Tags Posts tagged with "eventos"

eventos

0 155

Por Keven Souza 

O mercado de trabalho vive uma constante evolução em relação a qualificação dos profissionais, e tem exigido indivíduos cada vez mais comprometidos e capazes de operar em diferentes âmbitos ocupacionais. No Centro Universitário Una, as agências, os projetos de extensão e a Fábrica, que é o coletivo dos laboratórios de Economia Criativa, fazem parte dos núcleos que  desenvolvem habilidades consistentes aos alunos e proporcionam experiências profissionais reais e diversificadas.

E o Contramão traz hoje uma agência que faz parte da Fábrica e que se configurou como o núcleo do curso de Relações Públicas, mas que abrange diversos cursos acadêmicos com o objetivo de conceder aos alunos destaque no mercado de trabalho, mediante a participação na produção de eventos, para capacitá-los profissionais de diversas formações e habilidades.

A Una 360 é uma agência multidisciplinar, situada na Cidade Universitária Una, no campus Liberdade e atua no mercado desde 2014. Os serviços fornecidos no setor de produção, aprimoram a experiência dos estudantes ao conhecerem a estrutura dos grandes eventos em etapas de organização, logística, cobertura fotográfica e jornalística e até mesmo o resultado final.

Alunos em cobertura jornalística

Atualmente, a 360 é gerida pela líder interina Larissa Santiago, que está cobrindo provisoriamente a licença maternidade de Débora Lisboa Quirino (líder efetiva), com o suporte de treze extensionistas de diferentes cursos da área de comunicação e de outros como Arquitetura, Design Gráfico, Cinema e Direito. 

Segundo Larissa Santiago, líder interina e coordenadora da agência LUNA, a Una 360 desenvolve profissionais para o futuro, que além das habilidades técnicas, possuem uma visão humanística nas relações e produções, e entendem a importância de suas ações nas reflexões culturais. Em que, os extensionistas são uma equipe unilateral que trabalha em conjunto nos projetos, e a diversidade de contextos sociais, fortalecem a equipe que é vibrante, múltipla, expansiva e colaborativa. 

Na Una 360 o foco é treinar e revelar novos talentos mediante as produções realizadas, sendo um meio de exposição no que diz a respeito aos extensionistas saírem da agência, na maioria dos casos contratados, em que ambos têm a oportunidade de crescerem profissionalmente e serem reconhecidos no mercado de trabalho em virtude de sua participação no núcleo.

Para o estudante Patrick Bryan Ferreira do Nascimento, que foi um dos extensionistas de jornalismo no ano de 2019, sua participação foi inesquecível e trouxe muitas propostas de trabalho. “Trabalhei para a Rede Minas, por indicação de um colega que trabalhava com a gente nos eventos, e hoje estou indo para uma nova proposta, já formado, pela experiência que tive na Una”, afirma. 

Segundo ele, suas funções eram deliberadas a partir de sua formação, e desenvolveu habilidades fundamentais como profissional e que sua atuação como assessor de imprensa e social media na Una 360, trouxe a oportunidade de cobrir eventos e entrevistar famosos como a Ivete Sangalo, Fernanda Gentil, Iza, Seu Jorge, Melim e outros, nos mais de duzentos eventos produzidos ao longo de sua participação. 

“Sempre fui interessado no entretenimento desde criança e de repente, tão cedo, você estar na produção de um mega show, na sala de imprensa com artistas que você sempre ouviu e admirou é muito emocionante”, explica Patrick. 

À frente de tantos outros projetos focados na produção de eventos, a Una 360 viabiliza contribuir com a experiência e o network dos alunos, e amparar na prática os conhecimentos aprendidos em sala de aula com assertividade. 

As oportunidades são únicas, capazes de ofertar o contato com o mundo exterior, que ao convergir com o amadurecimento profissional, acarreta no estímulo dos sonhos dos alunos de prestarem serviços à grandes festivais. Por essa razão, promover eventos corporativos ou de entretenimento na agência, é construir experiências enriquecedoras, inesquecíveis e divertidas, que auxiliam os estudantes a iniciarem as carreiras. 

Isabella Rosa Tavares, que está no décimo período do curso de Direito, afirma que, o que a levou ser extensionista da Una 360, e possuir jornada a mais de três anos na equipe, foi a possibilidade de trabalhar com eventos dentro de sua área, focada em otimizar seu tempo aos estudos e agregar conhecimento acadêmico.

Para ela, a agência motivou o seu sonho de produzir eventos, porque durante as festividades lidava com pessoas e grupos distintos, e se permitiu descobrir que é ótima em trabalhar com o público. E, que hoje ama participar dos eventos e o sentimento que permanece a cada produção é o de dever cumprido.

“Me sinto realizada e preparada para encarar o que vier pela frente, porque foi exatamente essa junção de teoria e prática que abriu não só o leque do conhecimento, mas também me tornei uma pessoa muito melhor do que a Isabella que ingressou no início da graduação”, desabafa Isabella.

