Tags Posts tagged with "Curso de Gastronomia Una"

Curso de Gastronomia Una

0 110

O evento acontecerá no dia 9 de dezembro e será transmitido pelo Youtube com intérprete de libras

*Por: Italo Charles

Elevar a gastronomia para além da cozinha, onde se constroem sonhos e sabores, é transmitir ao apreciador uma parcela de sensações e sentimentos. E, através de conhecimentos adquiridos ao longo da vida e de práticas cultivadas na academia, a paixão e o sonho se unem para tornarem realidade.

Neste âmbito, o GastroUna, um dos principais eventos de gastronomia do Centro Universitário Una celebra a sua 10ª edição. A mostra acadêmica que marca a conclusão do semestre, já foi tema do III Congresso Nacional de Metodologias Inovadoras no Ensino Superior (o GIZ), em 2017, na UFMG. Isso só reforça a vocação deste evento como excelente oportunidade para os alunos se conectarem com o mercado e terem a experiência completa da criação de um empreendimento, desde a sua idealização, os custos, estratégias de marketing, planejamento, cardápio até sua abertura.

Marcado para o dia 9 de dezembro a partir das 8h30, o evento será transmitido pelo Youtube com intérprete de libras para todo mundo. Desta vez, com base em um olhar diferenciado e com foco no cenário atual levando em conta a visão empreendedora, a inovação e sustentabilidade, os grupos apresentarão aos espectadores as propostas de empreendimentos.

A novidade que a edição comemorativa do GastroUna traz é a divulgação do E-book produzido pelo UnaCom (Agência experimental de comunicação), com receitas referentes aos cardápios dos grupos participantes. 

Para a professora do Centro Universitário Una e idealizadora do GastroUna, Rosilene Campolina, a segunda edição virtual da mostra, traz ao público a valorização e reinvenção da gastronomia em tempos como este. “Mesmo com as dificuldades da pandemia que estamos vivendo, os alunos mostraram persistência e dinamismo, visto que é possível desenvolver projetos baseados em propósitos e sonhos. E, eles se adaptaram de forma inovadora, nas ideias e na construção dos trabalhos, o que reforça a capacidade de profissionais para o mercado que irão atuar na capital eleita como cidade criativa da gastronomia pela Unesco”.

A programação da 10ª edição do GastroUna inclui além da abertura e apresentação conduzida pelo radialista e professor do Centro Universitário Una, Elias Santos, o show da cantora Fabíola Otoni (ex-aluna do curso de gastronomia da Una), e o musicista José Carlos de Souza (mais conhecido como Zé), que culmina a valorização da cultura mineira.

Os trabalhos serão avaliados por jurados que são personalidades importantes para o cenário da gastronomia em Minas Gerais e no exterior, entre eles, estarão:

Ana Gabriela Baeta – Gerente de Marketing e promoção turística da Belotur.

Antônio Terra – Coordenador dos cursos de Gastronomia, Publicidade e Propaganda, Jornalismo, Relações Públicas e Moda da Una.

Darklane Rodrigues Dias – Subsecretária de Segurança Alimentar da Prefeitura de Belo Horizonte.

Eduardo Maya – Gastrônomo, promotor de eventos, Idealizador da Feirinha Aproxima, Festival “Minas é o Mundo” e proprietário da Rede Pitza 1780. 

Márcia NunesHistoriadora, proprietária e administradora do Restaurante Dona Lucinha.

Matheus Daniel – Presidente da Abrasel MG, Administrador, Membro da FGM e Proprietário de vários empreendimentos gastronômicos.

Paulo Rodrigues – Chef da Embaixada Brasileira no México, diretor Acadêmico The Masters Entreprise, diretor da Federacion Latino America de Gastronomia para Centro América e Embaixador de Marcas do Food Service.

Rodrigo Neiva – Vice presidente Acadêmico da Ânima Educação e coordenador da área de Turismo & Hospitalidade.           

Roberta Zampetti – Jornalista, escritora, apresentadora de TV, diretora do programa Sou 60 e idealizadora do programa Brasil das Gerais na Rede Minas. 

