Tags Posts tagged with "Centro Universitário UNA"

Centro Universitário UNA

0 100

Hoje, de 17 às 18h30, acontecerá o Encontro Participativo Global sobre clima e justiça ou Worldwide Teach-In. O evento é um projeto do Programa de Pós-Graduação em Sustentabilidade do Bard College, em Nova Iorque, EUA, em conjunto com os parceiros mundiais e da Open Society University Network.

Serão ministradas palestras gratuitas e haverá tempo para debate sobre as mudanças climáticas relacionadas a diferentes disciplinas, como biologia, agronomia e um pouco de política. O evento da UNA ocorrerá de maneira concomitante a vários eventos ao redor do mundo.

Serão 5 palestras curtas promovidas pela Una:

-Bruno Warlwy (professor da Una): Clima e desigualdade global

-Ariane de Andrade (professora da Una): Desastre em Mariana e o surto de febre amarela logo após

-Parthenis (Agrônoma convidada) Agricultura e mudanças climáticas

-Cláudia Costa (professora da Una): Mudanças climáticas: mais uma (Grande) Ameaça à biodiversidade

-Dany Amaral (Secretário de Mudanças Climáticas de Belo Horizonte): Atuação de profissionais da saúde: adaptação e mitigação a mudanças climáticas.

As inscrições devem ser realizadas no link.

Saiba mais aqui sobre os Encontros Participativos Globais e quais locais do mundo estão participando: https://gps.bard.edu/pt/world-wide-teach-in

 

0 120

Por Keven Souza

Nos dias 08, 09 e 10 de abril, a Cidade Universitária Una receberá, no campus Aimorés, estudantes do ensino médio para participarem de mais uma edição do miniTEMAS. O projeto oferece simulações temáticas a partir da representação de comitês feitos por alunos, em debates que abordam assuntos de interesse público, como questões políticas, sociais e econômicas. O evento acontecerá de forma presencial e para participar o estudante deve ficar atento às redes sociais do projeto (@temasmg), bem como ao site para a inscrição. 

O miniTEMAS é um modelo de simulações ao nível secundarista feito para jovens do 9° ano do ensino fundamental, médio e vestibulandos, que nasceu dentro de outro evento, o TEMAS – Simulações Temáticas. O TEMAS se caracteriza como uma iniciativa de simulação negocial feita por e para estudantes do ensino superior, mantida por graduandos de diferentes instituições para além de Belo Horizonte. 

Criado em 2005, elege a cada ano uma temática central escolhida de forma alternada entre regiões geográficas e conceitos, promovendo debates em um ambiente simulado de uma organização internacional ou nacional. Hoje, somando 17 edições apresentadas, o TEMAS tem lugar de destaque no cenário nacional dos Modelos de Simulações. Integra o Modelo das Nações Unidas, reconhecido como referência para a área acadêmica do estado de Minas Gerais, tanto pela sua excelência de recriar situações hipoteticamente reais desde suas primeiras conferências, quanto por seu engajamento com os delegados dos demais estados a partir do extenso networking que possuem. 

Parceria com a CDU

Já o miniTEMAS, que é pensado para estudantes do ensino médio, teve sua estreia em 2013 e desde suas primeiras edições vem se superando a cada ano para proporcionar ávidas experiências para os jovens. Como um grande sucesso, emplaca mais de 7 edições realizadas, onde teve como premissa a promoção do pensamento crítico, o fomento da diplomacia e o estímulo do protagonismo jovem.  

Neste ano, a proposta não é diferente, o assunto do miniTEMAS 2022 será “Justiça”, como uma adaptação do último TEMAS para aproximar os adolescentes do ambiente diplomático por meio de competências comportamentais desenvolvidas nesta proposta de simulação. Tais como, a construção de diplomacia, argumentação, liderança, persuasão  e outras habilidades. 

Segundo Eduardo Lima Gonçalves da Fonseca, coordenador discente do TEMAS e estudante do sexto período de Direito da UFMG, esta 8ª edição pretende tratar a justiça a partir de uma interpretação crítica, expondo as diversas formas e visões sobre o justo. 

