Tags Posts tagged with "praçadaliberdade"

praçadaliberdade

Todos os anos, a organização Médico Sem Fronteiras (MSF), vacina milhões de pessoas, na maioria das vezes em lugares extremamente remotos. Para mostrar o planejamento necessário para levar os medicamentos em áreas de difícil acesso, o órgão trouxe para Belo Horizonte a exposição Caminhos da Vacinação, que fica na Praça da Liberdade até o dia 1° de novembro.

Através de fotografias e vídeos interativos, a mostra revela ao público os desafios enfrentados para realizar campanhas de vacinação em várias regiões de difícil acesso no mundo. Transportar medicamentos por trajetos imprevisíveis, longos e tortuosos, tendo de mantê-las, durante todo o tempo, a temperaturas entre 2°C e 8°C é uma das dificuldades reveladas.

_DSC0002
Visitante conhecendo a exposição

De acordo com Aparecida Ribeiro, 48, voluntária na ONG, a exposição prende a atenção dos visitantes. “O público está se sensibilizando com o trabalho, muitas pessoas que vêem ficam emocionadas. A maioria já conhece o Médico Sem Fronteiras e a apresentação é somente um dos serviços”, afirmou.

Caminhos da Vacina

O documentário “Caminhos da Vacina”, produzido pela Quintal Filmes, mostra os caminhos que ligam o armazém de suprimentos de vacina em Bruxelas, na Bélgica, aos vilarejos situados na região noroeste da República Democrática do Congo (RDC).

Na produção, o Coordenador de Logística da MSF, Marco Doneda, relata que as estradas são muito ruins, vilarejos que são tão distantes que só se pode ter acesso “a pé”. “Ás vezes é difícil seguir em frente nas viagens. O problema, normalmente, é levar os materiais até o local em boas condições” completa Doneda.

Partes do documentário que são utilizadas na exposição, apresentam a resistência que muitas aldeias possuem á aplicação das vacinas, por questões culturais e religiosas. Segundo o Coordenador de Logística, um dos papéis da equipe nesses locais é informar a população sobre a campanha, as datas das crianças serem vacinadas, e a importância da vacinação para todas elas.

“Não podemos ignorar a vacinação, eles estão nos avisando. As crianças que não estão vacinadas sofrem mais. Aprendemos sobre a importância da vacina na vida de uma pessoa e quais as crianças devem receber para que ela esteja totalmente protegida”, Chantale, mãe de oito filhos e moradora do Congo.

Texto e Fotos: Victor Barboza

Hoje, terça-feira (7), Belo Horizonte recebe a exposição “Uma certa Itália – 15 artistas do Piemonte na Casa Fiat de Cultura. Piemonte, situada no norte da Itália, teve grande efervescência artística nos últimos 40 anos, com ênfase em sua capital, Turim. A partir de então, novos artistas inseridos em um contexto diferente dos já conhecidos pintores Italianos surgiram, influenciados por tecnologias e meios de comunicação atuais, e a produção artística foi rejuvenescida.

“Muitos dos artistas apresentados utilizam da tecnologia eletrônica em alguma fase de seu processo de criação. Outros, não utilizando esses recursos de modo direto, mostram a influência que as modernas tecnologias tiveram sobre sua visão do mundo e da arte”, explica o presidente da Casa Fiat de Cultura, José Eduardo de Lima Pereira.

Ao todo, 45 obras de 15 jovens artistas piemonteses foram selecionadas. Os critérios para escolha desses artistas, segundo o presidente da Casa Fiat, foi: “baseada na relevância de suas pinturas no cenário artístico, já com uma carreira consolidada, premiada e amplamente apreciada entre os críticos. Cada um, a seu modo, com linguagens e técnicas distintas. Em comum entre eles, o fato de todos serem da região do Piemonte. Eles são a vanguarda da pintura no Piemonte. E a Casa Fiat de Cultura tem no Piemonte a sua referência cultural italiana, berço de sua matriz industrial, a Fiat, que, em Minas, aportou nos anos 1970”.

Além das 45 telas, a exposição conta com o “Robô Racer”, unindo arte e tecnologia. Racer, criado pela COMAU, é o mais rápido em sua categoria.

“O robozinho faz um contraponto. Ele ‘faz’ videoarte. Será que ‘faz’ mesmo? A resposta, os visitantes é que darão”, destaca Pereira.

Com o objetivo de mostrar alguns caminhos atuais da produção artística italiana, a exposição pode ser visitada a partir de hoje até o dia 7 de setembro de 2015, terças e sextas, das 10h às 21h, e sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h.
Endereço: Casa Fiat de Cultura / Circuito Cultural Praça da Liberdade
Praça da Liberdade, 10 – Funcionários – BH/MG.
Entrada gratuita.
Para mais informações: (31) 3289-8900

casafiat@casafiat.com.br
facebook.com.br/casafiatdecultura
Instagram: @casafiatdecultura
www.circuitoculturalliberdade.com.br

 

Texto: Bruna Dias

Imagens: Divulgação

Um caminhão do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais derrubou, na tarde desta quinta-feira, o portão e parte de um dos muros do Palácio da Liberdade, sede histórica do governo de Minas, na avenida Cristóvão Colombo. O acidente ocorreu durante uma vistoria em uma árvore com risco de queda. Não houve vítimas nem danos ao veículo.

A assessoria do Corpo de Bombeiros divulgou uma nota esclarecendo que a queda do muro aconteceu após uma manobra da viatura Autobomba Plataforma Escada, no momento de sua saída do local.  Esse tipo de veículo é utilizado em ocorrências que envolvam árvores de grande porte, e por isso foi usado para vistoria nas árvores do Palácio.

Segundo os militares o local está sendo periciado pela Polícia Civil e passará por uma avaliação do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (lepha). A Diretoria de Manutenção do Palácio se responsabilizou pela reconstrução da parte do muro que foi danificada.

DSC_0021

(Parte dos tijolos serão reutilizados para reparar os danos)

Texto e Foto: Victor Barboza