*Sobre a professora idealizadora do Gastrouna, Rosilene Campolina:  

Administradora do Portal Gastronômico: www.chefachef.com.br,  Docente no Centro Universitário Una, coordenadora do Projeto LEIA Hortas Urbanas Sustentáveis e Projeto GastroUna, Membro da FGM – Frente da Gastronomia Mineira e FIC – Federazione Italiana Cuochi, Apoiadora da Fundação Casa Sara e Projeto Viva Down, Madrinha do Outubro Rosa na campanha contra ao câncer de mama.

Empreendimentos concorrentes

BANC’s

Integrantes: Ana Luiza Silva Brochado, Bruno Moreira Malta, Fernanda Repollez de Barros, Gleiciele Rodrigues da Silva Rocha, Lucas Fernandes Afonso SIlva, Pedro Augusto Milagre Leão.

A BANC’s – Bebidas Alcoólicas Não Convencionais é um inovador bar por delivery que objetiva levar até o cliente a experiência de finalizar e saborear drinks e petiscos com sabores diferenciados. A BANC’s traz como conceito a perspectiva da sustentabilidade com foco no uso das PANC’s (plantas alimentícias não convencionais), na criação e elaboração dos drinks e petiscos. O nosso delivery traz uma visão empreendedora, trabalhando a logística reversa com embalagens recicláveis e retornáveis, proporcionando ganho econômico e ambiental, tanto para o cliente como para o empreendimento.

CADIM DE MINAS

Integrantes: Alexandre Augusto, Ana Clara Araújo, Dora de Lima Lyra, Júlia Almeida, Murilo Antônio Tavares,Talita Rodrigues Magalhães.

A cafeteria Cadim de Minas, é um lugar onde a cultura e os alimentos se encontram, com um cardápio incrível e eventos culturais mostrando a arte local e regional do estado de Minas Gerais.  

JACI CAFÉ

Integrantes: Ana Julia Porto, Ana Carolina Azeredo, Fabrício Ruzzene, Guilherme Dornelas, Matheus Amaral, Raquel Menezes, Raynara Novais.

Uma cafeteria especializada em brunch, inspirada nos diferentes cafés da manhã das regiões brasileiras. O empreendimento tem como objetivo apresentar ao público o quanto o Brasil é diverso e rico, mostrando realmente o que as pessoas consomem na primeira e mais importante refeição do dia. A Jaci café foca no conceito slow food, trabalhando a ecogastronomia e valorizando a sustentabilidade. O estabelecimento possui uma horta agroecológica onde seus produtos são utilizados no preparo dos pratos. A cafeteria trabalha com o aproveitamento integral dos alimentos (conceito AIA), utilizando a compostagem e reaproveitando a água da chuva para irrigação da horta entre outros usos. Através disso, o Café Jaci favorece a otimização dos seus  produtos e prioriza o KM 0. 

TEMPERO DA SERRA

Integrantes: Breno Marques, Guilherme Righi, Júlio César Cândido, Kerolem Gomes, Luís Felipe, Ryan bonino, Vanessa Grasielly, Victor Dornas.

O Tempero da Serra é um empreendimento gastronômico aos pés da Serra da Moeda, com o legado de usar o máximo de insumos no Km 0, ou seja, insumos locais de pequenos produtores. O restaurante proporá além de uma boa comida, uma experiência em que o cliente possa visitar a horta, almoçar com uma bela vista e ainda observar uma lagoa durante a estada. O espaço dispõe de um cardápio sazonal para que seja possível aproveitar o máximo de sabor e usar da melhor forma os ingredientes.

Programação:

Abertura e apresentação – 9h

BANC’s – 9h30

Cadim de Minas – 10h

Jaci Café – 10h30

Tempero da Serra – 11h

Resultado/Premiação/Encerramento com atração musical da dupla Fabíola e

 José. – 11h30 

Premiação:

A equipe vencedora será agraciada com almoço no restaurante Dona Lucinha e, kits de Cafés Segafredo, Cimsal Flor de Sal, Produtos da Sabará & Sabor e da Vovó Helê/derivados de jabuticaba, Camisetas personalizadas da WA Dolmãs, convites para participação na Feirinha Aproxima e no Arraial de Belo Horizonte e certificados personalizados da Una.

