Tags Posts tagged with "biblioteca pública"

biblioteca pública

A biblioteca pública localizada no Palacete Dantas – Praça da Liberdade, 317 – Belo Horizonte, MG, apresenta a exposição literária denominada “Das Contingências do Amor” que teve início no dia 31 de Maio e ainda não tem data prevista para término.

O intuito da exposição é despertar, motivar ou renovar o prazer da leitura. “Cada mostra contém a síntese da obra de um autor ou extratos de um livro muito significativo na história da literatura ou ainda em textos relacionados a um tema de interesse dos leitores da biblioteca pública.”

Por: Henrique Muzzi e Laís Sena

A Biblioteca Pública de Belo Horizonte, apresenta até o dia 30 de junho a Exposição Naïf, quadros que retratam a vida do artista José Raimundo Naïf. Nascido no sul de Minas Gerais, na zona rural de Pouso Alegre, Naïf que antes era jardineiro descobriu seu talento no ano 1999, quando foi trabalhar na casa do artista plástico Fábio Ferrão. Contando com o incentivo de Ferrão, o jardineiro hoje é artista, trabalha com pinturas e gravuras que representam a zona rural de Pouso Alegre.

imagem-325

Os quadros trazem imagens de festas típicas, trabalhadores do campo, sítios e fazendas da região e cavaleiros.

Com cores atrativas e traços simples e delicados, o artista encanta o público. A estudante Andréia Campos, 23, diz que se encantou com os tons e a vivacidade das obras, “ Gosto dos traços que ele usou, a forma como ele agrupou os elementos na tela, isso é um diferencial e muito elegante”, ressalta a jovem. imagem-333

Para conhecer mais o trabalho de José Raimundo acesse a sua galeria no flickr

imagem-332

imagem-330

Por Ana Paula Sandim

A menos de dois dias para o início da Copa do Mundo, o futebol começa a tomar conta das ruas e até aqueles que não gostam muito do jogo, se reúnem tomados pelo sentimento torcedor. Neste ano, a Copa do Mundo comemora seus 80 anos e pensando nisso, a Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa recebeu esta tarde, o historiador Raphael Rajão Ribeiro pelo Projeto Aula na Biblioteca.

Ribeiro é mestre em História pela UFMG, historiador do Arquivo Público de Belo Horizonte e autor da dissertação “A Bola em Meio as Ruas Alinhadas e a uma Poeira Infernal: os Primeiros Anos do Futebol em Belo Horizonte (1904- 1921)”. Com a palestra “Primórdios do futebol belo- horizontino: dos anos inicias à década de 20”, o historiador contou a história do futebol desde seu surgimento na Inglaterra, no século XIX, até sua consolidação em Belo Horizonte, destacando sua importância no cenário esportivo.

A estudante de Letras, Gabriela Moreira, 22, aprovou a iniciativa da biblioteca: “Além de trazer conteúdo histórico, é um bom passo para incentivar a torcida pelo Brasil nessa Copa”, disse.

Além da palestra, teve início também uma exposição reunindo livros e periódicos que apresentam a história do futebol, por meio de imagens marcantes e sua abordagem na literatura e na imprensa.  A exposição é aberta a todos e está disponível no 2º setor da biblioteca, de 8 as 18 h até o início de julho.

Por: Débora Gomes

Na tarde dessa quarta-feira a Biblioteca Publica Luis Bessa recebeu a coordenadora do curso de História da UFMG, Mestre de ciências sociais, Elizabeth Guerra Parreiras, que contou um pouco de sua experiência de 2 anos na pesquisa da imigração portuguesa, ressaltando as dificuldades e descobertas.

Parreiras descreveu em sua palestra a principal motivação para os portugueses saírem de seu país nesse período e as possíveis causas para eles escolherem o Brasil, e para os residentes em Belo Horizonte, essa cidade tão pouco conhecida no exterior, para estabelecerem suas vidas e formarem sua “nova pátria”.

Justificando a escolha desse período de pesquisa (1975 á 1990), a Mestre de ciências sociais relata que a data de inicio da análise foi selecionada por conta da conhecida revolução dos cravos ou revolução 25 de abril de 1974, momento de transição em Portugal. Já a data de 1990, foi escolhida, pois nesse período Portugal se integrou ao grupo da União Européia.

A pesquisadora demonstrou sua surpresa diante das histórias contadas pelos entrevistados, “Momentos de emoção, que foram transmitidas através dos familiares. Alguns dos portugueses contaram sobre o falecimento dos seus parentes e do pesar de terem saído da sua nação”, declara a palestrante.

A palestrante ressalta ainda que Brasil e Portugal criaram um elo devido a ligação estabelecida entre as duas nações neste período. Uma mistura de culturas, costumes e crenças diferentes, resultando na miscigenação dos dois países.

dsc_0144A Palestrante Elizabeth Guerra Parreiras

Por: Iara Fonseca, Danielle Pinheiro

Fotos: Iara Fonseca

<!–[endif]–>

A exposição permanente de livros que destacam temas variados, neste mês fala sobre medicina alternativa, intitulada “Mito, embuste ou ciência?”. “Em Destaque” tem chamado atenção dos visitantes que por ali passam diariamente. A Biblioteca Pública Estadual Luiz Bessa tem tido um maior número de visitantes e um aumento em seus empréstimos por causa da exposição. Os livros também chamam a atenção para assuntos que, muitas vezes, estão próximos mas nem sempre paramos para realmente entender do que se trata.

Para empréstimos é necessário levar Identidade, comprovante de endereço e uma contribuição de R$3,00 (Três reais) para adquirir a carteirinha válida por dois anos. A biblioteca fica aberta ao público de segunda a sexta, das 8 às 20 horas e sábado de 8 às 13 horas.

 

Por Camila Sol

0 741

Preparação para o vestibular 2011? É o que a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) juntamente com a Biblioteca Estadual Luiz de Bessa, iniciou esta tarde. Numa cerimônia descontraída, funcionários, diretores e usuários da biblioteca receberam kits contendo os exemplares das obras que serão indicadas ao vestibular 2011.

A UFMG realiza essas doações anualmente à biblioteca, desde 2002. Segundo a Superintendente de Bibliotecas de Minas Gerais, Áurea Eloísa Godinho, os livros serão destinados ao setor de empréstimo, com a prioridade de acesso à vestibulandos, além do Carro Biblioteca, que funciona desde o ano de 1960 levando informação e cultura aos bairros da Região Metropolitana de Belo Horizonte, com intuito de despertar o interesse pela leitura. Os livros doados foram:

– O Desertor – Silva Avarenga;

– A Carteira de Meu Tio – Joaquim Manuel de Macedo;

– Contos de Aprendiz – Carlos Drummond de Andrade;

– A Estrela Sobre – Marques Rebelo;

– O Homem e sua Hora – Mário Faustino.

O usuário pode ficar com a obra por sete dias e devido à grande procura, não há renovação . A partir do dia 28 de abril, os livros já estarão disponíveis para empréstimo.

Por: Débora Gomes e Camila Sol