#CRÔNICA: Carta para Tut

#CRÔNICA: Carta para Tut

0 303
Reprodução Internet

Por Kedria Garcia

É filhotinha, a qualquer momento tu vem ao mundo. Vem para me fazer mais velha, fazer-me tia! Vem para ser verbo, para viver! Vai se chamar Eliza, segundo o Google (que inclusive você tem que conhecer) seu nome significa “o meu Deus é um juramento”, “Deus é abundância” ou “alegre”. Prefiro ficar só com o “alegre” mesmo e sobre deus relaxa que todos vão te explicar, você ouvirá falar dele nas ruas, nas escolas, em casa, então acho desnecessário falar sobre ele agora. Como a tia louca vou te chamar de Tut, não tem nenhum significado e para mim é curto, divertido e agradável, assim como eu te imagino.

Pena que quando se nasce não vem um manual de instruções da vida.

Aqui aprendemos na marra! Já vou te avisando que não é fácil!

Você terá que vim ao mundo branca, dos cabelos claros e lisos, não se esqueça também dos traços, nariz e lábios finos do contrário irão fazer você se odiar. Sim, se odiar! Isso vai dá uma merda, daquelas de você se pegar tentando alisar o cabelo, usar maquiagem para esconder seu rosto, de ficar martelando por horas porque nunca te escolhem para brincar ou talvez porque você não é bonita. É importante sempre lembrar que as pessoas (principalmente os adultos) falam e fazem muitas cagadas e que os comentários maldosos devem ser ignorados e/ou talvez até bem respondidos.

Certamente nem todos terão paciência contigo, vão brigar antes mesmo de te ouvirem. Como criança também não terá direito a palavra. Desculpa, é assim que o mundo funciona, ser mais novo é sinal de inexperiência, logo você não tem tantos problemas e se os tem eles não possuem nenhuma importância. Você é uma criança, não tem razão. “Porque eu sou grande e você pequena, porque eu sou forte e você fraca, porque eu estou certo e você errada!” Apesar da sua incrível capacidade de imaginação e criatividade as pessoas não vão te dar voz.

Uma outra coisa que te apresentarão de cara será a TV, alguns adultos chamam de babá eletrônica. É uma caixa preta com imagem e som, ela te conquista em um piscar de olhos fazendo com que ninguém precise brincar, conversar e até mesmo interagir com você. Todos a amamos e você também aprenderá a ama-la. Esse amor todo também vem pelo fato que ela já te explica como as coisas funcionam, o que evita o trabalho dos responsáveis de te mostrar como a vida é legal de ser vivida. Funciona assim, você senta na frente dela e ela faz com que você entenda a divisão do que é para menino e para menina. Meninos podem ser o quiserem, astronautas, cientistas, motoristas, engenheiros e por aí vai. Como já sabemos tu vais ser uma menina, ou seja, poderá ser mãe, cozinheira, dona da casa entre outras coisas para meninas. Relaxa que não é só na TV que se vê isso, muita gente vai te lembrar disso o tempo todo.

Sobre as publicidades, elas são maravilhosas. Você precisa de tudo aquilo, principalmente se for rosa e com açúcar! Coca cola é uma delícia e pode-se viver comendo biscoito para sempre.

O tempo só piora, na adolescência vão te cobrar um namorado. VOCÊ TEM QUE TER UM NAMORADO é algo obrigatório, afinal de contas você é uma menina que deve ser uma mãe então nada mais justo do que se relacionar com meninos. Achou fácil? Calma que ainda não expliquei tudo. Seus pais vão reprovar o fato do desejo de ter um namoradinho, mas se você não tiver algo está errado. Outro fato importante é a aparência, quanto mais perto do estilo europeu (apesar de você ser brasileira) maior as chances de conseguir um parceiro, lembrando que você também tem que procurar um carinha no mesmo padrão para não ser zuada, sabe como é, né?

Homens mais velhos são mais experientes e são bem valorizados. Caso ele tenha carro e moto, melhor ainda!

Quando conseguir o namoradinho, mantenha-o perto! Não deixe ninguém o olhar, trocar nenhuma palavra e se algo acontecer, lembre-se, ele é inocente. Todas querem um namorado, logo elas estão tentando te roubar ele. Brigue por aquilo que você conquistou! Tem status! Tem o respeito dos outros.

Sexo é um tabu! Não se deve falar de sexo. Agora se for escondido tudo bem, com as amigas no cantinho ninguém vai ficar sabendo. Vai bater a curiosidade de saber como é transar e aí vai mais uma regrinha fácil de seguir: você deve se preservar, mas você tem que transar para conseguir status! Não adianta ser a santa em casa e não ter nada para contar na rodinha das meninas (nem pense em falar sobre isso com seus pais). Ainda sobre esse assunto, está proibido na vida de se masturbar. Tut, você não precisa se conhecer, saber onde sente prazer, como funciona, isso não se faz. Apesar de tudo isso, ainda assim, vão te chamar de vadia, sabe como é, né?

Além disso há outras maneiras de conquistar status, como ter roupas de marcas (mesmo tendo o guarda roupa lotado), celulares caros (mesmo com o seu funcionando), frequentar lugares caros (mesmo não tendo dinheiro ou não gostando desses rolês), enfim você vai descobrir mais, confia em mim.

Estudar não é considerado algo legal. É entediante, chato e sinceramente é muito melhor ficar conversando, zuando a gordinha, a amiga que usa óculos e sobre homens. Relaxa que quando você sair você TEM QUE FAZER UMA FACULDADE, não importa o que você quer ser, FAÇA UMA FACULDADE. Para isso eu tenho uma dica, não seja artista e nem escritor, eles são uns vagabundos que fazem e escrevem coisas absurdas. Faça algo que dá dinheiro, isso! DINHEIRO! É o que importa.

Quando se tornar adulta te desejo sorte. Vai rolar muitos conflitos internos que você não pode demostrar para ninguém. Crises de ansiedade e existencial vão bater na sua porta sempre, mas quem tem dinheiro tem tudo. Nessa fase você não pode ter cabelos brancos, ter uns quilos a mais e nem um emprego de fracassados. Tenha uma religião e condene todos.

Respira Tut! Lembre-se sempre que a vida pode ser sempre mais que isso e que a sua tia louca, aqui, vai brigar para que você sempre tenha outras opções além dessas.

 

NO COMMENTS

Deixe uma resposta