Tags Posts tagged with "Meio Ambiente"

Meio Ambiente

Nesta terça-feira, 5, é comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente. E para celebrar este dia crianças da Escola Adventista de Belo Horizonte foram a Praça da Liberdade, distribuir sementes da árvore Ipê Amarelo. “Nós estamos distribuindo estas sementes para preserva o meio ambiente. o Ipê amarelo é uma árvore que está quase em extinção, então cada criança esta distribuindo cinco pacotinhos com sementes”, informa a Professora Keila Pereira Viana.

Crianças incentivam a preservação ambiental

Medidas são tomadas na tentativa de preservar o meio ambiente, como o projeto BH mais Verde, da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH), que tem o objetivo de plantar 54 mil árvores até 2014 em todas as nove regiões da capital mineira.

Preservação ambiental

A equipe do contramão foi às ruas para saber, na opinião da população qual a principal dica para a preservação do meio ambiente, Confira as entrevistas.

Texto: Ana Carolina Narazeno e Rute de Santa

Fotos: Rute de Santa

Cerca de cem crianças do ensino fundamental, do Colégio Claretiano Dom Cabral, fizeram uma passeata na tarde desta segunda-feira, 6 de junho. A iniciativa teve como inspiração o Dia do Meio-Ambiente, comemorado, ontem, dia 5. O tema da passeata foi o melhor destino para o chamado lixo eletrônico.

O grupo percorreu a Rua da Bahia até a Praça da Liberdade, onde os alunos apresentaram os trabalhos escolares e participaram de dinâmicas voltadas para conscientização ambiental. Os alunos seguravam cartazes e folhetos que continham frases como: “o lixo eletrônico não é virtual. Ele existe e agride a natureza” e “Pela preservação da vida: se ligue nesse assunto”.

A coordenadora pedagógica, Adriana Quintão, explica a importância de não se desfazer do lixo eletrônico junto ao lixo domiciliar e de encaminhá-lo aos órgãos competentes, ouça:


O aluno do 5º ano, David Ge-Paulo, 11, avalia a iniciativa como importante para o meio ambiente pois estimula a reciclagem.

O aluno David Ge-Paulo

A professora do maternal, Luciana Lagares, destaca que é importante as crianças aprenderem sobre preservação do meio ambiente na escola, ouça:


Texto: Bárbara de Andrade

Foto: Marina Costa

Áudio-edição: Marcos Oliveira

A Prefeitura de Belo Horizonte e o Movimento Respeito por BH promoveu nesta sexta-feira, 20, a abertura da exposição fotográfica “Cidadão – cuidando do que é de todos”. A abertura aconteceu às 15h, na Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa, anexo Professor Francisco Iglesias, na Praça da Liberdade, que teve a presença de alunos de escolas públicas, professores, representantes do Governo e Prefeitura, além de apresentações infantis e da banda da Guarda Municipal.

Apresentação Infantil

O projeto tem o apoio da Prefeitura de Belo Horizonte, Ministério Público Estadual, Polícia Militar, Polícia Civil, OAB e setores da sociedade civil. A exposição sugere 122 registros das ações de despiches (limpeza de pichações) e a mobilização popular e dos órgãos públicos resgatando o espaço urbano, reconstituindo e cuidando do patrimônio da capital.

Um dos saldos positivos nesta campanha de combate ao vandalismo foi o esforço da população contra a pichação. Moradores, pais, alunos, professores, comerciantes, instituições e demais participantes reuniram esforços, para limpar os muros castigados pelo vandalismo.

Solange Soares que passava pelo local e que trabalha como Serviços Gerais no Memorial Minas gerais – Vale, disse que a ideia do movimento é ótima. “Eu acho uma boa iniciativa, isso poderia acontecer mais vezes em belo Horizonte”, afirma.

O Movimento Respeito BH salienta o ordenamento e a correta utilização do espaço urbano. A exposição é o registro da mobilização popular e o apoio dos órgãos públicos a estas iniciativas que resgatam o espaço urbano, reparam e protegem o patrimônio da cidade de Belo Horizonte.

