Tags Posts tagged with "uma linda mulher"

uma linda mulher

0 279

*Por Bianca Morais

Bom dia, Roy Orlison. Meu nome é Bianca e tenho 24 anos. Fiquei sabendo que sua música “Pretty Woman” lançada em 1964 foi um grande sucesso. 

Nessa época, minha mãe e nem eu, pensávamos em nascer ainda. Já minha avó, com certeza, era aquele exemplo de uma mulher bonita descendo a rua, do tipo que você adoraria conhecer.

Parece que o sucesso não parou ali nos anos 60, certo? Em 1991, quando aí sim a minha mãe já era uma linda mulher, a música ganhou o Prêmio Grammy de melhor interpretação vocal masculina. Uau!

Lá em 2004, dessa vez eu já estava nascida, mas no caso eu era uma pretty little woman, com sete anos. Foi nesse ano que a Rolling Stone, a revista mais famosa no mundo da música, classificou “Pretty Woman” em #222 lugar de sua lista de 500 melhores canções de todos os tempos.

Música boa mesmo!

Hoje, dia 8 de março, é comemorado o dia de todas as Pretty Woman do mundo, é o Dia Internacional das Mulheres. Elas, fortes, independentes, empoderadas, que não baixam cabeça para ninguém, enfrentaram muitas batalhas para estarem onde estão atualmente, no mercado de trabalho, em posições de liderança e bem sucedidas, merecem sim um dia só delas. 

Roy, nesse dia tão importante para nós mulheres, parei para analisar a letra da música que achei que tanto me engrandecia e vou ser bem sincera sobre o que descobri traduzindo-a. Quando minha avó era nova e um rapaz a cortejava enquanto descia a rua e fazia à ela mil e um elogios sobre a sua beleza e pedia para conversar, implorava um sorrisinho, ela com certeza morria de medo, mas ela mal sabia o que a palavra assédio significava naquele tempo. 

O pai dela agredia sua mãe, e ela assistia aquilo tudo calada, era normal, não existiam leis que a protegessem de fato daquilo, ninguém interferia. “Briga de marido e mulher ninguém mete a colher”, diziam. Então Roy, quando você e outros rapazes da época cortejavam as mulheres como a minha avó, mesmo se elas se sentissem incomodadas elas iriam dar um sorrisinho, mas a verdade é que se ela estivesse interessada no flerte, na paquera, ela iria parar para conversar no primeiro “Pretty woman” e corresponderia, afinal paquera é troca, sem consentimento, é somente assédio. E você era insistente, não é mesmo?

Fique tranquilo, Roy, eu não estou aqui para sermões, só um conselho mesmo. Tenho certeza que em momento nenhum você quis faltar com respeito às mulheres, a música foi apenas uma maneira de ressaltar nossa beleza e carisma. Obrigada.

Pretty woman, walkin’ down the street

Pretty woman, the kind I’d like to meet

Pretty woman, I don’t believe you, you’re not the truth

No one could look as good as you, mercy

Ah, mas ei Roy, parece que no final ela voltou. Afinal você também tem seu charme, não é mesmo?

A todas as mulheres, desejo um feliz dia, somos todas Pretty Woman, de fato. E lembre-se, vocês não precisam aceitar algo que te constrange, hoje assédio é crime e pode ser denunciado. Flerte apenas com reciprocidade. 

 

**Roy Orbison faleceu em 6 de dezembro de 1988, a carta aberta para ele não é uma crítica, apenas um conselho de uma jovem a frente de seu tempo e que sabe na pele o que é viver o assédio.

 

***Revisão e edição: Daniela Reis e Italo Charles