Parceria e serviços 

Devido ao cenário imposto pela pandemia de Coronavírus, o setor de eventos é um dos mais afetados e as produções externas permanecem estagnadas para a realização de festividades. Entretanto, os principais serviços prestados pela Una 360 dão oportunidades aos extensionistas de participarem ativamente de ações como planejamento de espaços e plantas arquitetônicas, atendimento em postos médicos, assessoramento digital, cobertura fotográfica e produção de filmagem, coletivas de imprensa, acompanhamento e interface com fornecedores contratados, processos de marketing, apoio logístico, gestão de contratos e uma infinidade de outras tarefas que fazem parte da realização de um grande evento. 

Neste momento, a agência tem se adaptado para executar exclusivamente projetos de caráter online, que viabilizam a prestação de serviços seguindo as normas de segurança contra a Covid-19, e atividades como a gestão de redes sociais, cenografia, websérie, produção de conteúdo, cobertura fotográfica e audiovisual, têm sido as principais tarefas realizadas atualmente. 

Em Belo Horizonte, a Una 360 cresceu no mercado diante da sua trajetória, e reúne em média mais de duzentos eventos anuais com parcerias entre produtores de pequeno a grande porte, como o Planeta Brasil, Sarará, Prazeres da Mesa, Bloco Pirraça, Tardezinha e tantos outros renomados do setor de produção. Além de realizar eventos institucionais do Centro Universitário, como o GastroUna (gastronomia) e o UnaTrends (moda). 

Para a estudante Thalia Aparecida da Costa, que está no sexto período do curso de Relações Públicas, é através dos serviços realizados ao longo de sua participação na 360, que alcançou uma maior agilidade na resolução dos problemas que surgem durante os eventos, sua postura firme foi trabalhada diante das situações que lidava com o público diretamente. E afirma que atualmente a habilidade que mais tem desenvolvido é a sua criatividade na criação de conteúdos.

Segundo ela, ter a possibilidade de se conectar com a profissão, ainda na faculdade, é uma maneira de abranger o seu conhecimento e entendimento da área, além de auxiliar no networking para o mercado de trabalho.

Um dos eventos realizados pela agência foi o Festival internacional de jazz, que antes da pandemia de Covid-19, trazia para Belo Horizonte artistas nacionais e internacionais, privilegiando o jazz clássico de New Orleans, anualmente na Praça do Papa com apresentações gratuitas. 

Na época, a atuação da Una 360 ocorreu desde os anos de 2016 a 2020 (última edição realizada por causa da pandemia), sendo contratados para enviar convites, confirmar presenças, apoiar no desenvolvimento da planta arquitetônica e montagem do evento, identificar os convidados na portaria do evento, apoiar na logística do traslado dos convidados, fiscalizar e apoiar durante o coquetel, quick massage, fotografia e filmagem do evento. 

I Love Jazz – Foto: Marcos Vieira
I Love Jazz – Foto: Marcos Vieira

Vércia Oliveira, que é Gerente de Eventos do Grupo Diários Associados de Minas Gerais e a responsável pela contratação da Una 360 neste festival, afirma que a parceira é uma mão de via dupla, que além se ter o custo-benefício em relação a mão-de-obra para o organizador, é ofertado diretamente a oportunidade ávida dos alunos vivenciarem momentos reais com ação proveitosa para proporcionar o crescimento imprescindível para torná-los profissionais mais completos. 

Para ela, as inúmeras parcerias com a agência são sempre muito enriquecedoras e ao longo dos anos muitas produções aconteceram e em todas elas o comprometimento da equipe foi excepcional para serem reconhecidos no setor de eventos.

“Eu espero, em todas as produções, ter passado um pouco de nós pra eles, pois sempre deixaram muito deles conosco.  Somos muito gratos às parcerias realizadas com a Una 360!” diz Vércia. 

0 255

Conheça o laboratório de Relações Públicas do Centro Universitário Una

Por: Italo Charles

Tudo começou em 2010, quando um projeto temporário foi idealizado para a produção do Axé Brasil. Na época, não existia perspectiva para que o projeto, que ainda não tinha nome, continuasse. Entretanto, dois anos depois, o Centro Universitário Una suscitou uma parceria com a DM Promoções e criaram a “Una DM Jovem”, uma produtora de eventos que oferecia aos estudantes a oportunidade de conhecerem na prática toda a produção de um evento.

Mas só em 2014 nasceria a Agência Una 360. Após dois anos de crescimento e expansão da produtora, a 360 se configurou como o laboratório do curso de Relações Públicas, que tem como essência proporcionar aos extensionistas a chance de conhecerem a estrutura dos grandes eventos, passando por todas as etapas de organização, logística até o resultado final.

“A atuação dos alunos nos eventos externos, principalmente, é uma grande oportunidade para que eles coloquem em prática tudo aquilo que aprendem na sala de aula. Isso acaba criando um vínculo com o mercado e proporcionando experiência, network, desenvolvimento de carreira, e, consequentemente, revela e treina os talentos que eles possuem para o mercado de trabalho”, comenta a líder do lab Débora Lisboa.

Como o intuito de fomentar a interação entre a agência e os estudantes, o núcleo oferece a possibilidade dos alunos participarem dos eventos em suas várias fases. “A Una 360 tem uma boa conexão não só com os extensionistas atuantes, como também com demais alunos da Una. O núcleo oferece a possibilidade dos estudantes de atuar em grandes eventos, ver como funciona os bastidores, fazer conexões com excelentes profissionais e mais. É uma experiência única, com memórias para ficarem marcadas, por isso é vista com grande interesse e como uma boa oportunidade pelos alunos”,  salienta Débora.