Patrocinadores e Parceiros:

Restaurante Dona Lucinha, Restaurante Alambique & Armazém Jotapê, Cachaça Capim Cheiroso, Cafés Segafredo, Cimsal Flor de Sal, ABRASEL, Belotur, PBH, Emater, Portal Chef a Chef, WA Dolmãs, Vovó Helê/derivados de jabuticaba, Moinho Globo, Farinha Venturelli, Cachaça Capim Cheiroso, Sabor de Fada e FGM – Frente da Gastronomia Mineira. 

A cobertura jornalística será realizada pelo Jornal Contramão, Portal BH Eventos e Portal Gastronômico Chefachef.

O evento conta com o apoio da Fábrica, que é o coletivo do Laboratório de Economia Criativa da Una e do Líder do Núcleo de Gastronomia, Daniel Sucasas. 

Acesse o evento pelo link: bit.ly/gastrouna2020

 

**A matéria foi produzida sob a supervisão da jornalista Daniela Reis

0 85

*Por Daniela Reis

E a delícia de hoje é do nosso aluno do curso de Gastronomia, Pedro Costa. Ele contou para a nossa equipe que desde a infância sempre foi muito criativo e cercado pela afetividade, presentes na confeitaria e na culinária mineira, desde o frango no fogão à lenha de todo domingo à torta de família no Natal.

Cresceu e amadureceu, mas não se esqueceu de suas origens, decidiu traçar seu caminho através da faculdade, passou por variados estágios e um deles de confeitaria, que inspirou à empreender. Em breve ele inaugura a Paraíso Confeitaria, um empreendimento que une criatividade em diferentes sabores e produtos à história e afetividade em suas diversas receitas de bolos caseiros, brownies, doces, tortas e bolos personalizados.

Descrição do prato:
Brownie de chocolate amargo com calda de Caramelo Salgado

Quantidade de porções:
Serve de 8 à 10 pessoas

Tempo de preparo: 1 hora

Categoria: Confeitaria

Nível de dificuldade: Fácil

Ingredientes:

Para o Brownie

200 gramas de Chocolate Nobre (em gotas ou em barra)
65 gramas de Margarina (ou três colheres de Sopa)
3 Ovos inteiros
188 gramas de Açúcar Cristal
70 gramas de Açúcar Mascavo
40 gramas de Chocolate em Pó 50%
100 gramas de Farinha

Para o Caramelo

200 gramas de Açúcar Refinado
20 gramas de Manteiga (ou uma Colher de Sopa)
200 gramas de Creme de Leite (1 caixinha)

Passo a passo Brownie

1- Pré-Aqueça seu forno em 160°C, enquanto prepara a receita.

2- Em um bowl, adicione o Chocolate Nobre e leve em banho maria até que derreta.

3- Derretido o Chocolate, acrescente a manteiga e misture para incorporar.

4- Adicione também os ovos inteiros e misture.

5- Em seguida, adicione o chocolate em pó e os açúcares e misture vigorosamente até que se incorporem.

6- Por último, adicione a farinha peneirada e apenas misture até que se dissolva.

7- Corte um disco de papel manteiga e coloque ao fundo de uma forma de sua preferência (indico uma forma de 25 – 30 cm) e adicione a massa, bata a forma algumas vezes em uma superfície para que seu brownie fique retinho e lindo!

8- Leve a massa ao forno por mais 30 minutos à 160 graus.

Passo a Passo Caramelo Salgado

1- Em uma panela de fundo grosso, adicione o Açúcar Refinado e misture em fogo baixo até que se desfaçam todos os cristais de Açúcar, em 100°C caso possua um termômetro.

2- Desligue o fogo e misture vigorosamente e de forma rápido a manteiga ao Açúcar.

3- Adicione o Creme de Leite (ao adicioná-los o Açúcar se cristaliza, mas se dissolve logo em seguida) ligue novamente o fogo em temperatura baixa e misture até que o Açúcar se dissolva)

4- Retire o Caramelo da panela e passe em uma (peneira de ferro), transfira para um recipiente para esfriar.

