zChamadas

1

Começa hoje a 6º edição do FIQ – Festival Internacional de Quadrinhos. A programação do festival conta com palestras, bate–papos, oficinas, mostras de quadrinhos e mostras cinematográficas. O evento está agregado ao ano da França no Brasil e uma parte do festival será dedicado aos desenhos franceses. Acontece também um bate papo com o ilustrador da Turma da Mônica Mauricio de Souza.

Todo ano o FIQ  homenagea grandes profissionais da área de ilustração dos quadrinhos brasileiros.  Neste ano os homenageados são:  Ciça Fittipaldi, autora de vários livros infantis e professora de ilustração; e Renato Canini responsável pelo desenho do Zé Carioca por muitos anos. O festival acontece até o dia 12 de outubro de 9 às 17h no Palácio das Artes.

Está sendo desmontada hoje a exposição que mostrava como será o futuro Circuito Cultural da Praça da Liberdade. Agora à tarde o pavalhião que recebia a exposição na alameda central da Praça está sendo levado por um caminhão.

A exposição foi inaugarada dia 03 de agosto e permaneceria até o dia 09 de setembro, porém o prazo foi prorrogado e a exposição durou até ontem, dia 30.  Nesse tempo, ela só foi fechada no dia 24 de agosto, por causa de estragos provocados pela chuva.

O feriado de comemoração da Independência do Brasil reuniu uma multidão de pessoas no coração da Savassi, mas não era nenhuma manifestação política. Pelo contrário, essa reunião tinha um motivo cultural: a música, mais precisamente o encerramento do Savassi Jazz Festival: Jazz & Lounge.

Essa foi a sexta vez que as ruas da Savassi substituiu o trânsito caótico pelo Festival. Mas não foram só as ruas desse bairro: alguns cafés e praças da cidade também foram invadidos pelo Jazz. O evento durou cinco dias e aconte ceu entre 3 e 7 de setembro. Segundo o site “Divirta-se uai”, 130 artistas participaram do Festival. O ingresso foi um quilo de alimento, que posteriormente será doados aos necessitados.

Confira nossa galeria.

Por: Natalia Oliveira, Ana Paula Sandim

Começa hoje a nona edição do Indie, Mostra Mundial de Cinema. Serão exibidos 121 filmes de 29 países, divididos em 184 sessões. As mostras vão até o dia 10 de setembro. O evento acontece desde 2001 em Belo Horizonte e nesses nove anos lotou as salas de cinema com 170.000 espectadores. Em 2009, as telinhas serão ocupadas por  mostras divididas em sete temas: Cinema Mundial, Premiére, Indie Brasil, Música do Underground, Indie Retro, Cinema de Garagem e Retrospectiva.

A Mostra Mundial apresenta filmes de novos diretores. O programa Premiére apresenta pré-estréias do circuito comercial em Belo Horizonte. O Indie Brasil conta com filmes nacionais. Música do Underground traz documentários sobre  rock e hard core. O Indie Retro é uma chance de rever os clássicos da sétima arte. Cinema de garagem traz filmes experimentais de baixo custo. Para completar a programação o Retrospectiva exibe filmes de três diretores que já ganharam vários prêmios pelo mundo: o filipino Brillante Mendoza, a japonesa Naomi Kawase e o francês Philippe Grandrieux.

O Cine Belas Artes, o Usina Unibanco de Cinema, o Cine Humberto Mauro, e o Cineclube Savassi serão palcos para o Indie. Ao todo são sete salas exibindo as sessões. A entrada é franca e os ingressos devem ser retirados na Bilheteria de cada cinema, 30 minutos antes do início de cada sessão.

Mais informações no  site do evento.

Confira o endereço dos cinemas que exibem o Indie 2009:
Visualizar Cinemas que Exibirão o Indie em um mapa maior