Propaganda eleitoral na Praça 7 chama a atenção da população de BH

Propaganda eleitoral na Praça 7 chama a atenção da população de BH

Um dos pontos mais conhecidos e mais movimentados da capital mineira, a Praça Sete, vem sendo um local bastante utilizado por alguns candidatos para fazer propaganda eleitoral. Cartazes, cavaletes e até uma enorme escultura podem ser vistos por quem passa pelo cruzamento entre as avenidas Afonso Pena e Amazonas.

Os objetos espalhados pela praça são motivo de críticas por parte da população de Belo Horizonte. Para a publicitária Camila Oliveira, “a campanha eleitoral precisa ser feita, mas deve ser expressa de uma maneira mais inteligente”.  Camila vê ainda um aspecto positivo na escultura. “Acho que o objetivo era fazer uma campanha mais limpa, sem os tradicionais cartazes, mas quase ninguém tem tempo para analisar o motivo dessa forma de propaganda”, conclui.

O artigo 37 da Lei nº 9.504/97, diz que a propaganda eleitoral é permitida em locais públicos desde que não seja fixa, e não dificulte o bom andamento do trânsito de pedestres e veículos. Mesmo assim, a estudante de Administração de Empresas, Flávia Costa, acha que há exagero por parte dos candidatos. “É tanta propaganda eleitoral, fotos e números espalhados que a gente até se perde. A praça e o seu principal monumento, o pirulito, passam despercebidos”, afirma.

Protesto na internet

No Facebook há uma campanha chamada Cavalete Parade, onde a ideia principal é incentivar as pessoas a colorir com tinta os cavaletes de propagandas políticas como forma de protesto. A página já possui mais de 16.000 adeptos de diversas cidades do país.

Por Marcelo Fraga

Foto: Marcelo Fraga

SIMILAR ARTICLES

0 244

NO COMMENTS

Leave a Reply