Parceria e Serviços

Entre todas as parcerias envolvidas, hoje, a 360 faz parte da ‘Fábrica’ junto aos laboratórios da Economia Criativa da Una. Entretanto, devido ao cenário imposto pela pandemia (Covid-19), o setor de eventos foi um dos mais afetados e as produções externas sofreram interrupções.

Os principais serviços prestados pela agência são: gestão e criação de conteúdo para redes sociais; assessoria de Imprensa; suporte de Design Gráfico (criação de peças, campanhas e edição), cobertura fotográfica e filmagem; produção de vinhetas, filmes promocionais e vídeo mkt dos eventos; acompanhamento e interface com fornecedores  contratados pelo evento; pesquisas e identificadores de problemas durante o evento; suporte no credenciamento e staff, suporte e apoio de produção, gestão de contratos, suporte em projetos arquitetônicos e de ambientação, apoio na criação de peças e customização de camisetas/uniformes e suporte nos postos de atendimento médico. 

Equipe

Atualmente Una360 é composta por Débora Lisboa (líder da agência desde março, 2020), por Ana Paula Santos (responsável pelo administrativo) e pelos extensionistas: Jéssica Caroline e Thalia Costa (Relações Públicas), Cissa (jornalismo), Matheus Coelho (Design), Camila de Alencar, Gabriel Santiago, Guilherme Jardim, Mel Jhorge e Wallace Militão (Cinema), Gabriel Benzaquen (Arquitetura), Isabella Tavares (Direito), Lucas Felipe (Enfermagem) e Brenda Moreira (Moda), compõe o grupo.

Depoimentos do extensionistas

“A 360 é um laboratório de experiências únicas que serão levadas para a vida pessoal e principalmente profissional”, diz Lucas Felipe (Enfermagem).

“A agência foi o primeiro lugar onde tive um contato maior com o curso que escolhi. Conheci um outro lado dos eventos, consegui entender e conhecer o passo a passo da organização, me sinto muito feliz e realizada por ter essa experiência única”, comenta Thalia Costa (RP)

”Aqui é onde nós entramos em contato com o mundo. Onde testamos nossos limites e descobrimos coisas que não sabíamos, junto com nossos colegas, de áreas tão similares ou diferentes das nossas, e com as novas pessoas que encontramos no meio do caminho”, afirma Cissa (Jornalismo)

“É muito importante destacarmos que a Una360 reúne não só alunes de Relações Públicas e, esse espaço de aprendizado e as oportunidades que encontramos dentro das atividades do LAB, contribuem diretamente na construção profissional do graduando”, Mel Jhorge (Cinema)

“A Una360 me proporcionou conhecer diversas pessoas e participar de inúmeros eventos. É sem dúvida um episódio marcante na minha vida. A correria de fazer vários eventos e lidar com diversas pessoas diferentes é cansativa fisicamente, mas extremamente estimulante”, Gabriel Benzaquen (Arquitetura)

“Eu sou apaixonada pelo que faço e por ter sido apresentada ao ‘Mundo dos Eventos’, porque até então, não tinha conhecimento de que o Direito era tão necessário nos eventos. O nosso núcleo não é só um lugar que organizamos os eventos, mas também um lugar de muito aprendizado, trocas de experiências, responsabilidade, amadurecimento e principalmente união. Com a nossa equipe não tem moleza e nem preguiça! Com certeza, a Una 360 faz parte da melhor fase da minha história!”, Isabella Tavares (Direito).

“A Una360 é um núcleo que me proporcionou bastante aprendizado, tanto para minha vida profissional quanto pessoal. Conheci pessoas e profissionais incríveis e pude entender um pouco mais sobre esse mundo dos eventos. Sou muito grata por ter tido contato com todas essas experiências”, Jéssica Caroline (RP)

Com a palavra, a Líder

“Minha história com a Una 360 é um pouco mais antiga. Entrei na Una em 2016 e desde então a Una 360 faz parte do meu cotidiano e com o passar do tempo, nossos laços foram só aumentando. Parceiras, eventos, risos, aprendizado, tudo isso venho colhendo desde o nosso primeiro contato. Quando fui convidada a assumir a liderança do núcleo, bateu aquele frio na barriga, a responsabilidade agora era maior e o desafio também. Mas desde o início fui muito bem recebida por toda equipe e apesar deste momento atípico, estamos juntos e cada vez mais nos fortalecendo e desenvolvendo como equipe. E tenho certeza que quando isso tudo passar, estaremos ainda mais forte e preparados para arrebentar no universo dos eventos” – Débora Lisboa.

Para conhecer mais sobre o trabalho da Una360, acesse o Instagram (@una360oficial)

*A matéria foi produzida sob a supervisão da jornalista Daniela Reis

0 942

Por Ana Paula Tinoco

A diversidade desembarca em Belo Horizonte (MG) com o Festival TransArte. Entre os dias 4 e 12 de outubro, produtores, artistas e público, pretendem dialogar e explorar temas relacionados a identidade de gênero e sexualidade com espetáculos teatrais, performances, exposições, shows, bate papos e oficinas.

