja, desde a invenção da escrita. No Brasil, a população só teve acesso a elas a partir do fim do século XVIII.

Hoje, 10 de abril é dia da biblioteca, porém, poucos sabem disso.  O dia é comemorado junto ao dia de Monteiro Lobato e dia do livro, 18 de abril. “Dia do livro é todos os dias, mas a comemoração é durante todo o mês” conta a coordenadora da Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa, Alessandra Gino, que não tinha conhecimento da data.

Sentado na Praça da Liberdade com o livro “Anti Cristo” do filósofo alemão Friedrich Nietzsche, o estudante Pedro

Guerra, 17, interrompe sua leitura e diz, “a filosofia é base de minha leitura”. Diferente de Guerra, a estudante Carolina Pereira, 13 anos, aprecia mais os romances e lê um dos mais vendidos desde seu lançamento: “Crepúsculo” de Stephenie Meyer. Ambos são inscritos e freqüentadores da Biblioteca Luiz Bessa.

A Biblioteca Luiz de Bessa, projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer, possui duas unidades e foi inaugurada em 1954. Possui cerda de 200 mil títulos entre livros, jornais e revistas e recebe em média 1.500 pessoas por dia.

Serviços:

Empréstimo e Devolução
De segunda a sexta, das 8h às 20h

Inscrição

De segunda a sexta, das 9h às 18h

Empréstimo, Devolução e Inscrição
Sábado, das 8h às 12h

imagem-0171

imagem-018

A terceira idade abriu portas para o Contramão no Espaço de Convivência Digital do Idoso, localizada na rua da Bahia, dentro da Biblioteca Pública Luiz Bessa. Com objetivo de despertar interesse da população acima de 60 anos, o projeto mantido pelo Conselho do Idoso possui um espaço dentro do prédio onde são ministradas as aulas de informática no período da tarde.

Magda Pimenta diz que as aulas começaram nesta segunda e já tem desenvolvido bastante. A aposentada declara que está adorando o curso e os professores são bastante dedicados.

A aluna Maria Alice Oliveira, diz que tomou conhecimento das aulas através de uma amiga que fez o curso anteriormente. A turma tem 12 alunos e o curso tem duração de um mês. O projeto possui duas turmas com total de 24 alunos. Hoje eles estão aprendendo a colorir, digitar textos e enviar e-mail’s.

Dirce Martins, diz que gosta muito de escrever e que está aprendendo a navegar na Internet para conversar com seus filhos que moram distante, mas enfatiza que não deixou de enviar as cartas manuscritas e que seus filhos também fazem questão de recebê-las.

Quem participa das aulas há mais tempo, Joana Queiroz, relata à importância do mundo digital, ‘‘eu amo esse espaço, faço novas amizades, mando mensagens para minha filha que mora no exterior e escuto música pelo computador ’’.

O instrutor Wesley Pinto da Silva, 17 relata a seriedade do processo seletivo, o qual participou que tinha como prioridade o bem – estar dos idosos. O professor Messias Alves Neves, 17, conta que o método de ensino é seguir no ritmo de cada aluno e o espaço fica aberto nos demais horários para navegação. As aulas são gratuitas e você pode obter informações no local.

Por: Camila Sol e Iara Fonseca

1 732

A exposição “Em Destaque” que tem cativado cada vez mais freqüentadores para a diversidade nas leituras, mudou o tema de exibição: “Única e Singular” é o nome que destacou as mulheres nos mês de março e que permanece até meados do mês de abril.
Localizado na Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa, o projeto foi criado pela Maria Helena e Alessandra Gino, coordenadora, explica que “Sempre são escolhidas datas específicas para cada tema, mas estamos abertos a sugestões”.
Para ficar com dois livros durante 14 dias. É necessário levar Identidade, comprovante de endereço e uma contribuição de R$3,00 (Três reais) adquirindo a carteirinha válida por dois anos. A biblioteca fica aberta ao público de segunda a sexta, das 8 às 20 horas e sábado de 8 às 13 horas.

Por Camila Sol

1 674

Matérias: Show do cantor Gabriel O Pensador celebra concurso de redação como o tema “Vinte anos da constituição mineira, o meu futuro construo hoje”. Assembleia de Minas promoveu audiências sobre o plano plurianual de ação governamental. Semana nacional dos eventos acontece em Belo Horizonte. Governo do estado incentiva tratamento adequado do lixo.

Edição: Thiago Meira

Locução: Camila Sol, Nelio Souto, Natália Oliveira, Natália Zamboni e Thiago Meira

22/12/2009 – 17:35 img_som11 mp3

Matérias: Fórum teve como tema “Educação e esportes para a infância e adolescência” a fim de democratizar a discussão de um projeto de lei para a política educacional do estado nos próximos dez anos. Eventos destacaram crise mundial, educação e vinte anos de constituição. Governo de Minas já recebe requerimentos para o bolsa atleta.

