Tags Posts tagged with "Centro Universitário UNA"

Centro Universitário UNA

0 5360

Conheça o Núcleo de Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário Una

Por: Italo Charles

Arquitetura é transformar, criar, construir e modificar através de um ambiente de concepção de ideias e projetos. Dessa forma, hoje, apresentamos a você o NAU, Núcleo de Arquitetura, Urbanismo e Interiores do Centro Universitário Una.

Fundado em 2014, o NAU se tornou um escritório modelo que atua de forma híbrida, com ações que buscam principalmente estimular a Arquitetura Social, além de se manter constantemente como um apoio aos alunos, professores e aos serviços administrativos nas áreas de arquitetura, urbanismo e design de Interiores na UNA.

Atualmente, a equipe é formada pela líder Ana Karolina de Oliveira Carvalho (Arquiteta e Urbanista formada pela Una com MBA em Gestão Estratégica de Projetos), pela estagiária Maria Luiza Azevedo e o estagiário  Marcos Vinicius Brito – ambos do oitavo período do curso de Arquitetura e Urbanismo.

Como forma de ampliar o conhecimento e estimular o contato do laboratório com os alunos, o NAU oferece oficinas e eventos que objetivam o aperfeiçoamento das técnicas adquiridas durante os cursos (arquitetura e urbanismo e design de interiores),e através do instagram do laboratório são publicados conteúdos que funcionam de forma a compartilhar conhecimento, inspirar e agregar valor aos trabalhos produzidos.

Além do contato praticado entre o laboratório e a instituição – revisão de layout e planejamento de espaços, acontece também a prestação de serviços para a comunidade externa. A partir da Lei de Assistência Técnica, que se configura na promoção da Arquitetura Social para famílias com renda de até três salários mínimos, ocorre a atuação do lab, sendo na elaboração de projetos de reforma, regularização e construção de casas unifamiliares.

O NAU atualmente está envolvido nos seguintes projetos: Reforma do Playground da praça Duque de Caxias – Belo Horizonte/Mg, revitalização da praça Maria do Rosário em Rio Piracicaba/Mg, projeto da Casa do Gilmar e da Casa do Luciano, moradores da Vila Acaba Mundo – Belo Horizonte/Mg, projeto do espaço para Pré-Vestibular na Vila Acaba Mundo. 

Com a palavra, a líder

“O diferencial do NAU é o contato direto com a comunidade externa, nós atendemos demandas de Vilas, Favelas, Bairros periféricos, ONGs e prefeituras de forma gratuita disseminando arquitetura com uma linguagem acessível para a Região Metropolitana de BH e alguns interiores. Além de proporcionar toda essa vivência para nossos alunos colaboradores.

O Laboratório trabalha de forma a sempre incluir o aluno nos projetos que estão sendo desenvolvidos, trabalhando em conjunto com a equipe docente a fim de apoiar às necessidades do curso e fornecer nossos serviços com qualidade e sensibilidade para a comunidade interna e externa à instituição” – Ana Karolina de Oliveira Carvalho

Fique por dentro

Para conhecer um pouco mais sobre a atuação do laboratório de arquitetura, urbanismo e interiores acompanhe pelo Instagram @nau.una

Lá você vai conhecer mais sobre os projetos e ações que o laboratório oferece, além de curtir várias dicas para se inspirar.

 

0 336

Conheça o laboratório de Gastronomia do Centro Universitário Una

Por: Italo Charles

Cozinha de amores, sonhos e sabores. Local de harmonização e criação. Hoje, apresentamos a você o laboratório de gastronomia do Centro Universitário Una. O laboratório foi inaugurado junto com o curso de Gastronomia da Una, em 2014, mas em 2015 passou por atualizações e ganhou um novo formato mais moderno e funcional.

Três ambientes compõe a grande estrutura: cozinha principal, cozinha geral (confeitaria e panificação) e uma sala de bebidas. Espaços destinados às aulas práticas, minicursos e diversas atividades para o público externo.

Atualmente, o Laboratório de Gastronomia conta com quatro colaboradores. O líder Daniel Sucasas; Warley Inacio, técnico responsável pelas atividades do turno da manhã; Wessery Zago, técnico responsável pelo turno da noite e o apoio técnico da colaboradora Maria Carolina Alves durante os turnos da tarde e noite.