O projeto TransArte que nasceu no coração da Lapa, no Rio de Janeiro (RJ) em 2008, pelas mãos de travestis e transexuais, antes chamados de “Damas em Cena” cresceu e transformou-se em Festival em 2014, com apoio de várias instituições como Sesi Cultural (Rj), Instituto do Ator e Universidade Veida de Almeida. O TransArte busca através da arte, da música e das performances colocar em prática a discussão sobre valores como: o respeito às diferenças, a não-violência, o acesso aos bens culturais, a igualdade de direitos e a liberdade de expressão.

Em sua segunda edição, o festival traz para a capital mineira, cerca de 50 produções com mais de 100 artistas. O produtor e fundador e mestre de artes, Douglas Resende entende que existe uma diversidade de eventos com a temática da identidade de gênero e sexualidade e ressalta que o grupo é resguardado com “seriedade, respeito e comprometimento por todos os seus apoiadores”.

Para ele, é o amor pela arte é o que faz com que ele e outros artistas sigam com o projeto. “Esses são os primeiros guerreiros, os resistentes, os que veem na arte a possibilidade de mudança para uma vida melhor. São nossos primeiros apoiadores.”.

Ministério da Cultura e a Funarte também compraram e abraçaram a ideia do coletivo, sendo eles, os apoiadores institucionais. “Eles compraram a ideia devido a relevância e excelência da iniciativa”, destaca Resende que completa orgulhoso: “O projeto obteve a pontuação máxima na licitação.”.

A diversidade de artistas

A seleção dos artistas passa por uma curadoria que busca a multiplicidade existente em diferentes grupos. “O processo tenta abarcar uma pluralidade de vozes, garantindo um diálogo mais consistente e uma troca produtiva.”, explica o produtor Douglas Resende que garante, “A escolha também sempre considera o que as pessoas querem falar, o que elas querem dizer”.

 

De acordo com a também produtora, Dandara Vital, um evento desse porte tem uma grande relevância para a sociedade pois ele também foca na capacitação de pessoas trans e travestis, mostrando que o nosso lugar é onde a gente quer estar: “Acredito na arte como forma de transformação, temos a possibilidade de atingir pessoas, e assim poder incentivar a não desistir, a resistir.”.

 

Público e expectativa

 

Quando questionados sobre o que o público pode esperar, Douglas Resende revela seu desejo de que a inclusão com o TransArte alcance não só os artistas, mas também os visitantes das oficinas, bate-papos e shows. “Espero que se divirtam, que façam amizades, que conheçam pessoas novas, façam trocas. Espero também que diferentes públicos compareçam ao evento, já que ele preza a diversidade e, portanto, o respeito às diferenças como caminho para uma sociedade mais justa e mais inclusiva.”, finaliza.

 

Drag-se

 

Entre vários grupos e artistas que irão participar da segunda edição do TransArte um deles é a Drag-se, criado em 2014 como “um convite a liberdade”. Segundo Bia Medeiros, uma das fundadoras da marca, o movimento Drag-se celebra a diversidade através da arte, cultura e entretenimento.

Antropóloga e documentarista, Bia Medeiros compartilha a sua experiência e revela como será a participação do grupo no evento. “A Drag-se foi o nosso primeiro projeto voltado para a criação na internet e o YouTube veio como uma das melhores ferramentas para nos consolidar como um canal de referência na arte Drag brasileira.”. De acordo com uma das fundadoras, o Drag-se participa do TransArte em duas etapas: “A primeira será no simpósio na mesa ‘Encontro de YouTubers’ que a Drag-se vai dividir a mesa com o youtuber Lucca Najar do canal Lucca Najar e em um debate sobre internet, ativismo, como a causa LGBTQIA pode ser beneficiada pelo ativismo online. Já a segunda participação será em novembro, em que participaremos como jurados do concurso Transarte Drag-se, lá o público poderá conhecer Marco Aurélio, nosso produtor, Betina Polaroid, nossa drag fotógrafa e Ravena Creole, a drag do povo.”.

 

Serviço:

A programação completa com locais, horários e datas aqui: TransArte.

0 554
Divulgação

18 de Novembro

  • Estado de Natureza – Pedro Motta

Data: de 18.11.2016 até 15.01.2017

Local: CâmeraSete – Casa da Fotografia de Minas Gerais

Nesse trabalho, o fotógrafo continua sua intensa pesquisa com manipulação digital e mescla cenários naturais a elementos inusitados como personagens de filmes, desenhos em grafite, barcos inutilizados e erosão provocada pela água da chuva. Com curadoria do colombiano José Roca, as obras são divididas em oito séries, com destaque para Falência#2, criada especialmente para essa exposição.

