Page 291

0 253

As lojas enfeitadas de vermelho e cheias de corações denunciam a comemoração do fim de semana: Dia dos Namorados. Mais que uma data comercial, o 12 de junho é dia de ficar ao lado de quem se gosta e Belo Horizonte tem a programação certa para casais e também para os solteiros. Confira!

Teatro

Teatro Dom Silvério – apresenta nos dias 12/06 às 16h e 13/06 às 15h30
Máquina de Histórias e João e o Pé de Feijão
Av. Nossa Senhora do Carmo, 230, Savassi.

Teatro Imaculada Conceição – apresenta nos dias 11, 12 e 13/06 às 20h
Sonhos
Uma trama que mostra o ser humano diante de sonhos premonitórios, pesadelos e idéias subjetivas.
Rua: Aimorés, 1.600, Lourdes.

Teatro Icbeu apresenta 12 e 13/06 às 17h
Os Gatos do Beco
História de gatos inspirada na trajetória dos Beatles.
Rua da Bahia, 1723, Lourdes.

Shows

12/06 às 21h – Gravação do DVD Music and me
Elaine Fiora e Lincoln Meirelles
Biblioteca Pública Estadual, Praça da Liberdade, 21, Funcionários.

13/06 às 11h –Maria, Maria – Música Câmera
Sala Sérgio Magnani da Fundação de Educação Artística
Rua Gonçalves Dias, 320, Funcionários

Bar

Café Travessa, Rua Pernambuco,1.286, Savassi.
Hoje Show instrumental com :
José Namem, Aluisio Horta e Marcio Bahia

Para ver

12/06 – Desfile de Bonecos Gigantes de Brazópolis
11h- Praça da Liberdade

Cinema
USIMINAS Belas Artes Cinema

Rua: Gonçalves Dias 1581,  Lourdes.

O segredo dos seus olhos
14h30 ,18h50 ,21h15

Mary e Max- Uma amizade diferente
17h

O Escritor Fantasma
14h , 16h30 , 19h ,21h30


A Biblioteca Pública de Belo Horizonte, apresenta até o dia 30 de junho a Exposição Naïf, quadros que retratam a vida do artista José Raimundo Naïf. Nascido no sul de Minas Gerais, na zona rural de Pouso Alegre, Naïf que antes era jardineiro descobriu seu talento no ano 1999, quando foi trabalhar na casa do artista plástico Fábio Ferrão. Contando com o incentivo de Ferrão, o jardineiro hoje é artista, trabalha com pinturas e gravuras que representam a zona rural de Pouso Alegre.

imagem-325

Os quadros trazem imagens de festas típicas, trabalhadores do campo, sítios e fazendas da região e cavaleiros.

Com cores atrativas e traços simples e delicados, o artista encanta o público. A estudante Andréia Campos, 23, diz que se encantou com os tons e a vivacidade das obras, “ Gosto dos traços que ele usou, a forma como ele agrupou os elementos na tela, isso é um diferencial e muito elegante”, ressalta a jovem. imagem-333

Para conhecer mais o trabalho de José Raimundo acesse a sua galeria no flickr

imagem-332

imagem-330

Por Ana Paula Sandim

0 240

Nessa tarde de quinta-feira foi possível visitar os principais pontos turísticos de cidades brasileiras sem nem mesmo sair da Savassi. Um projeto (Road show Destino Brasil) realizado pelo Instituto Cia do Turismo com apoio do Ministério do turismo, trouxe para a Avenida Pernambuco o caminhão Destino Brasil, adaptado com salas de cinema 3D e recursos multimídia que permitem ao visitante conhecer por meio de uma tela de TV os pontos mais atrativos do nosso país, que espalhados por muitas cidades convidam e encantam os olhos daqueles que as visitam mesmo que através de uma tela.

O projeto sem fins lucrativos tem e intenção de promover os pontos turísticos brasileiros e incentivar a população a conhecer seu próprio país antes de planejar as viagens internacionais. O projeto também dispõe de orientações para os profissionais da área de turismo, e de um cadastro para proporcionar benefícios para esses profissionais.

O caminhão fica em média três dias em cada cidade e nas capitais cerca de quatro dias. Quem quiser visitar o projeto, a entrada é gratuita e ficará na Savassi até amanhã (11/06) seguindo depois para a Pampulha. Ao todo serão percorridas dezoito cidades e seis estados do Sul, Sudeste e Distrito Federal.

dsc_00491

dsc_00192

dsc_0031

dsc_0032

dsc_0025

Por: Danielle Pinheiro

Fotos: Danielle Pinheiro

0 406

Programa especial realizado nos dias 19, 20 e 21 sobre o X Congresso Mineiro de Radiodifusão que aconteceu no Minascentro em Belo Horizonte. O evento contou com a participação de diretores e donos de rádios, políticos, profissionais da comunicação, representantes do governo federal e teve o tema central profissionalismo, gestão e comercialização.

PROGRAMA 01: O presidente da AMIRT Marcos Naves conversa com Thiago Meira sobre a relevância do X Congresso para a radiodifusão e para Minas Gerais e sobre a importância da parceria entre o Centro Universitário UNA e a Associação mineira de Radio e Televisão (AMIRT) no projeto “Integra Minas”.