A partir de um vínculo natural acontece a conexão entre o laboratório e os estudantes, de tal forma, a prática diária fortalece o aprendizado. “É uma relação intrínseca, uma vez que a formação dos alunos permeia uma extensa parte prática. Com isso a vivência dos alunos do curso no laboratório é diária” salienta Daniel Sucasas.

Envolto em várias práticas, o laboratório firma parcerias com o público externo a fim de promover a integração gastronômica em seus diversos âmbitos, além de reafirmar o contato com a acadêmia através de eventos que proporcionam aos participantes experiência e formação para atuarem no mercado.

“Estamos envolvidos com a comunidade em diversas parcerias, que propiciam aos envolvidos uma interação com a gastronomia e suas diversas interfaces: culturais, sociais, econômicas, regionais, nacionais e internacionais” completa Daniel.

Dentro do ambiente acadêmico acontece o tradicional GastroUna, mostra acadêmica que eleva a produção dos alunos através dos princípios básicos: empreendedorismo, inovação e sustentabilidade. Mas além disso, o laboratório de gastronomia está envolvido com grandes eventos externos que estabelecem a conexão cultural e profissional em feiras, festivais e eventos diversos.

Com a palavra, o líder

“Os laboratórios de Gastronomia tem pontos comuns e peculiares comparado com os demais laboratórios da grande área de Economia Criativa. Em comum destaco a ampla possibilidade de criação, desenvolvimento profissional através das práticas e multidisciplinaridade com as demais áreas do conhecimento.

As peculiaridades estão relacionadas as características técnicas e de funcionamento do mesmo. Possuímos uma norma para uso e visitação, amparada pelas normas de vigilância sanitária, Anvisa e demais órgãos responsáveis. Tudo isso para garantir questões como segurança e higiene alimentar, boas práticas profissionais, que são características importantes ao profissional gastrônomo”. 

Fique por dentro

Para conhecer um pouco mais sobre a atuação do laboratório de gastronomia, acompanhe pelas redes sociais Instagram e Facebook.

Lá você vai conhecer mais sobre os projetos e ações que incluem nossos alunos, professores e oportunidades de participar do que fazemos de relevante no cenário gastronômico de BH.

0 391

Conheça a Luna a nossa agência experimental de Publicidade 

Por Italo Charles

“Fábrica em sua definição significa estabelecimento industrial onde se transformam matérias-primas em produtos destinados ao consumo. Na nossa fábrica, transformamos espaços, projetos, ideias em ações e conteúdos para consumo e enriquecimento do nosso ambiente acadêmico. 

Trabalhamos e preparamos nossas equipes e nossos alunos para estarem prontos par o mercado. E não funcionamos separadamente. Aqui, cada área é importante para o funcionamento do todo. A criatividade, o saber, a responsabilidade, a empatia, o fazer a diferença são o combustível da nossa fábrica. 

Fábrica de ideias. 

Fábrica de sonhos. 

Fábrica de profissionais.”

Espaço de aprendizado e trocas, ambiente de experimentação e renovação, desta maneira se forma a Fábrica. Acima, apresentamos a você, leitor, o manifesto produzido por Larissa Santiago, líder da agência Luna – laboratório de publicidade e design do Centro Universitário Una. 

A partir de hoje, uma vez por semana, levaremos à você um pouco sobre cada engrenagem dessa Fábrica. Para iniciar, contaremos sobre a Agência Experimental de Comunicação – Luna – fundada em 2004. A agência auxilia o setor de marketing do grupo Ânima e colabora com os cursos de comunicação da Una, além de promover eventos para o público acadêmico e também a comunidade. 

Composta pela líder e publicitária Larissa Santiago, pela supervisora técnica Isabella Vitória (recém-formada em Design Gráfico pela Una) e pelos estagiários e alunos do curso de Publicidade e Propaganda da Una, Emanuely Iolanda e João Lucas Soares, a Luna estabelece a conexão dos alunos e estagiários com as práticas mercadológica, funciona como ‘braço’ na produção de materiais gráficos para instituição e também para clientes externos. 

