Tags Posts tagged with "60 histórias"

60 histórias

0 156

Por Bianca Morais 

Desde o ano de 2017, a coordenação dos cursos de aviação do Centro Universitário Una promove a Semena da Aviação, com o intuito de discutir sobre temas diversos dentro da área, são convidados externos, realizadas mesas redondas, palestras, workshops, tudo em torno de levar aos estudantes as novidades do mercado.

Em outubro de 2020, os cursos Manutenção de Aeronaves e Pilotagem Profissional de Aeronaves, completaram 10 anos e como forma de comemoração a equipe do Marketing da instituição, em parceria com a Fábrica, preparou um mês inteiro de programação com muitas novidades, transformando aquela semana em um mês inteiro com lives, reportagens, vídeos e muito mais com figuras importantes do meio. 

E hoje vamos relembrar essas ações, confira:

Lives

Dr. Ozires Silva

Fundador da Embraer, Dr. Ozires Silva, é uma das figuras mais importantes da aviação no país e Patrono dos cursos de Aviação do grupo Ânima. Na live do dia 22 de outubro, ainda disponível no Youtube, o Dr. Ozires fez um apanhado dos desafios e histórias de seus anos como um dos maiores empreendedores do Brasil. 

A live ministrada por Kerley Oliveira, professor e coordenador dos cursos de aviação do Centro Universitário Una, contou ainda com a participação do reitor Rafael Ciccarini, o diretor do campus Linha Verde, Bruno Soares, diretor da revista Asas, Cláudio Lucchesi, professor e coordenador do curso de Ciências Aeronáuticas da UniSul, Paulo Roberto, e os ex alunos do curso de Pilotagem, professor Saulo Tavares e professor Renard Queiroz.

“Professor e comandante, Ozires, um dos maiores brasileiros vivos, uma pessoa com uma trajetória que inspira a todos e que transcende para a aviação como um dos principais de todo o mundo. Como empreendedor segue sendo uma figura minúscula que transcende a própria área da aviação, figura pública e privada digna de todas as homenagens”, comenta o reitor Ciccarini na live.

Além da live, o Dr. Ozires também participou de um podcast da Rádio Una Fábrica disponível no Spotify. Tendo como Host, Elias Santos e na produção Raphael Campos, o podcast foi gravado de forma remota com o convidado em São Paulo.

“A família do Dr. Ozires nos deu todo o apoio técnico para que o convidado conseguisse conectar através do zoom para fazer a gravação. Ozires foi uma pessoa muito receptiva, educada e falante, explicou muito sobre sua carreira, nos apresentou vários pontos interessantes da trajetória dele na aviação e foi um papo muito interessante, esclarecedor, eu que não conhecia tão bem a história do Dr.Ozires fiquei fascinado com a experiência, com a construção e por tudo que ele passou durante a sua carreira”, conta Raphael.

Mulheres na Aviação

No dia 16 de outubro daquele ano, aconteceu a live Mulheres na Aviação, trazendo como convidadas Bethânia Porto, comandante da Azul Linhas Aéreas, e as ex alunas da Una, Vitória Cristina, assistente de segurança operacional da Total Linhas Aéreas e Raphaela Menezes, mecânica de aeronaves na empresa IAS – Indústria de Aviação e Serviços. Juntas as mulheres compartilharam experiências e desafios que passam diariamente por trabalharem em uma área majoritariamente masculina. 

“Fui a responsável pelo roteiro e apresentação da live Mulheres na Aviação, na qual tive a oportunidade de conversar com mulheres que trabalham na manutenção de aeronaves e também com uma pilota de Airbus. Foi uma experiência muito importante, não só como jornalista, mas como mulher, pois conheci história de mulheres fortes e empoderadas que estão fazendo história na aviação brasileira”, comenta a mediadora e líder do núcleo de jornalismo Dani Reis. 

 

Papo com a Fábrica 

Arquitetura e Aviação

No primeiro episódio da série, a líder do Núcleo de Arquitetura e Urbanismo, Karolina Oliveira, compartilhou algumas curiosidades sobre como a arquitetura planeja espaços como aeroportos, uma das mais complexas em relação ao fluxo de pessoas que passam por eles constantemente.

Em um aeroporto é necessário se pensar em tudo, na acessibilidade de pessoas com deficiências, na mobilidade, sinalização, altura, entre outros.

Cinema e Aviação

Nesse episódio, Raphael Campos, líder do Audiovisual, mostrou como o tema da aviação é uma das grandes sacadas em produções cinematrográficas, seja a aviação como tema principal, por exemplo, em filmes de guerra, ou de forma secundária em termos de ambientação.

