Tags Posts tagged with "estilo"

estilo

0 153

Peça tem dado o que falar nas redes sociais e promete aparecer ainda mais em seu feed

Por Keven Souza

Entra ano e sai ano, e o que não muda em toda virada são as expectativas para os próximos festivais que estão por vir. Seja Rock in Rio, Planeta Brasil ou Coachella, todos fazem parte da lista dos mais aguardados pelos amantes da música. E junto à espera há sempre uma preocupação eminente: o que vestir? 

Esse questionamento ligado ao visual é comum e normal, afinal estamos na era digital e mais do que nunca as pessoas têm prezado pela aparência, mas hoje, visto a chuva de tendências que surgem dia após dia no mundo fashion, não é muito difícil produzir um look digno de ‘biscoito’ no Instagram. 

Quem acompanhou no mês de março a nona edição do Lollapalooza Brasil, por exemplo, se deparou com uma trend que caiu no gosto popular e se tornou um novo surto fashion: o corset de tênis (ou cropped de tênis). 

Sabe aquele calçado que está esquecido há tempos na prateleira? Pois é, ele é a matéria-prima dessa tendência. Em um processo altamente divertido e econômico, a ideia é transformar diversos pares de modelos de tênis em corsets estilosos, dando uma nova vida aos calçados por meio da moda sustentável. 

O conceito foi visto, pela primeira vez, na Semana de Moda de Nova York, quando a designer de moda e fundadora da ‘Frisk Me Good’, Cierra Boyd, exibiu algumas de suas criações durante o evento. Sua marca é bastante conhecida no mercado internacional. Personalidades como a cantora Cardi B, a influenciadora Lívia Nunes e o apresentador RuPaul, são alguns dos famosos que usam ou fizeram o uso dos corsets criado por Cierra. 

Influenciadora Livia Nunes na FWP | Fonte: Instagram

A marca também trabalha outras peças além do cropped. É possível encontrar na loja virtual conjuntos de calças ou shorts, jaquetas coloridas e estampadas, bolsas, biquínis, macacões e vestidos, que vão do sexy ao despojado. 

 

No Brasil, não demorou muito até a novidade aparecer nas redes sociais e ganhar as primeiras adeptas. O corset de tênis chegou tomando espaço no guarda-roupa e no coração das celebridades, que apostaram em calçados reciclados de grandes marcas, como Adidas, Nike e Converse. 

Febre entre famosas

Ousado e divertido, o modelo usado pela influenciadora Jade Picon no Lollapalooza Brasil, gerou burburinhos nas redes sociais. A começar por ela, a ex-bbb esteve no Autódromo de Interlagos (SP) com um corset de chuteiras da marca Adidas na cor coral neon. 

Fonte: Internet/Instagram

A peça foi produzida por Raquel Viana, designer que se popularizou por produzir esse tipo de vestuário, com a sua empresa Rachel’s. 

Pocah foi outra que escolheu a trend para causar no Lollapalooza. Ela optou por um par de All Star clássico, na cor preta, reciclado da marca Converse. Um pretinho básico é tudo, não é mesmo?

Fonte: Internet| Instagram

O look foi feito por Carola, personal designer e fundadora da marca Ana.Ca ‘s Styling, que já vestiu Valesca Popozuda, Mc Dennis, entre outros. 

Outra que usou o corset foi Luisa Sonza. A cantora do hit “Braba”, apostou na peça inusitada feita com chuteiras da marca Nike, em seu último clipe, “Sentadona”, e em shows e vídeos de coreografia postados em seu Instagram.

Luisa nos bastidores de seu clipe “Sentadona” | Fonte: Instagram

Nessa produção, a ideia criativa ficou por conta da mineira e designer de moda, Ana Laura. A jovem, de 23 anos, é auditada no estilo e preza pela técnica do upcycling, em sua marca ULLT“, desde a estreia em 2019. 