Para potencializar as habilidades e proporcionar novos saberes aos estudantes, a Luna propõe palestras e minicursos a fim de aproximar os aprendizes às práticas e conhecimentos profissionais, além de apoiar o estágio supervisionado e os projetos de extensão culminando o crescimento para além da área.

Com a palavra, a líder

 “A Luna pode ser um ponto de partida para aquele aluno que tem vontade de crescer profissionalmente, trabalhando de maneira profissional e ainda assim podendo experimentar diversas atuações no campo da publicidade, no próprio ambiente acadêmico e por isso de forma multidisciplinar. Por aqui, aplicamos na prática, a teoria aprendida em sala de aula e mais do que isso, os estagiários aprendem sobre comunicação e postura profissional para além das técnicas da profissão” – Larissa Santiago

Você pode conhecer mais sobre a Luna e seus trabalhos na página do Instagram. Lá também vocè encontra dicas sobre as áreas de Publicidade e Design, segue lá! 

 

*A matéria foi produzida sob a supervisão da jornalista Daniela Reis

*Por Daniela Reis

A receita de hoje é de Luis Felipe Castilho Assis e é uma excelente sugestão para o final de semana!

Descrição do prato: Nhoque de beterraba na manteiga de ervas acompanhado de pernil suíno e tomates sweet grape.

Quantidade de porções: 8

Tempo de preparo: 1h

Categoria: Prato Principal

Nível de dificuldade: Fácil

Ingredientes:

Nhoque de Beterraba
– 600g de beterraba cozida, sem casca e processada no mixer ou no liquidificador.
– 150g de farinha de trigo
– 130g de cebola
– 4g de alho
– Sal e pimenta a gosto
– Azeite para refogar

Manteiga de ervas
– 100g de manteiga no ponto de pomada
– 8g de alho
– 6g de salsinha
– 2g de funcho

Pernil Suíno
– 1kg de pernil suíno picado em cubos
– 20 ml de shoyu
– 8g de alho amassado
– Sal e pimenta a gosto
Para a composição
– 180g de tomate sweet grape

Passo a passo para a preparação:

Para a Manteiga de Ervas:
– Picar bem pequeno o alho e as ervas
– Misturar tudo com a manteiga
– Reserve no ponto de pomada ou na geladeira para durar mais

Para o Pernil Suino:
– Disponha o pernil em um bowl ou vasilha
– Acrescente o shoyu, o sal e a pimenta e misture bem
– Esfregue o alho picado e reserve por uns 20 minutos.
– Com um pouco de azeite, coloque o pernil em uma frigideira ja aquecida e mexa ate que esteja cozido.

Para o Nhoque de beterraba:
– Picar a cebola e o alho e refogar em uma panela funda
– Adicione a beterraba já cozida e processada e misture
– Acrescente a farinha e misture até ficar homogêneo e mais denso
– Reserve em um pote e deixe resfriar
– Povilhe farinha em uma bancada já higienizada
– Em porções pequenas, pegue a massa ja fria e modele na bancada e corte no tamanho desejado
– Esquente a água em uma panela para o cozimento
– Após a fervura da água, adicione o nhoque
– Quando o nhoque subir significa que está pronto. Retire e reserve
– Em uma frigideira acrescente a manteiga de ervas e em seguida o nhoque
– Mexa um pouco e está pronto

Junte o nhoque, o pernil e o tomate. A montagem fica por sua conta da sua criatividade! É um prato com muita cor e sabor!

 

Sobre o chef

Luis Felipe Castilho Assis é aluno do curso de Gastronomia do Centro Universitário Una. Sua paixão pela culinária começou com a avó, que o mostrou que a cozinha vai além de uma simples refeição. “Com a cozinha você se conecta com os outros, você se expressa, você cria ou relembra sentimentos e sensações. Eu posso dizer que minha maior forma de contato e aprendizado na cozinha vem das mulheres da minha vida, minhas duas avós e minha mãe. Isso me fez desde pequeno entender a importância de amar o que você faz e não ter medo de criar”, afirma Luis.