No Brasil, um dos principais personagens quando se pensa em aviação é Santos Dumont, por isso, existem vários filmes e documentários relatando sua trajetória. No papo com Raphael ele ainda dá a sugestão de vários para maratonar.

Moda e Aviação

Letícia Dias, líder do Núcleo de Moda, participou do papo compartilhando um pouco sobre a linha do tempo dos uniformes da equipe de tripulação, como no começo eles tiveram grande influência do uniforme dos militares, da marinha, o visual das aeromoças e suas saias abaixo do joelho, camisa e blazer, acompanhando a evolução para uniformes mais neutros. 

“O Papo com a Fábrica, programa de entrevistas que temos no Youtube, trouxemos três edições com temas relacionados à aviação, sendo elas: Moda, Cinema e Arquitetura. Nossa equipe desenvolveu todo o roteiro dos programas que tive a honra de conduzir ao lado dos outros líderes da Fábrica”, comenta a apresentadora Dani Reis.

 

Série de reportagens do Contramão

No mês da comemoração dos cursos de Aviação, o Jornal Contramão preparou uma série de reportagens sobre o assunto, abordando três temas muito importantes, sendo eles, o preconceito racial e com mulheres na área da aviação.

Nomeadas, respectivamente, Voando além do preconceito e Elas voam alto, as matérias trouxeram fontes que já sofreram na pele a discriminação, mas que deram a volta por cima e mostraram que na área da aviação tem local para todos.

Teve ainda a reportagem Um plano de vôo: 10 anos dos cursos de aviação, relembrou a inauguração dos cursos de Manutenção de Aeronaves e Pilotagem Profissional de Aeronaves pelo Centro Universitário Una no ano de 2010 e seu crescimento ao longo dos anos, e como a figura do Dr. Ozires foi importante nesse processo, ele que é o Patrono dos cursos de Aviação do grupo.

Com a palavra, o coordenador

“Os eventos online conseguiram abranger pessoas de todo o mundo, foi uma grande repercussão, com participação de alunos e ex-alunos. Para mim é uma satisfação muito grande, trabalho no curso desde o início, o de manutenção, por exemplo, comecei ele do zero, montei a matriz curricular, tenho como um filho, então é um prazer e honra muito grande trabalhar na coordenação desses cursos. Trabalho com amor, sempre fui apaixonado por aviação, desde criança, participei da força aérea, outra paixão que tenho é lecionar, ser professor, unir essas duas paixões docência e aviação é um privilégio e espero continuar mais 10 anos e comemorar os 20 anos”, Kerley Oliveira, coordenador dos cursos de Aviação da Linha Verde.

 

 

Por Bianca Morais 

A Dígito Zero é uma produtora que faz parte do Núcleo Audiovisual da Fábrica. Durante muito tempo a DZ, assim chamada carinhosamente por alunos e equipe,  se envolvia pouco em projetos institucionais e o seu trabalho era dar suporte ao curso de Cinema e Audiovisual em demandas práticas, comunicação com alunos e projetos de extensão. No entanto, desde que a produtora foi integrada a Fábrica, ela passou a ter um papel muito importante para toda a Una, sendo requisitada constantemente para produção de materiais de cunho institucional que vão de produção de podcasts, gravação de programas para o Youtube, à transmissões ao vivo. 

Estúdio de TV
Estúdio de Rádio

Além da Dígito Zero, dentro da Fábrica Audiovisual, encontra-se também o NAV, enquanto a DZ é a produtora, que faz os vídeos, programas, podcasts, animações, etc, o NAV é setor que disponibiliza todos os equipamentos e estúdios para a produtora trabalhar. Olhando pelo lado acadêmico, o NAV empresta aos alunos e professores aparelhos e ambientes para realização de práticas e trabalhos. 

A equipe completa da DZ conta com o técnico Mateus Felix, e a estagiária Malu Saraiva, no NAV temos os técnicxs Gladison Santos e Ariadne Tannus e a estagiária Milena Barbaro, e o líder de ambos laboratórios, Raphael Campos.

As Parcerias do Núcleo Audiovisual

Durante a série de reportagens dos 60 anos da Una, vimos muitos projetos de extensão desenvolvidos por diferentes cursos da faculdade, e por trás de grande parte deles, está a participação da Dígito Zero e Nav, na produção audiovisual.

No Gastrouna e UnaTrend, a equipe responsável por fazer as vinhetas e chamada dos alunos, no dia do evento, cobrem e fazem transmissões ao vivo. 