Informações Adicionais:

3ª a sábado das 9h30 às 21h.

https://fcs.mg.gov.br/

Telefone: 31 3236-7400

Entrada Franca

  • Oficina de Audiovisual Quilombola

Data: de 18.11.2016 – 14:00 até 19.11.2016 – 14:00

Local: Memorial Minas Gerais Vale

As comunidades quilombolas de Minas Gerais possuem grande diversidade cultural, mas, ao mesmo tempo, são desconhecidas por grande parte da população. O domínio de ferramentas como o audiovisual possibilita acessar outra plataforma de construção de um discurso cultural e político. É com essa perspectiva que a presente oficina busca sensibilizar jovens quilombolas na linguagem do audiovisual, para que possam produzir pequenos vídeos a partir do uso de smartphones.

https://www.memorialvale.com.br/

Telefone: 31 3308-4000

Entrada Franca

  • Cara Preta

Data: 18.11.2016 – 19:00

Local: Centro Cultural Urucuia (CCU)

Inspirado em textos de Guimarães Rosa e Lautreamont, “Cara Preta” aborda fragmentos de narrativas com lugares que falam da negligência, criminalidade e sobrevivência humana.

https://www.bhfazcultura.pbh.gov.br/

Telefone: 31 3277-1531

Entrada Franca

  • CineQuintal no 104 – Martírio

Data: 18.11.2016 – 19:00

Local: Cine 104

Prêmio Especial do Júri no 49º Festival de Brasília
Direção – Vincent Carelli (em co-direção com Ernesto de Carvalho e Tita)
Brasil, 2016, 162 min

Classificação indicativa – 12 anos

O retorno ao princípio da grande marcha de retomada dos territórios sagrados Guarani Kaiowá através das filmagens de Vincent Carelli, que registrou o nascedouro do movimento na década de 1980. Vinte anos mais tarde, tomado pelos relatos de sucessivos massacres, Carelli busca as origens deste genocídio, um conflito de forças desproporcionais: a insurgência pacífica e obstinada dos despossuídos Guarani Kaiowá frente ao poderoso aparato do agronegócio.

Informações Adicionais:

Distribuição de ingressos 30 minutos antes da sessão.

https://www.centoequatro.org

Telefone: 31 3222-6457

Entrada Franca

  • Igual para Igual

Data: 18.11.2016 – 14:00

Local: Centro de Referência da Cultura Popular e Tradicional Lagoa do Nado

Coordenado pela Terapeuta de movimentos Marta Mattos.

https://www.bhfazcultura.pbh.gov.br/

Telefone: 31 3277-7420

Entrada Franca

  • Favela é Isso Aí mostra a diversidade musical das comunidades

Data: 18.11.2016 – 20:00

Local: Teatro de Bolso Júlio Mackenzie – Sesc Palladium

Convidado especial da Mostra Favela é Isso aí, o evento celebra os dez anos de atividade da Oficina de Violão da Serra. A iniciativa é realizada pelo professor e músico Heberte Almeida, no Aglomerado da Serra, também integrante das bandas “Pelos” e “Projeto Manobra”. As apresentações resultam de um processo de trabalho vivenciado em sala de aula e que tem seu tom dado pela diversidade musical. Além de músicas autorais, o grupo de alunos faz releituras de canções de diferentes estilos musicais, revisitando ícones do pop e do rock, nacional e internacional, de épocas distintas.

https://www.sescmg.com.br/

Telefone: 31 3270-8100

Entrada Franca

  • Quem tem medo de travesti

Data: 18.11.2016 – 21:00

Local: Sesc Palladium

Um jovem se suicida por não suportar mais um mundo de preconceito e discriminação, crianças que brincam sem medo do desejo, pessoas sem classe social, uma mãe que perde o filho por causa de uma sociedade cruel, seres da noite, vampiras, lobisomens, centauros urbanos, bixas, viados. QTMT é um olhar artístico sobre o “Universo Trans”. Um espetáculo epidérmico-sensível-agressivo sobre essas questões. Um olhar delicado, e quase cru, sobre o medo daquilo que não se conhece ou que se julga, mesmo sem conhecer. É um trabalho sobre verdade e necessidade de falar, de se ouvir, melhor, de gritar!

https://www.sescmg.com.br/

Telefone: 31 3270-8100

  • Gigantes do Samba

Data: 18.11.2016 – 22:00

Local: BH Hall

A apresentação reúne Alexandre Pires e Luiz Carlos, do Raça Negra.
Os dois cantores prometem um show repleto de sucessos das décadas de 80 e 90. Alexandre Pires e Luiz Carlos contam ainda com a participação especial da jovem sambista Ana Clara, que abre o show e mostra o seu talento no decorrer da apresentação.
O projeto presenteia o público com um encontro de duas importantes figuras do movimento sambista e as canções que cativaram milhares de fãs em todo o mundo. Vale ressaltar que, juntos, as bandas dos cantores Luiz Carlos (Raça Negra) e Alexandre Pires (Só Pra Contrariar) já venderam quase 60 milhões de discos.

https://premier.ticketsforfun.com.br/

Telefone: 31 4003-5588

19 de Novembro

 

  • Feira do Vinil e CDs Independentes do Distrital

Data: de 19.11.2016 – 10:00 até 19.11.2016 – 17:00

Local: Mercado Distrital do Cruzeiro

Nesta edição da Feira do Vinil homenagearemos a Paladium, selo mineiro dos anos 60 e 70, que lançou muitos discos, alguns, produção própria, outros, edições montadas por gêneros e sucessos populares, normalmente sem os créditos musicais, o que permitia gravadoras/selos obscuros lançarem um determinado disco com diferentes nomes e capas.