“A temática foi pensada como um catalisador de discussões sobre diversos âmbitos das relações internacionais, do direito e da comunicação, de forma que todos os comitês partam das seguintes indagações: ‘O que é justiça?’ e  ‘A quem e a quais propósitos ela serve?’. Explora ainda o conceito na abordagem da justiça ideal e a justiça real”, explica. 

Para ele, o miniTEMAS 2022 já é um evento aguardado. “Temos uma expectativa alta considerando tudo que já organizamos, esperamos que juntamente com a UNA e o resto de nossa equipe, possamos superar esses anseios e fazer um ótimo evento para todos”, diz.

Raphael Paulino (coordenador da Una), Gustavo Parreiras e Lucas Chelala (organizadores do TEMAS) na Una Aimorés

A ideia do miniTEMAS 2022 acontecer na Cidade Universitária Una se deu a partir de uma das discentes da instituição que, por conhecer a equipe de alunos gestores do projeto, contactou a coordenação responsável de cursos para tal parceria.

“De pronto, optamos por viabilizar a proposta, entendendo que será uma oportunidade significativa de desenvolver um evento robusto dentro de nosso campus”, diz o economista e coordenador da área de Gestão & Negócios, Raphael Paulino, sobre oportunizar a sinergia. 

De acordo com Raphael, agora com a proposta firmada, o time responsável pelo campus Aimorés está desde já se preparando de forma plena para sediar o evento e conectar os estudantes com a magia do universo acadêmico. “Começamos a nos preparar planejando, junto aos estudantes universitários do miniTEMAS, os melhores espaços e a dinâmica esperada de acordo com cada comitê que participa do evento. É parte de nosso propósito transformar por meio da educação e fazer com que nossos espaços físicos sejam ocupados de modo cada vez mais democrático”, explica.

Para ele, o ensino básico brasileiro tem tido um gap educacional que traz certa defasagem em competências essenciais para o mercado e as relações interpessoais, no entanto, com mais uma edição do miniTEMAS, é a oportunidade ideal para os jovens buscarem desenvolver competências a partir de uma experiência enriquecedora. 

“Como sabemos que ainda há um gap nos currículos acadêmicos acerca das soft skills, recomendo que todos possam participar e, desde já, programem-se para tal. Será uma oportunidade de os estudantes de ensino médio vivenciarem uma dinâmica de trabalho muito edificante”, ressalta Raphael. 

Una campus Aimorés 

Localizada no coração do bairro de Lourdes, na região centro-sul de Belo Horizonte, a unidade conta com auditório para eventos, laboratório de informática, laboratórios específicos para diversos cursos, núcleo de prática jurídica e área de convivência. Além do Casarão Afonso Pena Júnior, que é um destaque tombado como patrimônio histórico.

R. dos Aimorés, 1451 – Lourdes, Belo Horizonte/ MG

De segunda a sexta-feira, das 8h às 21h.

Telefone: (31) 3235-7300

 

0 141

Por Bianca Morais

Os alunos do Centro Universitário Una, Luan Reis (do curso de Ciências Econômicas) e Anna Zuppo (do curso de Marketing), conquistaram o desafio organizado pelo Sicoob Coopjus. 

O CoopExperience é um programa do Sicoob Coopjus para a comunidade universitária de Minas Gerais, com palestras sobre Cooperativismo de Crédito, Educação Financeira e Empreendedorismo, por meio das plataformas digitais, que culminam em um hackathon: uma competição entre jovens universitários entre 18 a 35 anos, em busca de soluções para o cooperativismo. Ao final dessa disputa, os 3 primeiros lugares são premiados.

A ideia do evento partiu da necessidade em difundir o cooperativismo de crédito entre os jovens, principalmente os universitários. Com o principal objetivo de despertar nos jovens o interesse pelo cooperativismo de crédito, provocando-os a pensarem em soluções criativas e aplicáveis para desafios reais, promovendo aproximação entre o conhecimento teórico e o mercado de trabalho, o CoopExperience oferece a eles palestras com a temática. 