Edição: Thiago Meira

Locução: Raphael Jota e Thiago Meira

img_som MP3

PROGRAMA 02: O ex-presidente da AMIRT no período 2005 a 2008, o jornalista Milton Lucca de Paula recebeu a medalha do mérito radiofônico Januario Carneiro e conversou com Raphael Jota sobre a importância desta premiação.

O presidente da Assembleia legislativa de Minas Gerais Alberto Pinto Coelho falou sobre o desenvolvimento da radiodifusão em Minas Gerais.

O proprietário da radio Máxima FM de Bom despacho e um dos diretores da AMIRT Luis Bolina conversou com Laís Sena sobre a importância do congresso e das novas tecnologias.

O estudante de jornalismo da cidade de são João Del rei conversou com Andressa Silva sobre a importância de se conhecer o mercado do radio difusor.

Edição: Thiago Meira

Locução: Andressa Silva, Laís Sena, Raphael Jota e Thiago Meira

img_som1 MP3

PROGRAMA 03: O presidente da AMIRT Marcos Naves comentou sobre a radio digital no Brasil e os sistemas a serem escolhidos.

Um dos representantes da ABERT que estiveram no evento Ronald Barbosa, falou para o Integra Minas sobre as características e melhorias que um sistema de rádio digital pode trazer para a radiodifusão.

A representante do Ministério das comunicações Vanda Jugurtha Bonna, falou se a rádio brasileira está preparada para a rádio digital.

Edição: Thiago Meira

Locução: Andressa Silva, Laís Sena, Raphael Jota e Thiago Meira

img_som2MP3

PROGRAMA 04: A representante do Ministério das comunicações Vanda Jugurtha Bonna falou sobre as rádios piratas no país.

O representante da rádio Inconfidência de Belo Horizonte Patrick, comentou sobre o envolvimento dos universitários com as empresas.

O presidente da AMIRT Marcos Naves falou sobre a parceria entre o Centro Universitário UNA e a Associação Mineira de radio e televisão (AMIRT).

O Jornalista Caco Barcellos responsável pelo programa de televisão “Profissão Repórter” falou sobre a importância do projeto “Integra Minas”.

Edição: Thiago Meira

Locução: Andressa Silva, Laís Sena, Raphael Jota e Thiago Meira

img_som3 MP3


0 214

A menos de dois dias para o início da Copa do Mundo, o futebol começa a tomar conta das ruas e até aqueles que não gostam muito do jogo, se reúnem tomados pelo sentimento torcedor. Neste ano, a Copa do Mundo comemora seus 80 anos e pensando nisso, a Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa recebeu esta tarde, o historiador Raphael Rajão Ribeiro pelo Projeto Aula na Biblioteca.

Ribeiro é mestre em História pela UFMG, historiador do Arquivo Público de Belo Horizonte e autor da dissertação “A Bola em Meio as Ruas Alinhadas e a uma Poeira Infernal: os Primeiros Anos do Futebol em Belo Horizonte (1904- 1921)”. Com a palestra “Primórdios do futebol belo- horizontino: dos anos inicias à década de 20”, o historiador contou a história do futebol desde seu surgimento na Inglaterra, no século XIX, até sua consolidação em Belo Horizonte, destacando sua importância no cenário esportivo.

A estudante de Letras, Gabriela Moreira, 22, aprovou a iniciativa da biblioteca: “Além de trazer conteúdo histórico, é um bom passo para incentivar a torcida pelo Brasil nessa Copa”, disse.

Além da palestra, teve início também uma exposição reunindo livros e periódicos que apresentam a história do futebol, por meio de imagens marcantes e sua abordagem na literatura e na imprensa.  A exposição é aberta a todos e está disponível no 2º setor da biblioteca, de 8 as 18 h até o início de julho.

Por: Débora Gomes

O Contramão foi as ruas verificar se a população sabe que feriado é comemorado amanhã pelos Cristãos da igreja católica.

A Festa de Corpus Christi foi instituída pelo Papa Urbano IV com a Bula ‘Transiturus’ de 11 de agosto de 1264, para ser celebrada na quinta-feira após a Festa da Santíssima Trindade, que acontece no domingo depois de Pentecostes. A origem da Solenidade do Corpo e Sangue de Cristo remonta ao Século XIII. A Santa Igreja sentiu necessidade de realçar a presença real do “Cristo todo” no pão consagrado.

É de costume enfeitar as ruas a procissão. Mas este ano a Basílica de Lourdes, fará apenas a celebração interna. Esta festividade de longa data é uma tradição no Brasil, principalmente nas cidades históricas Mineiras, onde se revestem de práticas antigas, as ruas são decoradas de acordo com os costumes locais.

dsc_0711

Basílica de Nossa Senhora de Lourdes

Este ano a missa de Corpus Christi acontecerá em cada Paróquia das arquidioceses Mineiras, diferentemente dos outros anos. Na Basílica de Lourdes, que se localiza na rua da Bahia, 1596, bairro de Lourdes, acontecerá celebração interna e não haverá procissão.

Por Ana Paula Sandim e Marcus Ramos