https://www.discotecapublica.com.br

Telefone: 31 2514-5710

Entrada Franca

Promoção: Discoteca Pública

Realização: Discoteca Pública

  • Anime Festival BH 2016 Tradicional

Data: de 19.11.2016 – 12:00 até 20.11.2016 – 20:00

Local: Minascentro – Centro Mineiro de Promoções Israel Pinheiro

Feira de quadrinhos, desenhos animados japoneses, mangás, games. Gincanas e atrações ligadas ao verão, férias onde a meta é a integração de todos os fãs que nos prestigiam vindos de várias regiões do interior de Minas Gerais e de outras cidades do país. Tradicional concurso Cosplay, onde fãs mostram suas melhores fantasias de desenhos animados japoneses, seriados americanos, filmes, desenhos animados americanos e ou europeus.
https://www.facebook.com/pages/Anime-Festival-BH/207370585965358?sk=photos_stream

https://www.animefestival.com.br

Telefone: 11 4107-4540

Email: contato@animefestival.com.br

Promoção: Animecon Promoção de Eventos

Realização: Animecon Promoção de Eventos

  • Dialeto

Data: 19.11.2016 – 15:00

Local: Centro Cultural Venda Nova (CCVN)

Rap Autoral – Show integrante do Evento: Dia da Consciência Negra do Centro Cultural Venda Nova.

https://www.bhfazcultura.pbh.gov.br/

Telefone: 31 3277-5533/3277-9504

Entrada Franca

  • Feira Fresca

Data: 19.11.2016 – 09:00

Local: Avenida Prudente de Morais, 840 – Santo Antônio

A feira oferece produtos de alta qualidade oriundos de empreendimentos da agricultura familiar e artesãos independentes de Belo Horizonte. São dezenas de produtores que apresentam artigos variados, como queijos, ovos, hortaliças, geleias, pães, pimentas e outros.

Telefone: 31 3327-6880

Entrada Franca

  • A Liga Da Justiça Vs Coringa

Data: 19.11.2016 – 16:00

Local: Espaço Cultural Compalco: Rua Almirante Barroso, 60 – Nova Suiça

A Humanidade corre sérios perigos quando o Coringa resolve colocar em prática mais um de seus planos. Mas a Liga da Justiça com seus Super Heróis favoritos estarão a postos para nos defender. Superman, Batman, Mulher Maravilha e o Lanterna Verde irão lutar para combater o Poderoso Coringa que planeja explodir a cidade e acabar com tudo. Uma história cheia de aventura e efeitos que irá encantar crianças e adultos.

https://www.vaaoteatromg.com.br/

Telefone: 31 3272-7487

  • Debate com o Coletivo As Travestidas

Data: 19.11.2016 – 17:00

Local: Teatro de Bolso Júlio Mackenzie – Sesc Palladium

Debate com o Coletivo Artístico As Travestidas, a partir das 17h, sobre o processo de atuação do Grupo enquanto arte e questionamento social. Já às 21h, será encenado o espetáculo BR-TRANS, solo do ator Silvero Pereira, com direção de Jezebel De Carli, que faz um processo etnográfico sobre o universo das travestis, transformistas e transexuais entre o Ceará e o Rio Grande do Sul. Um processo cênico antropológico-autofágico, que traz à cena histórias sobre medo, solidão e morte. Histórias que se encontram e se confundem entre si e com a vida e as inquietações do ator.

https://www.sescmg.com.br/

Telefone: 31 3270-8100

Entrada Franca

  • Festival Sarará

Data: 19.11.2016 – 19:00

Local: Parque Municipal Américo Renné Giannetti

O evento celebra a mistura e a diversidade. Neste ano terá como tema a (in)tolerância, promovendo espaços para debates e intervenções artísticas. O Festival Sarará firma suas raízes e evolui para o autoconhecimento por meio do conceito de (in)tolerância dentro de cada um, como forma de entender e viabilizar caminhos de união a partir do respeito pelo diferente e da celebração da diversidade.
Atrações: MC Marechal, Gabriel O Pensador, Liniker, MC Carol e Criolo, ao lado de Tulipa Ruiz e Ney Matogrosso.

https://www.festivalsarara.com.br/

Telefone: 31 3277-9697

20 de Novembro

 

  • Dia Nacional da Consciência Negra

Data: 20.11.2016

Local: Rua Andiroba, 20 – São Paulo

Ao comemorarmos o Dia Nacional da Consciência Negra salientamos a importância deste momento histórico para todo o povo brasileiro: a herança de um povo que mesmo tendo sido feito escravo não aceitou passivamente a escravidão sobre seu pescoço. Entrada 1 kg de alimento não perecível e mais R$ 12,00 Gratuitamente serão servidos oropronobis com suã, costelinha e angu.

Telefone: 31 99713-4002

Email: kizomba.bh@gmail.com

Promoção: Kizomba

Realização: Kizomba

  • Música de Cinema

Data: 20.11.2016 – 10:00

Local: CSul Cultural: Avenida Princesa Diana, 55 – Lagoa dos Ingleses

As trilhas sonoras clássicas e nostálgicas do cinema vão invadir o CSul Cultural em apresentação imperdível da Orquestra Ouro Preto, que convida o duo de violões Guanduo para participar do concerto. Sob regência do maestro Rodrigo Toffolo, o repertório celebra o cinema por meio de clássicos nacionais e internacionais das telinhas.
Ao lado do duo Juliano Camara e Eduardo Pinheiro, a Orquestra conta um pouquinho da história do cinema por meio de versões orquestrais de trilhas dos filmes “A Noviça Rebelde”, “Casa Blanca”, “Cinema Paradiso”, “O Carteiro” e o “Poeta”, além de produções nacionais como “Central do Brasil” e “Três Irmãos de Sangue”.

