Procedimentos para adoção

Procedimentos para adoção

0 963

Nos últimos dias surgiram boatos de que Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank haviam adotado uma criança, essa informação foi confirmada na manhã de quinta-feira (7) pela assessoria do casal de atores, que confirmou a chegada de uma criança na casa deles.

A menina tem três anos e foi adotada na África.O ator e a repórter do “Vídeo Show” foram ao Malaui, no Sul da África, no ano passado para apoiar uma ONG que envia donativos para crianças carentes da qual Giovanna veio a se tornar embaixatriz. Na ocasião, eles deram entrada no processo de adoção e neste ano e receberam a permissão para adotar a criança.

Ao ser divulgada esta informação houve uma grande repercussão nas mídias sociais, muitas pessoas apoiando o casal e outras repreendendo a atitude e a opção de adotar uma criança de outro país. Porém poucos sabem que o processo de adoção no Brasil é muito difícil e pode levar anos para se conseguir adotar uma criança e isso é desgastante para um casal e para a criança. Além disso o que ira fazer uma pessoa optar ou não pela adoção será o carinho e o afeto que sentira ao ver a criança pela primeira vez, o sentimento de querer ser a mãe/pai desta criança, independentemente do local onde seja feita esta adoção.

Para quem tem a intenção de adotar crianças, vamos listar quais são os procedimentos que a vara da infância solicita que sejam feitos.

Processo de Adoção:

Etapa 1 – Quais são os documentos necessários para se inscrever para adoção?

Primeiramente, deve se dirigir a Vara da Infância de sua cidade ou região, com os seguintes documentos:

  • identidade;
  • CPF;
  • certidão de casamento ou nascimento;
  • comprovante de residência;
  • comprovante de rendimentos ou declaração equivalente;
  • atestado ou declaração médica de sanidade física e mental;
  • certidões cível e criminal.

No entanto, a Vara pode pedir documentos adicionais. É muito comum pedirem fotos. São para serem mostradas a crianças, por isso prefira fotos simples, onde vocês estejam bem visíveis.

Etapa 2  – Analise de documentos

Após análise e aprovação da documentação, entrevistas serão realizadas com a equipe técnica da Vara da Infância e da Juventude, composta por profissionais da área da psicologia e do serviço social.

Informações adicionais da vara da infância

  • Por que não é bom visitar abrigos?

A grande maioria das crianças nos abrigos não estão disponíveis para adoção. Seus pais existem, visitam as crianças e portanto essas crianças não estão disponíveis para adoção.  Mesmo aquelas que estiverem disponíveis, isso precisa ser resolvido pela Vara da Infância.

Caso sua intenção seja fazer algum tipo de trabalho assistencial, também recomendamos consultar a Vara da Infância para saber como contribuir.

  • Qual a renda necessária para adotar uma criança?

Não existe uma definição legal de renda mínima para a adoção, qualquer pessoa pode se inscrever na fila de adoção independente de sua renda.

A equipe técnica da Vara da Infância poderá verificar se o candidato tem condições de cuidar de uma criança, isso inclui renda, espaço físico na casa e até mesmo tempo disponível para as tarefas que a criança trará, como levar a escola a ao médico quando necessário.

É importante levar em consideração que ter um filho não é tão simples. Mesmo que existem recursos que possam economizar tempo (babás) ou dinheiro (escolas públicas), uma criança sempre exige muito tempo e dinheiro.

Embora uma criança ocupe pouco espaço e suas roupas sejam pequenas, a despesa com comida, roupas e médico pode equivaler a um adulto. Até mesmo ultrapassar essas despesas. É como ter mais um adulto em casa que não trabalha e não ajuda nas tarefas de casa.

É preciso pensar bastante.

  • Como saber minha posição na fila de adoção?

Vá a Vara da Infância e solicite essa informação.

É importante entender que essa posição é relativa, depende de muitas questões. Uma delas é o perfil. Se você se inscreveu para adotar apenas uma criança e atrás de você alguém se habilitou a adotar três irmãos, caso apareçam três crianças da mesma família, essa pessoa será chamada antes de você. ISSO NÃO QUER DIZER QUE VOCÊ DEVE MUDAR SEU PERFIL PARA SER ATENDIDO ANTES. NÃO FAÇA ISSO!!

A escolha correta do perfil é o melhor caminho para o sucesso numa adoção. Seja coerente com seus desejos de adoção.

  • Como saber o andamento do meu processo?

Vá a Vara da Infância  verifique em que lugar ele está (cartório, ministério público, etc). Alguns desses órgãos são fora da Vara da Infância, mas eles poderão indicar o local e onde obter informações.

Recomendamos que os processos sejam acompanhados com frequência.

  • O que é adoção internacional?

Adoção internacional acontece quando estrangeiros, ou brasileiros residentes no exterior, desejam adotar uma criança no Brasil. Estes casos passam pela legislação brasileira e pela legislação de seus países. Para obter informações siga o seguinte roteiro:

1 – procure o Itamaraty na web: www.portalconsular.mre.gov.br/mundo

2 – selecione o país desejado

3 – procure em Serviços Consulares

Infelizmente nem todos os países possuem informações. França possui. Reino Unido e Estados Unidos não. Se não encontrar informações sobre seu país, recomendamos procurar a embaixada mais próxima.

 

Por: Amanda Aparecida 

Informações do Portão da Adoção 

 

SIMILAR ARTICLES

0 71

NO COMMENTS

Leave a Reply