 

Embora levantem opiniões diferentes na internet, a trend do corset de tênis está dando visibilidade ao movimento upcycling, que é o ato de, utilizando a criatividade, dar um novo e melhor propósito para um material que seria descartado. Além de abrir um espaço para dialogar sobre questões ambientais. Legal, né?

Agora, como fazer o corset?

Se você sabe um pouco de corte e costura, pode fazer a sua versão em casa.  Nem sempre a primeira peça sairá impecável, mas a proposta é essa, utilizar daquilo que você não usa mais, como o seu calçado velho, e criar algo novo, interessante. 

Na internet já é fácil encontrar tutoriais de DIY, que é o challenge do “faça você mesmo”, ensinando maneiras de como fazer o seu corset de tênis. 

A dica do Contramao é explorar a criatividade e abusar das sobreposições, combinando com peças esportivas como shorts ou leggings ou com peças de jeans e corte mais streetwear. 

Veja uma inspiração inicial: 

Corset da ULLT | Fonte: Instagram

No mais, o interessante dessa trend é que ela já nasce de uma ideia sustentável e traz novas maneiras de brincar com a moda, por isso não há regras, o importante é se jogar. Do it without fear! 

 

 

0 254

Por Keven Souza 

Hoje, se fala muito de conhecer o efeito das cores na pele humana para identificar quais são mais harmônicas ao nosso tom no uso de roupas, acessórios, cor de cabelo e maquiagem. Esse processo, chamado de coloração pessoal, embora seja um assunto recorrente nas redes sociais e nos espaços de beleza, desperta ainda muitas dúvidas nas pessoas. 

Isso acontece, porque requer um conhecimento teórico e prático bastante apurado sobre a análise, que, ao ser bem realizada, tem a proposta de realçar o visual, a beleza e a autoestima. E foi pensando nisso que trouxemos a consultora de cores e analista de coloração pessoal, Jainara Alves, para esclarecer de uma vez por todas dúvidas sobre o tema. Confira a entrevista!

Jainara, o que seria coloração pessoal? 

Coloração pessoal diz respeito à cor do cabelo, olhos, sobrancelhas, dentes, contraste, veias e toda a tonalidade de pele que uma pessoa possui. Coloração pessoal também é harmonia. É a busca de harmonia entre as nossas cores naturais e as cores que nós adotamos em nossas roupas, maquiagens e acessórios.

Qualquer pessoa pode e deveria fazer sua análise para saber quais cores lhe favorecem e quais cores não. Faço apenas uma observação quanto à idade: o indicado é que o teste de cores seja feito em pessoas a partir dos 10 anos, porque até essa idade nossa coloração pessoal ainda está se formando e depois dos 10 anos a coloração pode mudar. Assim, se o teste for realizado antes desse período, será necessário um novo teste depois.

Como funciona a análise? É possível fazê-la online?

O recomendável é que a análise seja realizada sempre presencialmente. As telas do celular e do computador possuem configurações diferentes e podem alterar as cores, e esse é o principal motivo pelo qual o teste on-line não é recomendado. A cor que vejo no meu computador pode ser muito diferente da que você está vendo no seu aparelho digital. Assim, não há como ter certeza de que as cores que você está vendo num teste on-line são as reais da pessoa que está sendo analisada.

Durante o teste de cores, vários aspectos são analisados. O primeiro e o mais importante é o subtom de pele para identificar a temperatura (se a pele é quente ou fria), depois o contraste (para descobrir o tipo de estampa que mais combina), a intensidade da pele (se é opaca ou brilhante) e a profundidade da pele (se é clara ou escura). Analisando esses aspectos, descobrimos a melhor cartela de cores para cada pessoa.

Falando de cartela de cores, nos explique o que é e como funciona?  

A cartela de cores é uma espécie de guia, ela contém informações que nortearão as escolhas de uma pessoa. Indicam as melhores cores na hora de fazer compras de roupas, acessórios, maquiagens, tinturas de cabelo, etc. 

