Tags Posts tagged with "Opinião"

Opinião

O serviço de táxi em Belo Horizonte, considerado pelo Sindicato dos Taxistas como um dos melhores da América Latina, divide a opinião dos usuários. Enquanto alguns nunca tiveram problemas com o serviço, outros reclamam da dificuldade para encontrar um táxi. O editor do site BHTáxi considera a frota insuficiente, e o presidente do Sindicato dos Condutores Auxiliares de Táxi acredita que treinamentos para os taxistas podem contribuir para melhorar a qualidade.

A publicitária Camila Oliveira, 23, relatou um caso recente. “Estava voltando de uma casa de shows na região do bairro Carlos Prates e não encontrei um táxi para ir pra casa. Acho um absurdo precisar de um serviço essencial e não encontrar”, afirma. Já a estudante Letícia Ferreira considera o serviço bom. “Não tenho nada a reclamar. Os motoristas são educados, têm boa vontade de informar, levam aos lugares de forma correta sem tomar o caminho mais longo”, comenta.

O portal BHTaxi, que contém informações do serviço em Belo Horizonte, também registra reclamações dos usuários. É o que informa o editor do site, Léo Quintino. “Este ano já estamos contabilizando quase mil reclamações. A maioria delas é sobre a dificuldade de conseguir um táxi”. O editor comenta que considera moderna a frota de táxi da capital, porém “insuficiente para atender a demanda crescente”.

O presidente da Associação dos Condutores Auxiliares de Táxi (ACAT), José Estêvão disse que  para manter a qualidade do serviço “os condutores recebem treinamentos constantes, inclusive de direção defensiva”.  Ainda segundo o presidente, “tendo em vista os eventos internacionais previstos para a capital nos próximos anos (Copa das Confederações e Copa do Mundo), cursos de inglês e espanhol deveriam ser obrigatórios”, analisa.

Por Marcelo Fraga e Rute de Santa

Imagem: Internet

0 470

Na última quinta-feira, dia 4, aconteceu a inauguração da cidade administrativa. Cerca de 29 prédios de órgãos públicos serão transferidos para a nova sede do Governo Mineiro. Alguns comerciantes que ficam nas imediações da praça da liberdade deram a sua opinião sobre essaa transferência.

O jornaleiro Valentin Marzano, 54, está há um ano e meio na Praça da Liberdade prevê que a mudança será positiva para a região: “A região ficará mais moderna e movimentada com os museus e teatros.” explica.

A gerente de um restaurante, Deiseling Ferreira, trabalha a seis meses nesta função e também acha que esta transferência será benéfica: “Iremos ter clientes mais comuns. O nosso lugar será mais reconhecido”, diz.

A maioria dos comerciantes preferiu não opinar sobre o assunto até que as atividades comecem a ser desenvolvidas. Alguns prédios já estão sendo transferidos e a expectativa é que todos estejam em funcionamento na nova sede até o fim do ano.

Texto: Matheus de Azevedo

Foto: Matheus de Azevedo