A Diretora da Biblioteca Pública Luiz de Bessa, Thais Queiroz Brescia defende que a preservação é muito importante para a cultura e que é nosso dever manter a cidade limpa. “É direito de todo cidadão viver em lugar limpo e preservado”, completa.



Explica ainda sobre a importância das escolas terem acesso a este tipo de informação.



Demonstração de limpeza

Representantes da empresa Sauber Jet estiveram no local para uma demonstração de limpeza de uma parede pichada. Roberto Medeiros que é um dos parceiros da empresa, disse que movimentos como este é muito importante para a conscientização das crianças. “Este tipo de educação tem que começar na infância e isso é fundamental”, recomenda.

A remoção da pichação dura de 10 a 15 minutos, usando um sistema que não utiliza produtos químicos ou água, realizando a seco e sem geração de resíduos.

Despiche

Texto por Anelisa Ribeiro e Raphael Jota

Foto por Thaline Rachel

Audio por Raphael Jota

Quem passeia pela Praça da Liberdade, entre a aleia de palmeiras, não imagina de onde elas vieram e há quanto tempo estão ali. Elas são originárias do Caribe e as primeiras plantadas no Brasil vieram das Ilhas Maurício no sul do continente Africano.

As primeiras mudas que chegaram ao país foram colocadas no Jardim Botânico do Rio de Janeiro. As da Praça da Liberdade chegaram durante a construção, entre os anos de 1895 e 1897. Quando foi plantada a primeira palmeira no Brasil, em 1809, elas passaram a ser conhecidas como Palmeira Imperial.

fotos-010

Texto e fotos Daniella Lages

1 734

Reciclagem, informação e lazer. Deste modo a Prefeitura de Belo Horizonte comemorou na tarde desta terça-feira a semana do Meio Ambiente, a Praça da Liberdade foi palco de muita fantasia e criatividade, os trabalhadores do Serviço de Limpeza Urbana (SLU) fizeram o show para a garotada das escolas publicas.

Com estandes montados e oficinas de reciclagem as crianças puderam passar horas bastante agradáveis. Os funcionários da Prefeitura fizeram a festa com apresentação de dança, música, teatro e circo, além do motivo, mais importante que agitava o evento, Planeta Terra.

A professora da Escola Municipal Prof. Edison Risane do bairro Serra, diz que está trabalhando juntamente com seus alunos na reciclagem, “Na nossa escola foi criando um projeto de reciclagem, ‘Reciclar é uma festa’ onde estamos reciclando papeis da escola e com a venda desse material realizaremos a festa de formatura dos alunos”.

dsc_06516

Com apenas uma semana de projeto, a Prof.ª Simone Alvarenga declara que o plano é sucesso, “Acredito que até a formatura teremos muito papeis para reciclar, mas tudo vai dar certo. As aulas de ciências são as mais utilizadas para trabalhar a importâncias da reciclagem. Como devem ser utilizados papeis plásticos e a importância de manter o ambiente limpo”.

Ohany Vasconcelos, 20, estagiaria do Serviço de Limpeza Urbana (SLU) permaneceu durante o evento na tenda que demonstrava a relação da água com o lixo, buscando, assim a preservação da água potável que é fundamental para a sobrevivência de todos.

A estágiaria afirma que o meio ambiente não recebe a importância que deveria, mas vem crescendo o numero de iniciativas de preservação, “Acredito que a população está mais consciente, então as pessoas estão começando a preocupar com o que pode deixar de existir no Meio Ambiente”.

O evento teve inicio ás 13:00 e permaneceu até ás 16:30, quando as escolas começaram a reunir os alunos para seguir viagem. As alunas Luana, Cecília e Ana Paula da Escola Municipal Prof. Edison Risane, deixaram um mensagem sobre a importância do Meio Ambiente, confira:

dsc_06404

dsc_06776

dsc_06815

dsc_06643

dsc_06472

dsc_06853

Por: Iara Fonseca