Caso Teori: FAB conclui investigações

Caso Teori: FAB conclui investigações

0 275

Por Ana Paula Tinoco

Na tarde desta segunda-feira, 22, a Força Aérea Brasileira (FAB) publicou um comunicado em que esclarece o acidente aéreo que matou o Ministro Teori Zavascki, em janeiro do ano passado. De acordo com o órgão, não há registro que acuse pane ou mal funcionamento da aeronave e segundo os responsáveis pela investigação, o piloto, Osmar Rodrigues, era um profissional experiente.

No relatório, a FAB informa às conclusões acerca da investigação que vão além de falha mecânica ou falha humana e atribuiu suas duas tentativas de pouso ao que eles chamam de “cultura de trabalho presente à época”. Esse habito, consiste em pilotos favorecerem a informalidade em detrimento dos requisitos mínimos para a operação sob regras de voo visual, em outras palavras, a decisão é tomada afim de encontrar condições adversas diante da situação vivenciada.

Em análise de voz, peritos chegaram à conclusão de que o estado emocional do Rodrigues, fala e linguagem, apresentava traços de ansiedade. E que isto pode tê-lo influenciado à tomar decisão de uma nova tentativa de pouso mesmo sem a melhoria das condições meteorológicas. Porém, de acordo com coronel Marcelo Moreno, responsável pela investigação, a apuração da FAB mostrou que a visibilidade na baía de Paraty estava abaixo da recomendada: “Ela (a visibilidade) no momento do acidente estava em 1,5 mil metros, muito abaixo da requerida, que é de 5 mil metros”, esclarece.

Ainda segundo coronel Moreno, Osmar Rodrigues era um piloto experiente, “Ele tinha quase 7,5 mil horas de voo e, somente na aeronave que caiu, KingAir C90, quase 3 mil horas. ”, explica. Sobre a morte dos passageiros, o relatório aponta que das cinco pessoas a bordo do avião, a causa que as levou à óbito foi poli traumatismo causado pela queda da aeronave.

Além do Ministro que estava à frente das investigações da lava-jato, o empresário Carlos Alberto Fernandes Filgueiras, a massoterapeuta Maira Lidiane Panas, Maria Ilda Panas (mãe de Maira) e o piloto Osmar Rodrigues estavam presentes no voo. No último dia 19, o acidente completou um ano.

 

NO COMMENTS

Deixe uma resposta