Edição: Thiago Meira

Locução: Camila Sol, Nelio Souto, Natália Oliveira, Natália Zamboni e Thiago Meira

22/12/2009 – 17:25 img_som10 mp3

Matérias: Foi aprovada criação de comissão permanente de educação física, esporte e lazer no seminário sobre infância e adolescência no caminho para cidadania. Secretaria de estado da cultura incentiva e apóia a leitura em programa “Construindo uma Mina leitora”. Comissão de meio ambiente e desenvolvimento sustentável de Minas Gerais terminas em desabafo contra construções de barragens.

Edição: Thiago Meira

Locução: Camila Sol, Nelio Souto, Natália Zamboni e Thiago Meira

22/12/2009 – 17:45 img_som9 mp3

Matérias: Moradores em Nossa Senhora da Glória no distrito de Santo Hipólito se mobilizam para impedir construção de barragem. Governo de Minas torna possível a implantação de postos telefônicos em comunidades rurais ficando de responsabilidade de um morador indicado ao DETEL pelo contratante.

Edição: Thiago Meira

Locução: Camila Sol, Nelio Souto, Natália Zamboni e Thiago Meira

23/12/2009 -17:35 img_som7 mp3

Matérias: Saúde, vacina contra pneumonia entra no calendário nacional e SUS terá maior cobertura a partir de 2010. Constituição completa vinte anos e terá ciclo de debates e exposição fotográfica.

Edição: Thiago Meira

Locução: Thiago Meira, Natália Zamboni e Nelio Souto

23/12/2009 – 17:30 img_som6 mp3

Matérias: Resultados dos eventos institucionais nas últimas décadas, na entrega da medalha do mérito legislativo realizada em dezembro de 2009, foi lançada a publicação “A Assembleia de Minas e a construção coletiva de políticas públicas”. Anistia, em outubro de 2009, foram realizados debates sobre o impacto do etanol no desenvolvimento de Minas e alternativas de privação da liberdade. Parlamento jovem, estudantes aprovaram em novembro de 2009, documento final com propostas sobre transporte urbano.

Edição: Thiago Meira

Locução: Camila Sol, Nelio Souto e Thiago Meira

22/12/2009 – 17:20  img_som5 mp3

A Biblioteca Pública Estadual Luís de Bessa, localizada na região  de Lourdes é sede da campanha de vacinação contra influenza H1N1. A escolha do local é importante e facilita o acesso da população que circula entorno da Praça da Liberdade, o chamado ‘‘postos volantes’’ estão abertos de segunda a sexta das 8h ás 18h.

Desde segunda-feira o bairro de Lourdes vem recebendo jovens entre 20 a 29 anos para vacinação, que começou no dia 05 e segue até 23 de abril, até momento foram vacinados cerca de 1.053 jovens da região. O Ministério da Saúde criou um calendário de vacinação para que a população seja atendida com mais tranqüilidade, são quatro grupo estabelecidos através de avaliação criteriosa que analisa o risco de cada idade.

imagem-011

O primeiro grupo a ser vacinado foi de gestantes, crianças de 6 meses e menores de 2 anos e pessoas com doença crônica, porém, o Ministério da Saúde não atingiu sua meta durante o primeiro período da campanha e tomou a decisão de estender o prazo.

Também serão vacinados idosos a partir de 60 anos, nos dias 24 de abril a 7 de maio e pessoas de 30 a 39 anos nos dias 10 a 21 de maio. Além disso, a prevenção da gripe deve ser feita através medidas de higiene como, lavar as mãos, não utilizar copo, pratos ou talheres de outras pessoas e evitar abraços e apertos de mão.


Por: Iara Fonseca e Ana Sandim



1 846

Poesia, doçura e a descoberta da oitava maravilha do mundo rechearam a tarde na Praça da Liberdade. Com graça, Adir Affa Rievrs, 38, usava as palavras certas e abordava pessoas na Praça, oferecendo poemas ao gosto do público. O ator e poeta, permite que cada pessoa escolha o tema da poesia e em troca abre o baú e revela qual, segundo ele, é a oitava maravilha do mundo: “Brigadeiros feitos com a mesma graça com que faço minhas poesias”, conta.

Tudo começou em 2005. Rievrs era estudante da escola de teatro do governo ‘Arena Cultural’, e para ganhar um dinheiro extra, juntou-se a uma amiga para vender brigadeiros. Surgiu então, a idéia de se vestir de palhaço e em vez de passar o chapéu para conseguir dinheiro, abria o baú e oferecia doces. Hoje, ele trabalha sozinho e vende brigadeiros na Praça da Liberdade e na UFMG, levando versos e sorrisos para as pessoas que cruzam seu caminho.

“Quando o palhaço não sai de casa, quem sai é o poeta”, conta Rievrs sorrindo, fazendo das ruas seu palco aberto.

Confira abaixo a poesia de Adir Affa:

Por: Débora Gomes

Foto: Camila Sol