Na primeira edição, realizada em junho de 2021, o evento contou com a participação de 100 jovens universitários. Ao todo, foram recebidos 8 projetos de inovação, com iniciativas para a área de tecnologia e marketing digital. Já na segunda, feita em novembro de 2021, teve o desafio de propor soluções para a seguinte temática: “Como ensinar educação financeira para jovens de forma criativa e inovadora?”

Equipe Una/Sicoob Coopjus Renata Santos, Planejamento e Controle Sicoob, Aline Moreira, prefeita Aimores, Raphael Paulino, coordenador CDU, Rodrigo Máximo, gerente geral de negócios Sicoob Coopjus e Ana Carolina Sarmento, diretora CDU

No primeiro dia dessa segunda edição do CoopExperience, teve a palestra: “Planejamento Financeiro para Jovens” com Sabrina Amélia, Fundadora da Escola Mercado Financeiro e Doutora em Finanças. No segundo, Priscila Brandão, que é CEO e Fundadora do Na Trilha do Direito e especialista em carreiras, ministrou uma palestra sobre “Como o intra e o empreendedorismo podem auxiliar nos desafios da carreira no século XXI”.

Os projetos apresentados pelos finalistas foram: “O jogo da vida financeira”, “O jogo Coopcash Finances” e a estratégia de gameficação chamada “Educação Financeira para jovens”. O projeto que alcançou o primeiro lugar foi o “Educação Financeira para Jovens” cujo diferencial foi o aprofundamento na temática, tendo aplicabilidade real da ideia no Sicoob Coopjus, exigindo um baixo valor de investimento.

“O programa alia inovação, juventude e cooperação, principalmente sob a ótica da educação financeira, instigando os jovens a terem mais contato e conhecimento do cooperativismo de crédito, que vem conquistando seu espaço no mercado financeiro brasileiro. Além de ser uma oportunidade para o jovem desenvolver soluções de problemas reais, aplicando seus conhecimentos teóricos”, comenta Rodrigo Máximo, Rodrigo Máximo, gerente geral de negócios Sicoob Coopjus.

Para Raphael Paulino,coordenador de Grande Área – Gestão & Negócios e Tecnologia da Informação da Una, esse evento beneficia os alunos do Centro Universitário Una, por propiciar uma interlocução mais próxima com o sicoob e favorecer acesso a informações de cooperativismo.

“O CoopExperience beneficia o aluno da Una ao fazer com que ele tenha um contato direto com o Sicoob, uma empresa de cooperativismo de crédito que atua no mercado financeiro, e possa ter essas informações relativas ao cooperativismo de crédito e as modalidades de concessão de crédito que possam ser interessantes, inclusive para eles, de um ponto de vista pessoal. A importância da participação deles está justamente na vivência propiciada pelo evento, eles tem o contato com soluções reais para problemas reais que o mercado de fato enxerga valor”, diz ele.

Em uma visão mais ampla, o CoopExperience beneficia a Una no geral pois evidencia para os alunos o mercado e para instituições a proximidade em termos de B2B com uma empresa que tem uma solidez significativa de cooperativismo de crédito no país e uma ênfase grande no desenvolvimento socioeconômico local e regional.

“Eu avalio a participação do alunos no evento como muito positiva, tanto na participação das palestras que são desenvolvidas ao longo do evento, como dentro do hackathon que é executado nos últimos dias, nela os alunos têm se engajado muito no aprendizado e absorção de conhecimento, não apenas pelo prêmio mas por performar e apresentar soluções que sejam interessantes para o mercado”, conclui Raphael.

0 415

Por Keven Souza

A Clínica Integrada de Atenção à Saúde e Nutrição da Una, localizada na região Centro-Sul de Belo Horizonte, a partir desta semana, volta a realizar consultas e está com agendamentos abertos para atendimentos gratuitos nas áreas de Ortopedia, Neurologia, Saúde da Mulher, Geriatria, Reumatologia, Cardiorrespiratório, dentre outras. O espaço retorna às atividades presenciais de forma gradativa e minuciosa este ano, após um período de recesso, com o ensejo de atuar novamente lado a lado a quem precisa de um cuidado especial ligado à saúde. 