0 384
Projeto de alunos e ex-alunos da Una distribui caldo para moradores de rua nas noites frias de BH

*Por Daniela Reis 

A receita de hoje é muito especial, ela tem como ingredientes principais o amor ao próximo e a solidariedade. Esse caldo de feijão delicioso é um dos pratos servidos pelo Projeto Cativar BH aos moradores de rua da cidade. Essa iniciativa foi criada por Márcio Luiz de Carvalho Junior, aluno do curso de Gastronomia do Centro Universitário Una.

Confira abaixo a receita completa e conheça mais sobre esse projeto que está aquecendo as noites frias de muitas pessoas em Belo Horizonte.

 Caldo Solidário
Quantidade de porções: 4 de 500 ml
Tempo de preparo: aprox. 3 hs
Nível de dificuldade: fácil

Ingredientes:
– 320 g de feijão
– 200 g de linguiça calabresa
– 160 g de bacon
– 120 g de pernil suíno
– 1,5 kg de cebola branca
– 5 g de alho
– 1 maço de cheiro verde
– Sal à gosto
– 1 g de colorífico
– 1 g de folhas de louro

Passo a passo para a preparação:
1) Colocar feijão para cozinhar;
2) Cortar e picar as carnes;
3) Processar ou cortar bem pequeno o alho, cebola e cheiro verde;
4) Refogar as carnes juntamente com com os tempero;
5) Após o feijão cozido bater ele em liquidificador;
6) Adicionar o feijão ao refogado de carnes;
7) Deixar ferver até engrossar;
8) Acertar o sal (se precisar);

Observações: Cuidado ao bater o feijão pois se estiver quente pode ser perigoso. Mexer sempre para que o caldo não grude no fundo da panela.

PROJETO CATIVAR BH

O projeto fundado por Márcio Luiz de Carvalho Junior conta com 10 pessoas ativas, sendo alguns deles alunos e ex alunos da Una. O projeto não tem fins lucrativos e, é uma maneira que o idealizador encontrou para ajudar o próximo.  “Levamos um alimento preparado pela equipe, além de água, roupas e kits de higiene pessoal, qualquer pessoa pode ajudar, seja com doações, no preparo do alimento a ser ofertado, na triagem de roupas e na distribuição”, explica Márcio.

Quem tiver interesse em ajudar, basta entrar em contato através do Instagram. 

 

 

0 629
Receita familiar excelente para acompanhar um cafézinho

Por: Daniela Reis

A receita de hoje é uma quitanda passa de geração para geração da estudante do curso de Gastromia do Centro Universitário Una, Vanessa Grasielly. A broinha de fubá de canjica é um lanche rápido e prático para o café da manhã ou o chá da tarde.

Receita
Quantidade de porções: 16 a 20 broinhas
Tempo de preparo: 40 minutos
Categoria: Quitanda/lanche
Nível de dificuldade: fácil

Ingredientes
4 ovos;
1 copo de óleo;
1/2 copo de leite;
1 colher sopa de açúcar;
1 pitada de sal;
300g de pedacinhos de queijo em cubinhos;
300g de pedacinhos de goiabada em cubinho;
500g de fubá de canjica.

Prepração

Bater no liquidificador os ovos, óleo, leite, açúcar e sal. Despeje em uma vasilha e coloque o fubá aos poucos. Atenção: não pode ficar nem duro e nem mole.

Então coloque as colheradas no tabuleiro untado e enfarinhado. Depois pegue um pedacinho do
Queijo e um da goiabada e ponha por cima da massa. Assar em forno a 160 graus, entre 15 e 20 minutos.

Sobre a chef

Vanessa Grasielly é formada em Relações Públicas e atualmente cursa Gastronomia no Centro Universitário Una. Descobriu sua paixão pela confeitaria há um ano e meio, e a cada dia se encanta mais por essa arte de fazer delícias. “Trabalhar com confeitaria é realizar sonhos, e meu papel vem sendo eternizar esses momentos através dos meus bolos e doces. E ao me ingressar na faculdade de gastronomia percebi como essa área é incrível, cada sabor, cada descoberta, tudo vem sendo uma experiência maravilhosa, e novos caminhos vem se abrindo além da confeitaria”, afirma.

Quer saber mais sobre o trabalho da chef, siga o seu instagram.

Fique por dentro de todas as receitas e notícias do Jornal Contramão e siga também nosso Facebook e Instagram.