Montagem

Finalizado, desenforme o Brownie e retire o papel manteiga de sua base, sirva em um prato ou tábua de sua preferência, jogue o Caramelo por cima e decore da forma como desejar.

Pronto, seu brownie estará lindo e pronto para ser servido!

 

0 168

A tartelete é uma espécie de minitorta ou uma empada doce aberta. Em pequenas forminhas, você assa uma massa pra lá de especial e pode colocar variados recheios.

Quantidade de porções: 10 unidades

Tempo de preparo: 60 minutos

Categoria: Sobremesa

Nível de dificuldade: Fácil

Ingredientes:
395 g de leite condensado
200 ml de creme de leite
2 limões
2 xícaras de farinha de trigo
4 colheres de sopa de manteiga
2 claras de ovos batidas em neve
2 gemas

Passo a passo para a preparação:
Bata no liquidificador o creme de leite, o leite condensado e o suco dos limões por 5 minutos e leve à geladeira. Em seguida, misture a farinha de trigo com a manteiga em temperatura ambiente até que forme uma massa homogênea. Para finalizar, coloque as duas gemas e misture novamente até firmar. Coloque a massa nas forminhas, fure toda a massa com a ponta de um garfo e leve ao forno pré aquecido a 180°C até dourar.

Retire a massa do forno e espere até ficar totalmente fria. Coloque o creme de limão (que você deixou descansando na geladeira) sobre a massa e finalize colocando as claras em neve, leve ao forno rapidamente só pra corar as claras e coloque raspas de limão pra enfeitar.

A receita é da aluna do curso de Gastronomia do Centro Universitário Una, Talita Rodrigues Magalhães. Proprietária da Tatá Doces Gourmet.

0 425

Por Daniela Reis

Para essa véspera de feriado, o Contramão, em parceria com o curso de Gastronomia do Centro Universitário Una, traz a receita de uma sobremesa especial: Panna Cotta aromatizada com cumaru, coulis de goiabada cascão e farofa de baru.

Se liga nessa delícia!

Quantidade de porções: 6 porções

Tempo de preparo: 40 min + 6h na geladeira

Categoria: Sobremesa

Nível de dificuldade: Fácil

Ingredientes:

Panna cotta

450 g de creme de leite fresco

1 g de cumaru ralado

100 g de açúcar refinado

8g de gelatina em pó incolor ( 4 folhas)

Coulis de goiabada

300 g de goiabada cascão
100 ml de água
10 ml suco de limão

Farofa de Baru

100g de castanha de baru descascada
20g de manteiga

Modo de Preparo:

Panna Cotta

1. Comece hidratando a gelatina Coloque as folhas de gelatina na água fria e as mantenha submersas por 10 a 15 minutos. Reserve.
2. Aqueça a mistura de creme de leite, açúcar e cumaru ralado.
3. Desligue o fogo, adicione as folhas e misture até que elas dissolvam
4. Coloque em 6 formas separadas e deixe 6h na geladeira para que a gelatina deixe o creme firme para ser desenformado.

Coulis de Goiabada

1. Leve ao fogo a goiabada cortada em cubos com água até derreter por completo
2. Desligue o fogo e adicione o suco de limão
3. Reserve na geladeira.

Farofa de Baru

1. Cortar o Baru finente com a faca
2. Derreter a manteiga, adicionar o baru e torrar até libere um aroma amendoado.

Com a palavra, o chef

“Minha relação com a gastronomia surgiu na infância com duas principais influências. Desde pequeno, já frequentava a Fazenda do Derrubado, que pertence a minha família há 4 gerações. Dessa forma, cresci tendo contato com a terra e com as iguarias da cozinha caipira. A criação de cordeiro, a horta orgânica e a produção de queijo me ensinaram a importância dos ingredientes desde a sua produção.Por outro lado, a descendência italiana me despertou interesse pela cultura dos meus antepassados e a paixão pela culinária que é a alma do povo italiano”. Chef Guilherme Righi @lacucinarighi – aluno do curso de Gastronomia do Centro Universitário Una.