Os atendimentos são feitos pelos estudantes da instituição sob supervisão de uma equipe de preceptores clínicos com expertise nas áreas ofertadas e podem trazer alívio de dores causadas por algum incômodo ou doença. Para participar das consultas é necessário se inscrever através de um formulário on-line, manifestando interesse em ser atendido nas áreas disponíveis. Feito o cadastro, é só aguardar o contato da clínica. 

 

Venha participar!

A Clínica Integrada é um projeto da Una que, além de ter buscar melhorar a qualidade de vida, saúde e bem-estar das pessoas, oferece ao aluno a oportunidade de ampliar o conhecimento através de um processo de ensino-aprendizagem com serviços importantes à comunidade. Posto isso, o trabalho é oferecido a todos aqueles quem precisam de antedimento clínico, dando preferencia para a população carente que não possui acesso ou condições. Entre os serviços mais buscados estão a assistência estética, farmacêutica, nutricional, psicológica e agora fisioterapêutica. 

Juliano Pinheiro, fisioterapeuta e um dos responsáveis pelo espaço, explica que a retomada dos serviços significa beneficiar todo o entorno. “A melhor notícia é estarmos no centro de BH. Isso é fantástico, pois quem não tinha o aporte financeiro ou um plano de saúde, agora pode ter acesso ao atendimento”, comenta. 

De acordo com ele, a Una prestar um serviço clínico, devidamente qualificado e gratuito, desperta uma grande espera sobre a participação das pessoas nesta volta da clínica. “A nossa expectativa é a melhor possível, pois temos uma equipe tanto de alunos quanto de preceptoria, motivada e sempre disposta a prestar o melhor atendimento dentro das bases científicas apuradas, é a melhor visão possível”, ressalta. 

Para garantir sua vaga,  acesse o site ou cadastre pelo link.

0 156

Dentro da universidade, Alma Una é o espaço que acolherá ideias disruptivas, projetos empreendedores e empresas do setor 

Por Keven Souza

O Jornal Contramão se propôs escrever 60 matérias para marcar o sexagenário da Una. Foram pesquisas, entrevistas, conversas e mais conversas com diretores, professores, colaboradores e alunos. A nossa série “60 anos. 60 histórias.” chega ao fim com um sentimento de dever cumprido e a certeza que essa instituição evoluiu muito durante essa jornada. 

E para fechar esse projeto escolhemos falar da Alma Una, o centro de inovação que vem por aí, confira! 

Alma Una 

O Centro Universitário Una está elaborando o seu próprio centro de inovação, um projeto surpreendente em toda sua substância que promete aquecer o ecossistema de inovação e educação de Belo Horizonte. O hub se chama Alma Una, se localizará no campus Aimorés para conectar o passado, que permeia através do tombamento cultural do prédio, e o futuro, que abraça a integração da tecnologia, na simbiose perfeita para apresentar uma estrutura completa e ideal para o trabalho colaborativo e o aprendizado experiencial. O espaço trará novos negócios e convergirá todos em uma mesma sintonia a partir do ano que vem. 

Os hubs de inovação são espaços multifuncionais que valorizam o conhecimento voltado à cultura contemporânea e ao empreendedorismo tecnológico. São feitos por uma comunidade que acredita na força e no poder de compartilhar ideias, desenvolver conexões e impulsionar experiências criativas. Nestes espaços podem operar laboratórios, startups, empresas, investidores e o próprio mercado. Ou seja, são imprescindíveis para a economia e o desenvolvimento de grandes projetos e até da cidade onde eles se instalam. 

Em Belo Horizonte, existem diversas empresas que se atentam à tecnologia e são do nicho inovador, como a Órbi e o Centro de Inovação e Tecnologia do SENAI. Contudo, através da implementação da Alma Una, o ecossistema mercadológico da capital está prestes a conhecer algo diferente do que se tem hoje de centro de inovação. É o que explica a administradora e diretora da Cidade Universitária da Una, Carol Sarmento. “O mercado que se tem hoje precisa da participação da academia. Acredito que para BH, o nosso hub de inovação é essencial, porque o setor daqui precisa dessa visão diferente que vem de dentro da universidade. Aquele olhar renovado, sem ruído e totalmente novo. E este é o nosso diferencial, oferecer um capital intelectual qualificado na solução de problemas do mundo real”, diz.

