Número de insatisfeitos com transporte público de BH diminui

Número de insatisfeitos com transporte público de BH diminui

0 478

Pesquisa realizada pela BHTrans revela queda nas reclamações em relação ao ano de 2013

Após dois reajustes em menos de 12 meses nas tarifas de ônibus, a primeira em 2015 que elevou o preço de R$3,10 para R$3,40 das lotações mais usadas pela população Belo Horizontina, e de R$3,40 para R$3,70 na primeira semana de 2016, a BHTrans divulgou uma pesquisa, na terça-feira (12), que mostra que 47% dos usuários do transporte público da capital acham a qualidade do sistema é ruim ou péssimo, e apenas 13% dos entrevistados acham ótimo ou bom.

A pesquisa que é realizada pelo Sistema de Indicadores da Mobilidade Urbana de Belo Horizonte, o SisMob-BH, a pedido da BHTrans a cada dois anos com usuários de idade mínima de 16 anos, mostra que a taxa de 2015 alcançou o número 2,40 da escala de 1 a 5, enquanto a de 2013 havia sido 2,15, o que a empresa considera como boa, já que o número de insatisfeitos caiu.

“Há anos a prefeitura, juntamente com as empresas de transporte, vêm aumentando os preços da passagem enquanto a qualidade do serviço ficou na mesma ou até pior, em alguns casos. Obvio que ajuste vão e devem acontecer desde que sejam condizentes com a renda média da população e que garantam uma melhora do transporte público”, desabafa a estudante Michelle Martins, 19.

Já para Guilherme Rabello, 22, o transporte não é ruim, mas o preço que exigem é caro em relação à qualidade. “Se tivesse mais segurança e mais linhas de transporte, esse preço seria justo”, finaliza Rabello.

Por Julia Guimarães

NO COMMENTS

Leave a Reply