Tags Posts tagged with "campanha"

campanha

Primeiro de Dezembro é lembrado como o Dia Mundial de Luta Contra a Aids. Dados da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) apontam que, em Minas Gerais, até novembro de 2011, são 30.889 casos notificados.

dsc_0303Os índices de casos da Aids entre jovens de 15 a 24 anos têm crescido nos últimos anos. Atento a estas incidências, o Ministério da Saúde lançou, nesta quinta,  a campanha do Dia Mundial de Combate à Aids, com o foco de suas ações no público jovem e gay. O slogan é “A Aids não tem preconceito. Previna-se“. A campanha será estendida até o carnaval, em fevereiro.

O vereador Tarcísio Caixeta (PT), ressalta que “é preciso disseminar a conscientização quanto a prevenção da Aids. Campanhas como esta promovidas pelo Ministério da Saúde contribuem efetivamente para a informatização da população”, afirma Caixeta.

No Brasil, o total de pessoas portadoras de HIV chega a 600 mil desde o início da epidemia, há 32 anos. De acordo com a secretaria de Saúde, em 2010, 3.238 novos casos foram registrados em grupos de jovens, ma faixa etária entre 15 e 24 anos. A campanha  será veiculada também nas redes sociais, buscando atingir principalmente os jovens, público alvo da ação.

Em entrevista, a coordenadora de Políticas de Diversidade Sexual da Secretaria de Desenvolvimento Social de Minas (Sedese), Walkiria La Roche, afirma ter se surpreendido com o aumento dos casos na população gay e jovem. “Existem diversas instituições atuantes, levando informações ao segmento LGBT (Lésbicas, Gays,Bissexuais e Transgêneros). Nosso trabalho é feito diretamente em casas noturnas, saunas e pontos de encontro. Não esperava por isso”.

Campanha local

No último sábado (26), a Secretaria Municipal de Saúde (SMSA) realizou um evento na Praça da Liberdade para marcar o Dia Mundial de Luta Contra a Aids, com o tema  “Camisinha: use essa idéia”.

As atividades propostas buscavam conscientizar a população para a prevenção da doença. Além de oficinas de sexo seguro, distribuição de camisinhas e material educativo, atrações musicais também marcaram presença e animaram o evento.


Texto: Marina Costa

Foto: Marina Costa

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte – CDL, em parceria com a Bhtrans realizou nessa sexta-feira, em paralelo a abertura da semana Nacional de Trânsito, ações para a Campanha “Não morra no Trânsito”, com o intuito de conscientizar a população sobre os perigos que uma direção imprudente pode trazer para as vidas tanto dos condutores de veículos e passageiros, como dos pedestres.

O público alvo das ações são pessoas entre 20 e 29 anos, idade que de acordo com a Confederação Nacional de Municípios (CNM) tem maior número de mortos por acidentes de trânsito. As causas mais comuns dos acidentes são consumo de bebida alcoólica, imprudência e negligência, falta de atenção e condições ruins dos veículos.

A campanha que tem duração de dois dias realiza ações como orientação de pedestres e motoristas, com abordagem educativa e distribuição de kits, vistoria de itens básicos de segurança de veículos, abordagem noturna com distribuição de material educativo nos bares da região e uma vitrine educativa que é a exposição de um veículo sinistrado (batido) suspenso por um guincho.

O uso da cadeirinha para proteção das crianças no banco de trás dos veículos, também é um dos assuntos abordados pela campanha.

dsc_0670

Concientização no semáforo

dsc_0682

Vitrine  educatica : carro sinistrado elevado por um guincho

dsc_0687

Teatro educativo na rua Pernambuco

695-1

Blitz para checagem dos itens básicos de segurança nos veículos

Alguns números alarmantes do trânsito em Belo Horizonte:

– 59% das vítimas fatais de acidentes nos últimos anos estavam alcoolizadas;

– De 2000 a 2007 as mortes masculinas constituíram 80% dos óbitos totais;

– Em média 30% dos acidentes é atropelamento de pedestres por veículos;

– Acidentes com motos aumentaram de uma taxa de 9% em 2000 para 22% em 2007;

– Número de vítimas fatais com vítimas que morreram no local do acidente subiu de 15.972 em 2004 para 19.675 em 2008;

Fontes: BHTRANS e CNM

Por Danielle Pinheiro

0 493

Teve início na última segunda- feira, 8 de março, a Campanha de Vacinação contra o vírus Influenza A (H1N1) em todo o país. A vacina será gratuita e se dividirá em 5 etapas, priorizando trabalhadores da rede pública em sua primeira etapa.

Além dos Postos de Saúde de cada bairro, serão instalados postos volantes em diversos pontos da cidade. A região da Praça da Liberdade será privilegiada. Em contato com responsáveis pela campanha, a secretaria informou que o local ainda não está definido, mas que a região receberá sim um posto volante para facilitar o acesso da população.  A biblioteca pública é um dos locais cotados para receber a campanha. A estudante Marina Assunção, 21, moradora da região, acredita que os postos volantes facilitarão o acesso da população à vacina “Os postos vão ficar muito cheios. Com os postos volantes, a população poderá se dividir e facilitar o trabalho dos funcionários da saúde e diminuir as filas”, afirma.
A expectativa é de que esses postos sejam instalados para a terceira etapa da campanha, que terá início no dia 5 e terminará dia 23 de abril, priorizando a população de 20 a 29 anos.
Confira abaixo o cronograma de imunização:
* De 8 a 19 de março- Trabalhadores de serviços de saúde (funcionários das áreas de limpeza, recepcionistas, motoristas, médicos e enfermeiros) e a população indígena.
* De 22 de março a 2 de abril – Portadores de doenças crônicas, exceto idosos, crianças de 6 meses a 2 anos de idade , que receberão duas doses e meia, sendo a segunda 21 dias após a primeira aplicação.
* De 5 a 23 de abril – População adulta saudável de 20 a 29 anos
* De 24 de abril a 7 de maio- Maiores de 60 anos portadores de doenças crônicas e mulheres grávidas serão vacinadas da segunda até a quarta etapa

Por: Débora Gomes

Foto: https://1.bp.blogspot.com