E é exatamente com este diferencial, de ter um espaço que explora, cria, compartilha e experimenta, que o hub da Una trará projetos de interesse social e acadêmico, parcerias com grandes empresas do setor, espaços multidisciplinares, programas e eventos exclusivos, entre outras ações que poderão surgir a partir de uma estrutura inovadora, focada no desenvolvimento de pessoas e no empreendedorismo jovial.

Para acontecer todo esse processo, o projeto arquitetônico tem envolvido diversos profissionais de diferentes áreas para construir um local que abrigue o futuro e não rejeite o passado. Hoje, os espaços projetados para a Alma Una contam com uma infraestrutura única, de dois andares, que preserva o patrimônio cultural do Casarão e abordam um design biofílico (junção da área urbana com a natureza) moderno e arrojado, além de ser acessível a todas as pessoas, incluindo aquelas com necessidades especiais.  

Com ineditismo, o Contramão traz a você os principais ambientes do centro de inovação da Una, confira. 

1º andar 

– Área de convivência externa

– Espaço café/recepção

– Espaço yoga

– Espaço linklab 

– Sala de reunião

– Sala de produção e identidade audiovisual 

– Flow school

2º andar 

– Sala de produção 3D

– Sala de projetos

– Sala de treinamentos

– Sala de colab

– Varanda 

O hub da Una está sendo desenvolvido para integrar não só espaços inovadores na cidade, como seus alunos a um local onde o futuro já começou. A comunidade acadêmica, é um dos pilares da Alma Una, com o propósito de que estejam inteiramente mobilizados a favor de uma visão macro ligada a soluções de problemas do mundo real e que os estudantes possam construir competências e habilidades que o mercado, enquanto campo de evolução, busca nos profissionais. 

De acordo com Carol, essa ideia de ir na contramão do gap de mão-de-obra, já tem sido utilizada pela Una a partir do seu currículo integrado e interdisciplinar. Mas é agora, com o funcionamento do hub de inovação, que tende a modernizar o conceito de ensino superior e trazer um aprendizado acadêmico ainda mais rico e diverso aos alunos. 

“Estamos trazendo uma forma de ensinar diferente do que se tem hoje, totalmente inovadora, um ensino mais próximo de problemas reais, com desenvolvimento de habilidades socioemocionais, que é o que o setor tem buscado dos profissionais, e que propicia interação contínua com o entorno. Na nossa visão este tipo de iniciativa, como a Alma Una, traz um aprendizado diferente, mais rico e completamente inovador, alinhado com as necessidades do mercado de trabalho”, afirma. 

Ela ressalta que, durante anos, as universidades não têm tido uma troca sinérgica com o mercado. “Por muito tempo, a academia tem se distanciando do mercado e as empresas têm criado suas próprias faculdades corporativas. Isso faz com que quando os alunos saem das universidades precisem passar por um treinamento extensivo antes de começarem a trabalhar e atuar nos cargos.”

A partir dessa premissa, o hub tenciona reconquistar essa aproximação com o mercado, mediante o preparo e o entendimento do perfil ideal, de habilidades e competências necessárias, para que os alunos se tornem profissionais genuínos e comecem no setor pronto para poder produzir e entregar resultados incomparáveis. 

A Alma Una, em síntese, é uma iniciativa grandiosa, ousada e traz a expertise necessária para ampliar o conceito de educar. Inclina-se para que empresas, estudantes e frequentadores se apropriem do espaço e sintam-se parte da proposta. O hub encerra o sexagenário da Una neste ano de 2021, como uma das ações visionárias e inovadoras que a instituição entrega mais uma vez aos seus alunos. Um presente que irá abrilhantar a cidade, fomentar a boa convivência e beneficiar o entorno. 

0 141

Por Bianca Morais 

O Centro Universitário Una sempre buscou fechar parcerias fortes e sólidas, principalmente, quando o assunto é colocar seus alunos em contato constante com o mercado, um exemplo delas, é o acordo firmado com a CDL – Câmara dos Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte. 

