Tags Posts tagged with "cinema"

cinema

Após uma vida dedicada ao cinema, o cineasta José Américo Ribeiro faleceu em 20 de abril, na sala que levava o nome de seu melhor amigo e também cineasta, José Tavares de Barros.

José Américo é mestre em cinema pela The Ohio State University, doutor em cinema pela Escola de Comunicação e Artes da USP, professor Titular do Departamento de Fotografia, Cinema e Teatro da Escola de Belas-Artes da UFMG. É autor de “O cinema em Belo Horizonte – do cineclubismo à produção cinematográfica na década de 60”, umas das obras mais completas sobre o cinema mineiro, fruto de sua tese de doutorado, que é referência para estudantes e professores até hoje.

Veja no vídeo a homenagem feita por amigos e admiradores do cineasta:

Ficha técnica:

Entrevistas:

Natália Alvarenga
Sávio Leite

Imagens:

Duda Gonzalez
Átila Lemos
Juliana Antunes
Pedro Vasseur

Som:

Emanuel Fernandes

Edição:

Dayanne Naêssa
Duda Gonzalez
Eduardo Teixeira

A mostra “Luís Buñel, O Fantasma da Liberdade”, cartaz do Cine Humberto Mauro, no Palácio das Artes, resgata a obra integral do cineasta espanhol. Serão exibidos os 33 filmes de Buñuel até o dia 22 de abril, com sessões seguidas de debates sobre os temas abordados pelo cineasta e seu estilo de filmar. “Essa é a maior mostra já feita sobre Buñel, no Brasil. Além disso, dois terços dos filmes são películas. Algo raro!”, informa o curador da mostra, Rafael Ciccarini.

Gênio incontestável do cinema surrealista, Luis Buñel através de seus filmes soube como poucos dosar crítica à sociedade e suas convenções e, ao mesmo tempo, lançar esse discurso sob a ótica artística, sem que com isso seu trabalho transparecesse numa panfletagem. Sua obra data de 1928 a 1977 e, ainda assim, contribui para a discussão de questões do século 21, de acordo com Ciccarini.

Debate

No dia 21 de abril, das 14 às 16h30, o Palácio das Artes abrigará um debate sobre a contribuição poética, estética, política e crítica de Luís Buñel, bem como a manutenção de suas ideias no contexto presente. “O Buñel é o único cineasta que conheço que é efetivamente imperecível. Os temas do Buñel eram tópicos de abrangência universal”, explica o coordenador do curso de Cinema e Audiovisual do Centro Universitário UNA, Júlio Pessoa, que no será o palestrante da noite.

De acordo com Pessoa, o cinema até a metade do século passado estava ligado à psicanálise, à psique. “O Buñel trabalha com o recôndito da alma humana, sua referência na sociedade e sua interferência na questão de gênero, em questões sociais, as opressões e desopressões, os mecanismos internos de força da psique”, explica Júlio Pessoa.

Por Felipe Bueno

Imagem: arte de divulgação da curadoria

0 626

Em 2011 o Indie Festival chega à sua 11ª edição e segue com a proposta de disponibilizar, para o grande público, filmes que, normalmente, não entram em circuito comercial. O festival começou no dia 2 de setembro e termina no dia 8. Os filmes selecionados foram divididos nas seguintes categorias: Mostra Mundial, Indie Brasil e Música do Underground. Além disso, o festival apresenta duas retrospectivas – uma do cineasta húngaro Béla Tarr e outra da francesa Claire Denin – e uma homenagem especial ao também francês Pierre Coulibeuf.

A 11ª edição conta com três locais de exibição: o Teatro Oi Futuro, no Mangabeiras, o Sesc Palladium, no centro, e o Cine Humberto Mauro, localizado dentro do Palácio das Artes. A maioria dos filmes tem classificação indicativa para a faixa de 14 anos. No entanto, existem algumas exceções e alguns filmes tem classificação 16 ou 18 anos. Os ingressos são gratuitos e distribuídos, nos locais, meia hora antes do início das sessões. Vale lembrar àqueles que querem conferir a mostra que a sala do Cine Palladium é a mais movimentada e a que tem menor número de assentos, logo, vale à pena chegar um pouco mais cedo para garantir lugares.

Para mais informações, o site do festival é www.indiefestival.com.br e o telefone de contato é (31) 8677-9355. O festival ainda tem um perfil no twitter, @indiefestival, com informações atualizadas.

Por Eduarda Gonzalez e Vinícius Calijorne

Vídeo: Eduarda Gonzalez, Henrique Muzzi, Vanessa Gomes e Vinícius Calijorne

Foto: Divulgação

Os documentários “O Aleijadinho”, de Joaquim Pedro Andrade, e “O barroco da alegria”, de Moacyr Laterza, foram exibidos, hoje, no anexo Francisco Iglésias, da Biblioteca Pública Luis de Bessa, dentro da programação da mostra “Barroco: arte do ouro e da poesia”.

Ao longo do mês de maio, foram exibidos vários curtas-metragens e documentários sobre a História do Barroco em Minas Gerais. Segundo a coordenadora da biblioteca, Alessandra Gino, a idéia de exibir os filmes na biblioteca, é de mostrar o outro caminho de informação que o leitor pode encontrar além dos livros. “O nosso projeto tem como objetivo é mostrar um jeito mais dinâmico de abordar diferentes temas. Todos os meses abordamos temas que despertam o interesse do público”, enfatiza.

