Parklet Goitacazes traz modernidade e comodidade a pedestres

Parklet Goitacazes traz modernidade e comodidade a pedestres

Foto: Divulgação

Parklet, conhecido como minipraça, é instalado na Rua dos Goitacazes como área de lazer e descanso para pedestres.

Todos os dias, centenas de pessoas passam pela Rua dos Goitacazes, algumas caminhando até suas casas ou trabalhos, enquanto outras aproveitam as lojas para fazer algumas compras. A Goitacazes, diferentemente de várias outras ruas do Centro de Belo Horizonte, não possui um grande fluxo de carros, mesmo com o grande número de estacionamentos.

Pensando nesse fluxo de pedestres e no comércio da Goitacazes e ruas próximas, como a Rio de Janeiro, começou a ser instalado, no dia 21 de maio, o parklet. Mesmo tendo em vista que já existe um implantado na Savassi como experimental, o parklet da Rua dos Goitacazes é o primeiro aprovado pela prefeitura de Belo Horizonte e BHTrans, com 10 m de comprimento e 2,2 m de largura. O projeto possui piso, bancos e postes inspirados em praças das cidades do interior de Minas Gerais.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Fundado e aprovado no ano de 2010, em São Francisco (EUA), os parklets chegaram ao Brasil no ano de 2013 através da ONG Instituto Mobilidade Verde, na capital paulista. Desde então, outros estados o adotaram.

Mas o que são os parklets?

A palavra parklet é derivada de “parking”, que em inglês significa estacionar, mas em vez de ser utilizado por carros como estacionamento, o Parklet (que é uma minipraça com um mobiliário urbano de caráter temporário) serve para que pessoas possam descansar, ler, tomar um café e observar o movimento, por exemplo, e também estacionar suas bicicletas enquanto fazem tudo isso.

Os parklets são instalados em lugares onde exista um bom fluxo de pessoas, com trânsito que chegue a no máximo 40 km/h. Eles ficam em paralelo à pista de rolamento de veículos, expandindo o passeio público e reduzindo o número de vagas para estacionamento. O investimento é feito por bares, restaurantes ou lojas da redondeza, mas ele pode ser utilizado por qualquer pessoa que esteja passando pelo local.

Os parklets da Rua dos Goitacazes e da Avenida Bandeirantes, entre as ruas Ribeiro Junqueira e Júlio Vidal, ficarão instalados durante 2 anos apenas, sendo desmontados após este período.

Foto: Júlia Guimarães

Ecológicos, os parklets de Belo Horizonte serão feitos com materiais reciclados e terão iluminação solar fotovoltaica. A prefeitura recebe vários pedidos para autorizar a implantação da estrutura em outros bairros. Um deles é de comerciantes e produtores culturais do Bairro Floresta, que fizeram um bazar de roupas para arrecadar dinheiro e bancar os custos das varandas.

Matéria por Sthefany Toso e Julia Guimarães

SIMILAR ARTICLES

NO COMMENTS

Leave a Reply