A proposta dessa parceria promete a execução de vários projetos ligados ao setor tanto acadêmico quanto comercial, com o intuito de trazer vivência mercadológica para os discentes e criar projetos que fomentem o setor lojista. 

A parceria surge do desejo da Una de ampliar seu relacionamento com a Câmara de Dirigentes Lojistas, em consonância com o propósito de transcender os muros das instituições e abraçar o entorno. 

“O principal objetivo da parceria é fomentar as iniciativas do Centro Universitário Una e da CDL Belo Horizonte que possuem propósitos consonantes, corroborando o impacto socioeconômico positivo propagado aos estudantes, aos associados da CDL, e à comunidade em geral”, comenta Raphael Paulino, coordenador de Grande Área – Gestão & Negócios e Tecnologia da Informação.

Com essa ação a Una pretende trazer diversos benefícios aos alunos, entre eles estão:

  • possibilidade de cursar Unidades Curriculares Duais com empresas do portfólio de associados da CDL, com o respaldo administrativo da própria Câmara; 
  • atuar de forma ativa na capacitação de colaboradores das empresas do varejo, podendo aplicar de forma prática o conhecimento da sala de aula; 
  • relacionar-se ativamente com a CDL e empresas associadas, se apropriando das dinâmicas que regem estas empresas e destacando-se frente a estes possíveis empregadores.

Para a Una, a sinergia reforça o posicionamento estratégico junto a uma instituição importante, que possui know-how em inovação aberta e varejo inteligente, e que pode dar ênfase a projetos institucionais. A parceria também reforça o próprio conceito de Cidade Universitária, ao ressignificar o posicionamento geográfico da CDL (muito próximo da CDU) como parte do Ecossistema de Aprendizagem e do B2B.

O fechamento da parceria justifica-se pela possibilidade de mapeamento das iniciativas passíveis de realização conjunta entre Una e CDL e pela transparência em relação às atividades a serem desenvolvidas. Em vista disso, todos os cursos – de todas as áreas do conhecimento – serão beneficiados pela sinergia, por esse motivo as múltiplas frentes nas quais a CDL atua e ainda os múltiplos ramos de atividade das empresas associadas à CDL.

Sobre o desenvolvimento da ação, Raphael, esclarece que ela será oficializada a partir da assinatura de um Termo de Cooperação entre Una e CDL que formaliza as possibilidades de atuação conjunta. 

“Todavia, antes mesmo da celebração do termo, a CDL e a Una já designaram equipes de trabalho compostas por colaboradores de ambas as partes para dar prosseguimento a ações e projetos. Em 2021/2 já houve a realização de uma Unidade Curricular Dual da área de Gestão & Negócios (Inovação, Sustentabilidade e Competitividade Empresarial) junto à empresa Atacadão das Tintas, associada CDL e indicada pela mesma para a UC Dual”, completa o coordenador.

A Una pretende, ao buscar sinergias, cumprir seus pilares de empregabilidade e empresabilidade, ampliando seu posicionamento junto a empresas importantes. Em contrapartida, para a CDL, a parceria beneficia o setor varejista, que tem experimentado mudanças diversas nos últimos anos, decorrentes da conjuntura econômica, política, social e de saúde pública. Transpor estas mudanças demanda conhecimento. A Una, a partir da atuação docente e discente, pode apoiar o setor varejista ao transferir saberes importantes para tomada de decisão e formação profissional e empreendedora, bem como ao propor soluções de problemas organizacionais.

“Um dos maiores gargalos observados na formação universitária (tanto pelas empresas quanto pelos próprios estudantes) é o distanciamento que existia entre a formação e as competências requeridas pelo mercado de trabalho. As parcerias com as empresas possibilitam uma intensificação da aplicação prática do conhecimento teórico em situações-problema reais, que demandam conhecimento, habilidades e atitudes (tanto técnicas como comportamentais) que são efetivamente demandadas no mundo do trabalho. As ações da Una com as empresas possuem essa prerrogativa”, conclui Raphael.