No Lumiar, eles fazem todo o processo de assistência técnica, montam as estruturas, as câmeras, ajudam a escolher e legendar filmes, como evento do curso de cinema, eles ajudam na produção geral.

“Fizemos um belo trabalho na cobertura do Una Trend 2019/2, foi um desafio transmitir ao vivo o evento em dois telões simultaneamente e produzir um showreel do evento. Destaco, também, a live Volta às Aulas 2021.1 que demandou muito da parte técnica e o resultado foi muito bom” comenta Raphael.

 

Suporte aos alunos

Sem deixar os alunos de lado, a Dígito Zero e NAV é um grande suporte não somente para o curso de cinema, mas a todos, principalmente ligados à área de comunicação, onde auxiliam em demandas práticas e projetos de extensão. O núcleo é muito procurado pelos estudantes para aprenderem ferramentas dos softwares de edição e animação. 

Além da produção constante de conteúdo importante para a vida profissional do aluno e o desenvolvimento de projetos de extensão, os núcleos oferecem um trabalho de monitoria aos alunos.

“Para os alunos nós somos um apoio, muitas vezes o professor não pode estar presente a todo momento, mas nós sim, estamos lá para ensinar o que eles podem e não podem fazer. Já peguei muito aluno desesperado com o programa, ‘eu não sei mexer nisso’ e eu vou e salvo a pessoa, você ajuda e o aluno e ele fica muito grato”, conta Isabela Fonseca, ex técnica do laboratório.

 

Projetos em Ação

Assim como o Jornal Contramão, a Fábrica Audiovisual está preparando matérias especiais para a comemoração dos 60 anos da instituição, o núcleo irá produzir uma série de vídeos intitulada “60 Anos em 60 Segundos”, com depoimentos de pessoas que têm a Una como um personagem importante em sua vida. 

Em parceria com o Contramão, também irão produzir o Papo com a Fábrica: Reitores, que será gravado no Una Cine Belas Artes. Um bate papo entre os reitores recentes da instituição, conversando sobre momentos marcantes da Una. 

“Vai ser um momento especial, acreditamos que o resultado será um registro histórico muito importante”, comenta Raphael.

Fachada Una Cine Belas Artes

Canal Fábrica AV

O Canal Fábrica AV no YouTube, é um projeto interno da Fábrica Audiovisual, onde são produzidos conteúdos em série que vão de videoaulas sobre equipamentos de áudio à crítica cinematográfica. Com o principal objetivo de auxiliar os alunos dentro da área do audiovisual, principalmente aqueles que mexem com essa parte mais próxima, como os estudantes de jornalismo e designer.

O projeto foi idealizado pela técnica Isabela, que atua na coordenação e apresenta seu próprio quadro, De Zero a Herói. Além do canal, eles ainda tem a página no Instagram.

“De segunda a sexta nós temos conteúdos relevantes para o mundo audiovisual e falamos de absolutamente tudo, do rádio, novela, cinema, fotofilmes, elementos que às vezes não são tão colocados na faculdade”, diz Isabela.

Para acessar o canal, clique no link. 

 

É de casa

Da equipe da Dígito Zero, Isabela Fonseca, com certeza, é uma das mais antigas, a técnica deixou o laboratório no final de julho. A ex- técnica entrou como estagiária em 2018, e durante 4 anos participou ativamente das atividades do núcleo.

Isabela Fonseca, ex-aluna da Una e ex-técnica do lab.

“Já ajudei a produzir diversas edições do Gastrouna, Unatrend, Lumiar. Já fiz coordenação de oficinas, fiz um projeto de clipe para a cantora Mariana Cavanellas, esse em específico eu tive que selecionar os alunos que iriam fazer parte da produção. Participei também de um que chama Gororoba, projeto filantropo onde eles ensinam gastronomia para pessoas trans, cobrimos todo o processo e filmamos todas as aulas com os alunos”, relembra Isabela.

Para Isabela, a Dígito Zero sempre foi sua casa dentro da Una, ali ela conseguiu o primeiro estágio, o primeiro emprego fixo, e onde passou a maior parte de sua graduação, trabalhando durante o dia e realizando seu Trabalho de Conclusão de Curso.

“Eu chegava lá por volta das 7 da manhã e ia embora às 22h30, eu passava basicamente dois terços do meu dia inteiro dentro da Dígito, lá foi o lugar que me proporcionou conhecer pessoas maravilhosas, tem amigos lá que se tornaram família para mim”, completa ela.

