Tags Posts tagged with "motoristas"

motoristas

0 569

Por Hellen Santos

O dia 25 de julho foi definido pela Igreja Católica para homenagear os Motoristas, pois também é dia de São Cristóvão (conhecido por trabalhar durante muito tempo transportando pessoas nas costas para que pudessem a travessar um rio), padroeiro dos profissionais das estradas no Brasil.

Hoje o número de profissionais que são responsáveis pelo transporte térreo cresce cada vez mais. Encontramos eles em coletivos de transporte público e privado, nos táxis e com a chegada da tecnologia, têm motoristas em carros particulares fazendo o transporte de pessoas através de aplicativos.

Nesse dia algumas cooperativas organizam ações de para conscientizar motoristas e usuários de transportes públicos das responsabilidades do ato de dirigir com seguranças. A igreja Católica São José, localizada na Rua Tupis, 164 costuma realizar missas para abençoar os motoristas, e seus objetos pessoais nesta data.

O que seria de nos se não existissem os motoristas? Profissionais que zelam por nosso transporte com segurança. Passam sufoco com estradas cheias de buracos para melhor nos atender e ainda sacrificam seu tempo com a família para a melhor comodidade da sociedade.

O Decreto nº 63.461, de 21 de outubro de 1968, oficializa o dia 25 de julho como o “Dia do Motorista” no Brasil.

Serviço:
Missa do Dia do Motorista
Igreja de São José
Local: Rua dos Tupis, 164.
Horário: 19h

 

A campanha “Pedestre. Eu respeito”, iniciada em março pela BhTrans, entrou em sua segunda etapa essa semana. Parte do projeto Vida no Trânsito, do Ministério da Saúde, a iniciativa já passou pela Avenida Alfredo Balena, na área hospitalar e agora está no quadrante da Rua dos Guajajaras, Goiás, Bahia e Augusto de Lima. De acordo com o gerente de educação da BhTrans, Cézar Teixeira Lopes, a equipe já percebeu uma mudança de comportamento dos motoristas e pedestres na primeira área.

A professora Amanda de Castro Silva, 55, avalia como positiva essa iniciativa. “Eu acho ótima essa ideia, porque os motoristas realmente devem dar a preferencia para os pedestres. Minha filha quase foi atropelada por uma moto há uns dias, porque eles não dão seta e avançam os sinais. A campanha é boa, mas depende da conscientização das pessoas”, disse. O instrutor de AutoCAD, Bruno Ferreira Rodrigues, 21, analisa como um incentivo para que os brasileiros alcancem um nível internacional e propõe outras alternativas para um trânsito melhor. “Como tem no exterior, é legal trazer pra cá pra evitar tantos acidentes, porque o trânsito está muito agressivo. E poderia voltar com os semáforos com aqueles botões para parar, que tinha antes, mas nunca mais vi”.

Já a aposentada Helena Gonsalves, 65, considera importante, porém, acredita que só dará certo enquanto os agentes estiverem nas ruas. “Não adianta, os motoristas não respeitam, vai depender da educação dos motoristas e dos pedestres também”.

A campanha, que vai até abril de 2014, surgiu com o intuito de diminuir o número de atropelamentos. A BhTrans elaborou um plano com 12 áreas que receberão a campanha, cuja escolha é feita pela região que tem mais atropelamentos. A proposta é implantar a campanha em toda a região metropolitana, mas enquanto isso não acontece, a expectativa é a maior divulgação para que o comportamento do belo-horizontino no trânsito melhore em toda a cidade.

Para Lopes, a campanha tem boa aceitação da população e tem atingido maior número de pessoas pela repercussão positiva que a mídia dá. “Somos bem recebidos nas abordagens, as pessoas elogiam e dizem que a cidade precisava disso. Elas gostam do mímico, que ajuda senhoras a atravessar a rua, e pedem para tirar foto com a mãozinha”, comenta.

Segundo o gerente, antes do inicio da campanha, agentes da área de engenharia fazem estudos de melhorias para os pedestres. Como já ocorreu na região hospitalar e na Rua Guajajaras com Goiás, o aumento do tempo nos semáforos e a instalação de faixas de pedestres são recursos adotados para a melhoria do trânsito e a melhor circulação dos pedestres.

Por Ana Carolina Vitorino

Foto: Hemerson Morais