Eu já entendi que você não me quer

Eu já entendi que você não me quer

0 417

Por  Jean Lescano – Poligrafias – Parceiros Contramão HUB

Eu sei que já conversamos sobre isso várias vezes, e eu até pediria desculpas por tudo o que vou falar, imagino sua feição ao ler esse texto. Eu precisava desabafar, já que com você é sempre do teu jeito e no seu tempo. Nós precisamos conversar, mesmo que por textos…

Hey, vem cá. Senta aqui.

Eu também já passei por maus bocados. Eu deixei muita gente partir por conta disso. Você sabe, eu sou fechado e detentor de meus próprios sentimentos e prazeres. No fundo, sei que isso me priva de ser muito feliz. Eu entendo bem que no fundo, talvez, nós dois sabemos:  você só quer me proteger.

E eu nem sei bem do quê. Você abraça seus problemas e os deixa só para ti, como se fosse uma criança controlando seu brinquedo mais legal. Você s[o quer me proteger de coisas que te preocupam e te estraçalham por dentro. Você só quer me proteger da verdade:  você não me quer.

Não como eu imaginei que queria.

E, no fundo mesmo? Eu não posso te segurar comigo.

Você não precisa me contar o motivo pelo qual mergulha em uma agenda lotada de amigos e rolês, como nem por um momento para em casa pra eu te surpreender em um sábado a noite, pois como eu disse, você só quer me proteger e eu só quero teu bem. É que agora é oficial, agora eu me dei conta que quem não quer mais viver assim empurrando as coisas com a barriga sou eu; eu não consigo simplesmente parar de fantasiar as coisas e no final tomar uma dose de realidade. Eu não quero mais acordar com ressaca de sentimentos.

Se você amasse, no fundo, eu saberia. Se você quisesse, eu saberia. Nunca é seu momento, nunca. Hoje é não, amanhã também. E eu me dei conta de uma coisa: quem ama não faz joguinho, apenas deixa fluir, sem medo do passado, apenas se joga.

Quem ama, não vai se ligar ao passado. Quem ama é futuro.

Eu nunca quis ter você como minha namorada pra ser um troféu. Não te queria pra correr o risco de reviver teu passado. Eu queria uma chance pra mostrar o quão sensacional tu é.

E tá sendo muito legal até agora, de verdade, foi tudo especial!

Mas eu não consigo e, pra ser sincero, não sei nem se você vai ler isso. No fundo, torço que leia e entenda o que nunca consegui te falar, mas também queria que não visse. Conhecendo um pouco de você, ví que não gosta de ser confrontada.

E, no fundo mesmo? Eu não posso te segurar comigo.

Eu não vou te cobrar mais ,muito menos privar você de suas vontades. Infelizmente terei de aceitar o fato que, pra sua família, sou só mais um conhecido. Indireta? Nunca mais. Eu vou seguir como já seguia antes de você aparecer.

Mas caso tu volte, sinceramente não saberei reagir. O problema em afastar quem não ama é esse, a gente nunca sabe como superar. Mas supera. Mas numa dessas eu posso estar tão longe que você não conseguirá me alcançar; tão longe que não vou conseguir te atender quando me telefonar. Ou mesmo estarei muito perto, porém vivendo em um mundo que não há espaço para eu ficar.

NO COMMENTS

Deixe uma resposta