Virada Cultural sem palco na Savassi

Virada Cultural sem palco na Savassi

Imagem: Reprodução Internet

A Virada Cultural de BH esse ano, 2016, ocorrerá nos dias 9 e 10 de julho e diferente dos anos anteriores não contará com um palco na Savassi. De acordo com Simone Araújo, diretora de ação cultural da Fundação Municipal de Cultural – FMC – por ser um palco parceiro e não haver parcerias, criar mais um espaço lá não é viável para o evento, que tem como foco o hipercentro.

Outro fator que é reconhecido por Araújo é a questão da segurança. No ano passado, 2015, foram registradas mais de 60 ocorrências na região, como furtos, roubos, tentativa de estupro, lesão corporal e pichação. E, ainda, de acordo com ela quando há evento na região da Savassi a Polícia Militar pede maior atenção à segurança com relação ao bairro.

Além do “palco problema”, como é chamado pelos organizadores do evento. A programação da Praça da Liberdade também foi afetada. O Palco Praça da Liberdade receberá atrações limitadas e somente no sábado, o Grupo Girino, às 19h e shows instrumentais das 19h às 22h, no coreto.

Segundo Araújo o Palco Praça da Liberdade, assim como o da Savassi, é parceiro e tem suas diferenças já que há moradores e não é possível estender a programação pela madrugada. E por fazer parte do patrimônio histórico possui suas limitações. Mas, apesar de tudo isso, ela diz que o espaço é interessante e serve de destino para aqueles que não querem agitação.

Mesmo com a saída da Savassi e limitação das atrações na Praça da Liberdade, outros pontos continuam a participar da Virada Cultural, como a Praça da Estação, Viaduto Santa Teresa e o Parque Municipal. Mas, não haverá baixas, esse ano as Praças Afonso Arinos, Ruy Barbosa e Rio Branco estreiam no evento, trazendo palcos e atrações variadas.

Não está por dentro da programação? Escolha seu itinerário aqui!

Texto Ana Paula Tinoco

NO COMMENTS

Deixe uma resposta