https://www.csullagoadosingleses.com.br/

Telefone: 31 3547-3911

Entrada Franca

  • Baladinha Kids

Data: de 20.11.2016 – 15:00 até 20.11.2016 – 20:00

Local: Alambique Cachaçaria

A junção entre o talento de Iris Pereira e o sucesso do Alambique só poderia trazer um evento único e pioneiro voltado totalmente para o público infantil de Belo Horizonte. Iris Pereira convida os seus amigos do The Voice Kids para uma viagem no tempo com canções que alegram e divertem várias gerações. Tavinho Leoni, Igor Silveira, Matheus Quirino, Leslie e Laurie, além de uma convidada especial, serão parte dessa tarde de diversão para toda a família. As atrações não param com os shows. A casa estará toda decorada com jogos e brincadeiras de todas as épocas, unindo pais e filhos para um lazer completamente novo na cidade. Para completar, terá um espaço especial reservado para os pais também aproveitarem a tarde.

https://www.alambique.com.br/

Telefone: 31 3296-7188

  • Cabaré das Travestidas e Toda Deseo

Data: 20.11.2016 – 19:00

Local: Sesc Palladium

Trabalho de teatro festa do Coletivo As Travestidas que tem como princípio o transformismo, Talk Show, improviso e atualidades. Um espetáculo composto por interação com público, músicas ao vivo e dublagens, recheado de humor e glamour. O projeto questiona o papel da arte transformista nas artes cênicas. Diversão e sensibilidade crítica. Participação especial da Toda Deseo, de Belo Horizonte.

https://www.sescmg.com.br/

Telefone: 31 3270-8100

Fonte: Agenda Cultural

 

Lucas D'Ambrosio
  • 70º Exposição de Miniaturas – Miniatura Esporte Clube

Data: 13.08.2016

Local: Xico da Carne – Cidade Nova

Encontro de colecionadores que acontece mensalmente, com a participação de vários colecionadores com miniaturas de diversos temas e escalas. Além da exposição também tem um “mercadinho” de trocas e vendas já famoso entre os colecionadores e o público em geral. A partir das 13:30h até as 18:00h, aberto ao público.

E-mail: miniaturaesporteclube@yahoo.com.br

  • Ainda te pego

Data: de 13.08.2016 até 14.08.2016

Local: Teatro Santo Agostinho

No espetáculo, a atriz Nilmara Gomes interpreta a personagem Maria Lúcia, uma mulher solitária que está prestes a conhecer pessoalmente Fernando, seu namorado virtual. O momento que antecede este encontro é contornado por momentos de ansiedade, loucura e romantismo, além de “algumas” doses de calmantes, que rende muito humor ao público.

Informações Adicionais:

Sábado às 21h, dom. às 19h.

https://www.teatrosantoagostinhobh.com.br/home

Telefone: 31 2125-6810

  • Cine Sesc – Precisamos conversar (+) sobre o Brasil

Data: de 13.08.2016 até 03.09.2016

Local: Sesc Venda Nova

Este ciclo de filmes nacionais nos oferece a possibilidade de conversar mais sobre nossa história do ponto de vista de uma cinematografia contemporânea, que tem algo importante a dizer sobre nosso passado, presente e o que almejamos para o futuro.

Informações Adicionais:

Sessões os sábados às 15h.

https://www.sescmg.com.br/

Telefone: 31 3270-8100

Entrada Franca

  • Mercado Minas Áfricas Aki – Exposição temática

Data: de 13.08.2016 até 31.08.2016

Local: Centro Cultural Liberalino Alves de Oliveira (CCLAO )

Aqui o público terá chance de conhecer a história, o rol de produções atuais e as novas tendências da moda e da arte afro-brasileiras. Artistas expositores: Bruna França (MG): trajes, João Sales (BH): fotos, Wander Marcilio (MG): biojoias em cerâmica. Curadora de Vanicléia Santos (UFMG). O Mercado contará também com cerca de vinte marcas de produção em moda afro-brasileira.

Informações Adicionais:

2ª a 6ª das 8h às 17h.

https://www.bhfazcultura.pbh.gov.br/

Telefone: 31 3277-6077

Entrada Franca

  • Dia dos Pais

Data: 13.08.2016 – 10:30

Local: Mercado Central

Em homenagem ao Dia dos Pais, o Mercado Central irá oferecer um curso de preparação de churrasco e harmonização de cervejas com Chef Penninha.

https://mercadocentral.com.br/

Telefone: 31 3274-9434

Entrada Franca

  • Gaby Winehouse – Tributo a Amy

Data: 13.08.2016 – 19:00

Local: Teatro Marília

O Teatro Marília receberá um show em tributo a Amy Winehouse, com Gaby Winehouse.
Criada em 2015, a banda interpreta as músicas da cantora inglesa Amy Winehouse na voz de Gaby Winehouse (personagem criado por Gabriel Freitas: idealizador do projeto)

https://www.sympla.com.br/

Telefone: 31 3277-4697

  • Gigantes pela Própria Natureza

Data: 14.08.2016

Local: Praça Floriano Peixoto

O espetáculo recria artisticamente o sincretismo das encanteiras, cerimônias semelhantes à pajelança nas quais seres espirituais denominados moços encarnam em médiuns, os ditos aparelhos.
Trata-se de uma orquestra de rua sobre pernas de paus, formada por artistas e integrantes da Companhia. No repertório, música popular, danças dramáticas e teatro musicado. Inspirado nas músicas tradicionais indígenas, africanas e europeias, referência a obra do modernista Mário de Andrade, transbordando para realidade urbana e fazendo um paralelo entre a tradição e contemporaneidade. O roteiro propõe explorar coisas, pessoas, plantas, bichos e invenções
tomando Albert Einstein e Mário de Andrade por faróis.