Foi na Dígito Zero, que Isabela deu os primeiros passos no mundo do audiovisual, aprendeu a trabalhar em diversos programas importantes e melhorou sua performance em diversas áreas, como edição.

“Eu sou animadora e aprendi o After Effects, essa habilidade de animação eu vou levar para toda minha vida. Aprendi a mexer em câmera, eu não tinha noção nenhuma de como trabalhar e hoje eu sei configurar, montar, guardar, guardar equipamentos, fazer pré e pós produção, roteiro, eu sei fazer tanta coisa que eu não sabia fazer antes de entrar na DZ”.

Muito além de produção, a jovem também aprendeu a coordenar e liderar, organizar equipes, fazer escolhas, a se comunicar melhor com as pessoas. “Sempre fui uma pessoa um pouco mais fechada, de programa, aquela que fica na pós produção, eu e o computador, e de repente eu tinha que lidar com aluno, professor e tudo isso foi de grande importância para mim”.

O Nav

Gladison Santos, é técnico do Nav há 4 anos, e em entrevista explicou um pouco mais sobre o núcleo que junto a Dígito Zero formam o Audiovisual da Fábrica.

Gladison Santos

1. O que é o NAV e desde quando ele existe?

O NAV é um núcleo criado em 2011 que coordena os equipamentos e laboratórios audiovisuais da Una Liberdade

 

2. Qual papel ele desempenha?

A função do NAV é ajudar os alunos e professores com empréstimo de equipamentos e o uso dos estúdios.

 

3. Quais são os suportes que o NAV oferece para os alunos?

Damos suporte aos alunos emprestando equipamentos para produção de conteúdo audiovisual, ensinamos como usar os equipamentos e também auxiliamos em edições no laboratório iMac através de um estagiário.

 

4. E para a instituição?

Nosso suporte para a instituição é com o empréstimo dos equipamentos para as produções de vídeos feitos pela Dígito Zero e outros laboratórios como: Una 360 e o próprio Contramão.

 

5. Quais são os cursos que mais procuram pelos equipamentos do NAV e o que eles geralmente procuram?

O curso que mais procura pelos equipamentos do NAV é o de cinema, seguido de perto pelo jornalismo. A procura são por equipamentos gerais para criação de vídeos, sendo as câmeras (fotográficas que filmam) as mais procuradas.

 

6. Qual a diferença você vê no NAV de quando entrou para hoje?

Além dos técnicos que mudaram, hoje temos um envolvimento maior nas produções, inclusive Lives, temos mais equipamentos e conseguimos ajudar mais alunos, professores e laboratórios. Hoje o NAV faz parte da Fábrica Audiovisual, um “braço” da Fábrica e isso foi uma grande, e boa, mudança. Temos também um perfil no Instagram (@fabrica_av) com dicas diárias do mundo audiovisual e também um canal no YouTube (Fábrica AV) com quadro sobre edição de vídeo, oficina sobre equipamentos e resenha de filmes (até o momento).

 

7. Como técnico do NAV, como você procura ajudar os alunos? E quais as principais dificuldades eles mais apresentam?

Como técnico tento ajudar os alunos a escolher os melhores equipamentos para cada tipo de produção, para cada projeto, além de mostrar como cada um funciona. A maior dificuldade é em relação aos equipamentos de áudio e o laboratório de rádio, estes realmente são mais complicados e os alunos geralmente pedem a nossa ajuda.

 

8. Na sua opinião, qual a importância do NAV para a Una?

Eu acredito que o NAV seja muito importante pois proporcionamos aos alunos a praticarem o que aprenderam na sala de aula aumentando ainda mais o conhecimento. Sem o suporte do NAV / Fábrica Audiovisual as produções audiovisuais teriam mais dificuldades para serem realizadas.

 

Com a palavra, o líder

Rapahel Campos

“Acredito que é muito importante termos uma produtora audiovisual funcionando dentro de uma unidade tão diversa, produtora e criativa. É um espaço para o aluno experimentar e aprender, a DZ oferece isso aos alunos. Ela é um local de aprendizado para todos os estudantes, uma troca constante de conhecimento e experiência. Hoje todo o time é composto por alunos e ex-alunos da instituição, faz parte do nosso DNA dar espaço e a base necessária para os alunos evoluírem profissionalmente.

Durante a pandemia nós nos reinventamos, substituímos o suporte presencial pelo online através de postagens diárias no Instagram de muitos conteúdos técnicos do cinema e audiovisual. Hoje contamos com mais 400 postagens que vão de curadoria de filmes e séries a tutorias de motion graphic” – Raphael Campos

 

Edição: Daniela Reis