  • Corrdenadora Alessandra GinoCoordenadora Alessandra Gino
  • No próximo mês, o tema será “O Meio Ambiente”. O assunto abordará conceitos e práticas ambientais.


    Por: Marina Costa

    Foto: Felipe Bueno

    0 541

    Férias! Enquanto muitas pessoas viajam, outras ficam a mercê dos programas de fim de semana na TV. Quem prefere aproveitar o tempo buscando um pouco mais de diversão, pode encontrar várias opções de lazer na região da Praça da Liberdade. Bares, teatros, cinema e shows.

    Organize-se! E confira a agenda do fim de semana, para diversos gostos:

    Cinema:

    Programação USIMINAS Belas Artes

    Importante do dia 15 ao dia 21 de Janeiro, as sessões das 15h tem preço promocional ( R$4,00)

    -Sala 1
    Horários: 15h , 17h, 19h e 21h.
    A vida íntima de Pippa Lee
    Direção de Rebecca Muller

    1h 33 min‎‎ – 18 anos‎‎ – Drama‎‎ – Legendado‎
    Pode-se dizer que Pippa Lee tem uma vida excelente. Aos 50 anos mora em uma boa casa é casada com um brilhante editor 30 anos mais velho e mãe orgulhosa. Até o dia em que seu marido decide que está na hora da aposentadoria e de sair de Nova York . Para embolar de vez ele também arruma uma amante bem mais jovem do que ela. Mas as coisas realmente fogem ao controle quando ela começa a ter reações tão diferentes das que tinha quando levava uma vida pacata. E agora seu mundo sua vida tranquila sua família tudo  o que ela ama está ameaçando ruir.
    mais »

    a-vida-intima-de2

    -Sala 2
    Horários: 14h10, 16h40, 19h10, 21h 30.
    – Abraços Partidos
    Direção Pedro Almodóvar

    2h 8min‎‎ – 14 anos‎‎ – Festival‎‎ – Legendado‎
    Há 14 anos um homem sofreu um brutal acidente de carro na ilha de Lanzarote (Espanha) perdendo a visão e Lena a mulher de sua vida. Esse homem usa dois nomes: Harry Caine pseudônimo lúdico com o qual assina trabalhos literários histórias e roteiros e Mateo Blanco seu nome verdadeiro com o qual vive e assina os filmes que dirige. Depois do acidente Blanco se reduz ao pseudônimo e passa a viver graças aos roteiros que escreve e à ajuda que tem de Judit García sua fiel produtora e do filho dela Diego seu secretário datilógrafo e guia. Certa noite Diego sofre um acidente e Harry se encarrega de cuidar dele. Durante os primeiros dias de convívio Diego pergunta sobre a época em que respondia pelo nome de Mateo Blanco. Harry não consegue se recusar e conta o que aconteceu. Inadequações: Este filme contém cenas de consumo de drogas e relação sexual.

    abraaos-partidos-com-penalope-cruz

    mais »

    -Sala 3
    Horário: 14h30

    – Ervas Daninhas
    Direção Alain Resnais

    1h 44min‎‎ – 16 anos‎‎ – Festival‎‎ – Legendado‎
    Marguerite não podia prever que roubariam sua bolsa na saída da loja. Menos ainda que o ladrão jogaria as coisas que estavam dentro dela em um estacionamento. Quanto a Georges se ele tivesse pensado duas vezes não teria se abaixado para pegá-las.

    ervas-daninhas


    -Sala 4
    Horários: 16h30, 19h, 21h30.
    -Lula o filho do Brasil
    Direção Fábio Barreto

    Livre‎‎ – Drama‎‎ – Legendado‎
    1945 sertões de Pernambuco. Menos de um mês depois de seu marido Aristides partir para tentar a vida em São Paulo com uma moça bem mais nova Dona Lindú dá a luz ao seu sexto filho Luiz Inácio da Silva que logo ganha o apelido de Lula. Lula o filho do Brasil é a saga de uma família Silva igual à odisséia de tantas outras famílias Silva deste Brasil. Um filme sobre uma mãe e um filho um menino um sobrevivente um homem que tomou as rédeas da sua vida. Inadequações Este filme contém cenas de assassinato.

    lula-o-filho-do-brasil-post

    mais »

    Em Breve:

    o-poder-do-soul

    coco-antes-de-chanel1

    a-todo-volume-2008

    poster_brilho-de-uma-paixao_1

    (Foto divulgação)

    O Usiminas Belas Artes ficará fechado nos dias 24 e 31 de dezembro, véspera de natal e ano novo. Quem quiser assistir os filmes antes dos feriados pode aproveitar a sessão promocional que acontece até amanhã. As entradas para sessão de 14 horas do filme: “Do começo ao fim”, custam 4,00 R$ (preço único).  O longa nacional conta a história de dois irmãos muito próximos na infância que se apaixonam, tornam-se amantes e vivem uma história de amor.

    Confira o Trailler do filme:

    O cinema está promovendo ainda mais uma promoção, sessões com 50% de desconto na terças e quintas para quem entrar no site do Instituto Cultural Usiminas e imprimir a news enviada toda sexta.
    Por: Natália Oliveira