Informações Adicionais:

Às 11h e às 16h.

https://www.facebook.com/events/159801517759437/

Entrada Franca

  • Manhãs Musicais

Data: 14.08.2016 – 11:00

Local: Fundação de Educação Artística

Especialista em Ernesto Nazareth (1863-1934), Maria Teresa Madeira dedica-se à obra do compositor desde a década de 1980. Em 2013, foi agraciada com o Prêmio da Música Brasileira da FUNARTE para gravar toda a sua obra para piano. São 215 obras divididas em 12 CD’s, registrando composições famosas como Odeon, brejeiro, apanhei-te cavaquinho, Batuque, e obras raras e inéditas como Encantador, Capricho, Polca para mão esquerda, entre outras. O concerto tem como finalidade apresentar esse trabalho feito com grande dedicação e homenagear o compositor que fez tanto à musica Brasileira.

https://www.fundacaoeducacaoartistica.org.br/

Telefone: 31 3226-6866

No último final de semana foram realizados dois eventos na Praça da Liberdade. No sábado o evento foi produzido pela Híbrido Eventos e no domingo pela Sleep Walkers Entretenimento. O evento de domingo trouxe alguns danos para a Praça como grama pisoteada, lama e um poste derrubado.

Segundo a Regional Centro-sul a Sleep Walkers (SW) poderá ser multada assim que o Iepha repassar o relatório de danos causados à Praça. Nesta semana, a Regional multou a produtora de shows pelo excesso de público, em R$ 1.269,48. Ainda de acordo com a Centro-Sul, o dados do eventos sábado, 11, o S.E.N.S.A.C.I.O.N.A.L, para avaliar se, também, houve excesso. Caso isto seja comprovado a Híbrido eventos, também, receberá uma multa.

dsc_0139
Sócio-fundador da Híbrido Eventos, Tamás Gontijo Bodolay

Caso haja multa o posicionamento da Híbrido é de defender o evento. Segundo eles os números são subjetivos. “É um evento completamente aberto e sem catracas, não tinha como medir, exatamente, o número de pessoas”, explica o sócio fundador da Híbrido Eventos, Tamás Gontijo Bodolay. “O nosso posicionamento é falar que o evento ocorreu normalmente, sem transtornos e acho que não faz sentido nenhum ocorrer essa multa pra gente”, defende.

Já a Sleep Walkers Entretenimento diz não ter recebido nenhuma notificação oficial dos órgãos responsáveis com relação à multa por excesso de público. “Assim que recebermos a notificação as medidas cabíveis serão tomadas”, garante por meio da assessoria de comunicação.

A Regional Centro-sul e o Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (IEPHA) alegam não terem sido informados da apresentação do Monobloco, no domingo. De acordo com a Sleep Warkers Entretenimento os documentos exigidos no processo de licenciamento do uso do espaço público não solicitam a descrição detalhada da programação do evento. “Mas em diversas oportunidades, durante as reuniões com os órgãos responsáveis, as atrações do Concurso foram apontadas e discutidas”, informa a SW.

Procedimentos de conservação e limpeza

De acordo com Tamás Gontijo, realizador do S.E.N.S.A.C.I.O.N.A.L,  no pré-evento não foi necessário nenhum tipo de ação, pois a Praça já é conservada pela Vale, que faz a gestão do local. Já no pós-evento foi feito um acordo com o Serviço de Limpeza Urbana (SLU), que se comprometeu a fazer a limpeza do local, logo após a saída das pessoas. “Por volta de meia-noite ou uma da manhã eles chegaram”. Outra medida importante tomada pela organização foi o uso de stack-cup. “É a primeira vez que esses copos são utilizados em um evento no Brasil. Foram vendidos quase 3.000 copos antes das 18h e isso reduziu muito a produção de lixo”, informa.

dsc_0141
Stack-cup: copo de material resistente e reutilizável

Já, no caso do evento do domingo, Pré-Carnaval com Concurso de Machinhas, Orquestra Mineira de brega e apresentação da grupo carioca Monobloco, a realizadora Sleep Walkers informa, por assessoria, ter contratado uma empresa particular para a limpeza do local. “A empresa ficou responsável pela limpeza da Praça da Liberdade durante e após o evento”.

Algumas estruturas de palco e bares do evento de sábado foram reutilizadas no concurso de marchinhas de domingo. “Incluímos mais uma estrutura de palco e reforçamos a proteção das áreas verdes, gradeando, principalmente, as áreas com plantações especiais”, explica a assessoria da SW.

Por Bárbara de Andrade e Bruno Maia

Foto chamada: Bruno Bentes

Foto reportagem:  Bárbara de Andrade e Bruno Maia