As cores certas iluminam, suavizam manchas e linhas de expressão, deixando a pele com aspecto saudável, além de rejuvenescer em até 10 anos. Isso, claro, implementando todas as orientações da consultoria de uma só vez e quando a pessoa entende sua coloração natural, ela vai assimilando naturalmente as cores que mais lhe valorizam. Existem mais de 1 milhão de cores e a cartela servirá como referência, de modo assertivo na hora de montar um visual.  

Entre as principais cartelas usadas atualmente, todas elas partem das paletas de cores que são definidas em quatro estações e em doze diferentes classificações, são elas: 

– Primavera Clara 

– Primavera Quente

– Primavera Intensa

– Verão Suave

– Verão Claro

– Verão Puro

– Outono Quente

– Outono Intenso

– Outono Profundo

– Inverno Suave

– Inverno Puro

– Inverno Profundo

A cartela possui validade? 

A cartela de cores pode, sim, ser alterada com o tempo. Mas não é uma alteração tão grande. O que acontece é que quando envelhecemos perdemos um pouco do viço da juventude e isso ocasiona uma mudança no contraste do nosso rosto. Se uma pessoa, por exemplo, é uma paleta de cor outono escuro quando jovem, pode ser que quando idosa fique melhor com as cores do outono suave. 

O subtom de pele não muda, mas pode haver uma adequação na cartela para harmonizar com a diferença da coloração (contraste) adquirida com o passar dos anos. 

Existe um porquê de fazer o teste na altura do pescoço? 

O teste de cores com tecidos precisa ser realizado próximo ao rosto, porque o que importa para a coloração é o rosto. Tudo o que está próximo a região impacta diretamente nela e nós buscamos harmonia especificamente para esta parte do corpo. 

Quais são os tipos de cores de pele que existem? Uma pessoa pode fazer a análise de cor estando bronzeada? 

Existem diversas tonalidades de pele… O bronzeamento artificial altera significativamente o resultado do teste de cores. Se for permanente, não levamos mais em consideração a coloração que a pessoa tinha antes do procedimento e sim a coloração artificial que ela possui no momento, entregando a cartela de cores que mais harmonize com a coloração atual dela. 

Quais dicas você daria na hora de usar cores que não fazem parte da sua cartela de cores?  

Cores que não estão na sua cartela podem ser usadas na parte de baixo do seu look como calça, saia, short e outros, bem distante do seu rosto e assim não haverá interferências na sua imagem. 

Sabe-se que as cores são mecanismos que podem ajudar na melhora do humor ou até mesmo nos hábitos cotidianos. Ao escolher esses tons certos, você acredita que as cores influenciam na personalidade das pessoas?

Quem melhor poderia responder essa pergunta é o psicólogo, pois é o profissional que lida com emoções e personalidades. Como consultora, eu avalio de uma perspectiva mais da estética e posso dizer que, quem deseja melhorar sua aparência precisa saber quais são suas melhores cores para usar isso a seu favor, pois a utilização das cores certas seja em roupas, maquiagens e acessórios traz diversos benefícios, como a compreensão da própria coloração natural, que a faz ir às compras com mais assertividade. Sem contar que quando usamos as cores corretas, a aparência fica muito mais bonita.

Em média, quanto custa uma consultoria de imagem?

A consultoria de cores/análise de coloração pessoal custa em média R$300. Se a analista tiver outros serviços para oferecer, como por exemplo, uma consultoria de imagem e estilo ou personal shopper, ela pode aumentar esse valor. Ou seja, depende do que você busca e do que a profissional tem a oferecer. 

As pessoas que quiserem fazer essa análise, como entrar em contato com você?

Quem desejar realizar uma consultoria comigo, pode entrar em contato através do meu Instagram (@coloracaopessoalslz). Estou sempre ativa por lá! Lembrando que realizo somente atendimentos presenciais e se você for de outra cidade, aconselho a  procurar uma consultora na sua região.